Nunca deixe o ABS desligado




Todos os motoristas sabem que, para reduzir a velocidade, trocar a marcha no momento certo evita o desgaste do sistema de freio. Isto é verdade. Entre os caminhoneiros, há ainda quem ache que o sistema de freio antitravamento de rodas (Anti-Lock Braking Systems – ABS) gasta mais a lona de freio do veículo. Não é verdade que o ABS aumente o desgaste da lona, porque o ABS não interfere em nada na vida útil desse componente. O desgaste do sistema de freio ocorre especialmente pelo uso excessivo da força de frenagem. Outro mito em relação ao ABS é o de que ele provocaria superaquecimento do freio, o que afeta a durabilidade do sistema. Não acredite, pois o ABS não é responsável pelo superaquecimento. O ABS serve para reduzir a força de frenagem somente na iminência de ocorrer travamento de roda. Nas demais condições de uso, o sistema de freio convencional funciona da mesma forma e o ABS monitora, atuando sobre o sistema somente em situação de risco.

Em função destes mitos, motoristas passam a acreditar que o melhor é desligar o ABS. “Para não comprometer a durabilidade do sistema de freio, nunca deixe o ABS desligado”, diz Osmar Lopes, coordenador de assistência técnica e treinamento da WABCO e responsável pela WABCO Academy América do Sul. Por realizar eletronicamente o controle da pressão do freio, o ABS contribui para o adequado funcionamento do sistema, incluindo partes mecânicas ou não.

Desconhecimento sobre as funções que o sistema realiza automaticamente e todas as funcionalidades são os principais problemas de campo em relação ao ABS. O motorista ainda tem muitas dúvidas e, às vezes, nem sabe como funciona o ABS. Após quase quatro anos da obrigatoriedade do ABS no Brasil, ainda há casos de motoristas e até mecânicos que desligam o ABS ou algum dos sensores que captam a velocidade, por exemplo.

A WABCO, fornecedora global líder em tecnologias e serviços que melhoram a segurança, a eficiência e a conectividade de veículos comerciais, recomenda: não desligue o ABS. Em caso de dúvida, consulte um profissional em uma Service Partner, rede de 160 postos de serviços, com mecânicos treinados em sistemas de freios de veículos comerciais. Manter o sistema de freio funcionando e com a manutenção em dia é fundamental para a segurança no trânsito. Isto é simples, basta seguir as instruções do fabricante do veículo para realizar as manutenções preventivas, feitas com peças originais e nas oficinas credenciadas. Antes de pegar a estrada, certifique-se de que todos os sensores estejam devidamente conectados nas rodas, os cabos espirais também conectados e preste atenção aos sinais luminosos.

O ABS é mais um recurso para auxiliar a condução. A tecnologia proporciona frenagens mais seguras. No sistema antitravamento de roda, a principal função é garantir a segurança e também a dirigibilidade durante as frenagens independentemente das condições da pista (se está com óleo, água ou sujeira, por exemplo). O monitoramento do controle da pressão do freio é realizado todo o tempo em que o veículo estiver em movimento e sempre que o motorista acionar o freio de serviço – o que pode ser feito pisando no pedal ou usando a válvula de freio do reboque. Por meio dos componentes do ABS, a pressão pneumática liberada será controlada de maneira a garantir a eficiência do freio, evitando o travamento e assegurando a dirigibilidade, por contribuir na mitigação de derrapagens e do efeito L ou efeito-canivete (giro da parte traseira do semirreboque sobre o cavalo em frenagens bruscas). Normalmente, a distância necessária até a parada total do veículo com segurança também pode ser reduzida. Além de maximizar a eficiência do freio, uma vantagem importante para o caminhoneiro ou frotista é que, comprovadamente, o ABS faz com que diminua o desgaste dos pneus, contribuindo para reduzir o custo da operação.

As soluções de ABS da WABCO estão presentes mundialmente em caminhões, ônibus e semirreboques, com suspensão pneumática ou de molas, inclusive para veículos especiais como rodotrens, bitrens e demais configurações brasileiras. A WABCO também fabrica sistema eletrônico de freio (Electronic Braking System – EBS) para semirreboques, além de um conjunto de tecnologias inteligentes e inovações de produto que ajudam a tornar os veículos comerciais mais seguros e eficientes. São produtos imprescindíveis para segurança veicular, para conforto e eficácia do motorista e para a eficiência no transporte de passageiro ou carga.

A WABCO Academy tem o objetivo de manter veículos comerciais operando com o desempenho de segurança máxima ao longo de toda a vida útil. Atua de perto prestando suporte a toda a cadeia produtiva, com treinamentos que reúnem conhecimentos e habilidades para manter os veículos econômicos e seguros na estrada. Ensina a usar softwares, hardwares e equipamentos necessários para realizar trabalhos de diagnóstico em sistemas WABCO. Para o mercado de reposição, oferece duas modalidades de cursos no Brasil. Os cursos presenciais podem ser realizados em Sumaré, no interior do estado de São Paulo, ou nas instalações do cliente. Na modalidade e-learning, traz a facilidade do ensino a distância, via o site myWABCO. O curso de freio convencional, um dos mais procurados, é básico para a aprendizagem de mais tecnologias relacionadas a freios.




Deixe sua opinião sobre o assunto!