Siemens modernizará a frota da South Western Railway




A Siemens recebeu um pedido de renovação da frota de trens da empresa de transporte ferroviário britânico South Western Railway (SWR). A gigante alemã renovará a frota atual de 172 trens modelo Desiro de Classe 444 e Classe 450, que operam atualmente em toda a rede da SWR. O valor do contrato ultrapassa os € 56 milhões.

Com início dos trabalhos programado para dezembro de 2017, o programa de modernização promoverá a renovação completa de todos os trens, que estarão equipados com carpetes Axminster, pontos de energia no assento para carregar dispositivos móveis e telas exibindo informações em tempo real. Outros benefícios para os clientes da primeira classe incluem novos assentos de couro e novas mesas equipadas com carregamento indutivo inovador. A renovação deve levar cerca de 12 meses para ser concluída.

O programa de modernização dos trens faz parte do plano de investimento da companhia britânica South Western Railway para transformar a experiência do cliente. O plano inclui a introdução de frotas de trens novos e seminovos para aumentar a capacidade, trens mais longos e mais frequentes, viagens mais rápidas e melhor conectividade, além de melhorias nas estações e uma melhor experiência de compra de passagens.

“Estamos muito satisfeitos por ter escolhido a Siemens para renovar os nossos trens Desiro de Classe 444 e Classe 450. Este investimento significativo em nossa frota de trens promoverá uma mudança gradual aos nossos clientes e investimentos em instalações e fornecedores locais. Temos um longo relacionamento com a Siemens, que, tenho certeza, fornecerá produtos de alta qualidade”, disse Neil Drury, Diretor de Engenharia da SWR.

“O Reino Unido é um dos nossos principais mercados. Com a renovação da frota da SWR, faremos uma contribuição importante para melhorar a experiência dos passageiros por meio de modernizações, oferecendo trens melhores, com mais assentos para passageiros de toda a região”, disse Johannes Emmelheinz, CEO de Serviços ao Cliente da divisão de Mobilidade da Siemens.




Deixe sua opinião sobre o assunto!