Se economia crescer demais podem faltar caminhões no Brasil




Esse é o alerta do empresário Ari Rabaioli, presidente do Fetranscesc (Federação das empresa de transporte e logística de Santa Catarina). A informação foi publicada na coluna Loetz do site NSC Total.

De acordo com o empresário, caso a economia brasileira cresça mais de 3% neste ano, não haverão caminhões suficientes para atender ao aumento da demanda, ocasionando atrasos nas entregas e aumento do valor dos fretes.

Ele acredita que 2018 será um ano de crescimento significativo dos negócios, se comparado com 2017. Caso o PIB cresça até 2%, a frota atual poderá dar conta.

Se comparado com 2016, o PIB de 2017 cresceu cerca de 0,7%. Porém, os dados oficiais ainda não foram divulgados. Em 2016, último ano de PIB negativo do Brasil, nossa economia caiu 3,6%, sendo a pior recessão enfrentada no país.

Para 2018 o Banco Central publicou uma projeção de crescimento entre 2,2 a 2,6% do PIB.




47 comentários em “Se economia crescer demais podem faltar caminhões no Brasil

Deixe sua opinião sobre o assunto!