Caminhoneiro é condenado por falsas acusações contra a empresa Rodojunior




Em setembro de 2016 a empresa Rodojunior foi vítima de um boato na internet que tomou grandes proporções. Um motorista do Paraná acusava a empresa de receptação de pneus roubados. A informações logo foi desmentida pela empresa Rodojunior e Cocal Transportes, que também foi envolvida no boato, e posteriormente um processo foi instaurado.

Logo após ver a repercussão do boato, o motorista que fez a publicação no Facebook excluiu o seu perfil, mas foi identificado. Agora, pouco mais de um ano depois do episódio, foi condenado por dano moral contra a imagem da empresa. O processo se deu em decorrência co compartilhamento de comentário ofensivo na rede social Facebook, que tem amplo acesso.

De acordo com a sentença do Juiz da Terceira Vara Cível da Comarca de Rio Verde/GO, Rodrigo de Melo Brustolin, o motorista excedeu seu direito à liberdade de expressão, por não ter verificado se a empresa Rodojunior estava ou não envolvida na prática criminosa.

Para finalizar, o juiz concluiu pela existência de responsabilidade dos que compartilham mensagens e dos que nelas opinam de forma ofensiva, pelos desdobramentos das publicações. Ou seja, a vida online não é impune.

O motorista foi condenado pagamento de um valor não revelado por danos morais, pagamento das custas do processo e honorários advocatícios. Os valores deverão ser corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor e juros em caso de não pagamento.

 

Ainda cabe recurso da decisão.

 




18 comentários em “Caminhoneiro é condenado por falsas acusações contra a empresa Rodojunior

  • 22/11/2017 em 10:55
    Permalink

    Provavelmente, esse motorista deve ter tido algum desafeto com a empresa. Contudo, não justifica difamação ou calúnia. Para mim, isso é falta de maturidade. Eu já fui vítima de calote de várias transportadoras que fiz frete para elas e não mim pagaram, não fizeram contrato. Já até procurei a Justiça do trabalho, mas não adianta. Vivemos num país sem lei. José Alves. 22/11/2017

    Resposta
  • 22/11/2017 em 09:15
    Permalink

    Espero que sirva de exemplo para esse grupo de agitadores no Whatsapp, informando acidente, assaltos, Rumores nada disse aconteceu.

    Resposta
  • 22/11/2017 em 01:02
    Permalink

    Uma das maiores lições que eu aprendi, foi quando trabalhava com 3 coreanos. Eles sempre diziam: “a boca é a maior inimiga do homem”. Era pessoas super discretas, jamais falavam mal da vida alheia, não usavam redes sociais, fugiam de fofocas e falavam pouco. Por isso, nunca se envolviam em problemas.
    Que essa história sirva de lição para que gosta de falar demais…

    Resposta
  • 22/11/2017 em 02:09
    Permalink

    Tinha que ir preso. O estrago que ele causou a imagem da empresa na época foi imenso. Indenização é pouco (isso se ele realmente pagar)

    Resposta
  • 21/11/2017 em 21:03
    Permalink

    Não devemos julgar isto mais parece um tipo de aforra por motivos entre as partes ato que não justifica diferenças se tira em uma boa conversa

    Resposta
  • 21/11/2017 em 20:39
    Permalink

    Meu maior sonho é um dia ter a oportunidade de trabalhar com a empresa rodojunior e tentar mostrar ao mundo que existe um Deus em minha vida que me abençoa .todo Junior tenho orgulho de ver os caminhões de vcs na estrada sou apaixonada .se surgir a minha oportunidade ligar no 64984319106 Quirinópolis Goiás.

    Resposta
    • 22/11/2017 em 07:25
      Permalink

      Aproveita que ela abrio vaga agora em chefe.

      Resposta
  • 21/11/2017 em 20:00
    Permalink

    Bem feito infelizmente a motoristada fala demais inventa coisa e sai falando por ai…

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!