Vendas da Daimler no Brasil crescem 35% no ano

mercedes-benzA Daimler apurou vendas totais de 433,6 mil unidades de caminhões ao redor do mundo entre janeiro a novembro deste ano, número que reflete expansão de 2% sobre as vendas de 424 mil unidades em igual período do ano passado.

A empresa alemã registrou vendas positivas em todas as regiões globais, mas o grande destaque do ano, até agora, foram as vendas no mercado latino-americano, região em que a empresa comercializou no período a soma de 55,6 mil unidades, ou 30% a mais que no mesmo período do ano passado.

O Brasil, isoladamente, é o mercado com maior grau de expansão da Daimler: +35% para 37,3 mil unidades, ante 27,5 mil sobre a mesma base de comparação do ano passado.

Esses dados fazem parte de balanço divulgado pela montadora alemã na sexta-feira, 27, em Stuttgart, (Alemanha). Os números apresentados englobam as divisões Mercedes-Benz, Fuso, Freightliner, Western Star, Thomas Built Buses e BharatBenz.

“Vamos superar o número de vendas do ano passado”, disse em nota o presidente da Daimler Caminhões, Wolfgang Bernhard, ao destacar que os números fechados de 2013 serão conhecidos em conferência anual programada para 06 de fevereiro de 2014.

Por falar em 2014, Wolfgang Bernhard relata ser ainda cedo para prognósticos, mas apontou que as vendas na Europa ainda devem ser pressionadas ao longo do primeiro semestre com a introdução das novas normas Euro VI. “Isso vai afetar as vendas, mas continuamos firmes com a meta de vender 500 mil caminhões até 2015”, disse.

Desempenho por região

A região do Nafta é hoje o maior mercado para a Daimler. A divisão Freightliner conseguiu ampliar a participação da marca nos segmentos médios e pesados de 33,9% para 38,8% ao longo de 2013. Em números gerais o Nafta consumiu 124 mil caminhões Freightliner até novembro, pouco acima das 123 mil unidades em igual período do ano passado.

A Europa também deu sinal de vida junto ao quadro estatístico, com expansão de vendas de 9%, para 56,8 mil unidades.

Na América Latina as vendas cresceram 30%, para 55,6 mil unidades, sendo o Brasil o grande destaque, com 37,3 mil unidades comercializadas ou 35% a mais que janeiro/novembro de 2012. No Japão as vendas também foram positivas, em 7%, para 34,4 mil veículos.

Fonte: Transportepress

Daimler Trucks dá início a venda de caminhões médios BharatBenz na Índia

bharatA Daimler India Commercial Vehicles (DICV), subsidiária da Daimler AG, oferecerá ao mercado indiano, até o final de 2014, um total de 17 modelos de caminhões da marca BharatBenz. Após o recorde alcançado pelo grande sucesso de vendas do ano passado, com mais de 1.000 caminhões pesados dentro de um prazo de apenas três meses, a Empresa estabelece um novo marco de progresso. Desde 20 de fevereiro, aos modelos pesados das categorias de peso bruto total que vão de 25 a 31 toneladas juntaram-se agora, no mercado local, os caminhões médios de 9 a 12 toneladas. Com essa iniciativa, a DICV está sucessivamente acrescentando novos produtos ao seu amplo portfólio de caminhões “Made in India”.

“Nossos novos modelos de médio porte estarão estabelecendo novos padrões de eficiência nas estradas indianas – especialmente quando a elevação dos preços do combustível na Índia estão se tornando um obstáculo”, enfatizou Marc Llistosella, diretor geral e CEO da DICV. Ele acrescenta: “Os clientes apostam em nossos produtos confiáveis. Isso é demonstrado pelo sucesso de venda dos caminhões pesados BharatBenz.”

bharat 2Os modelos médios BharatBenz são indicados para uma grande variedade de aplicações, sendo principalmente utilizados em canteiros de obras e em serviços de transporte e distribuição. Podem ser adquiridos também para uso como furgão frigorificado. Com motores de 140 cv ou 170 cv, esses caminhões são, no mínimo, 10% mais econômicos quanto ao consumo de combustível em relação a outros veículos da mesma categoria presentes no mercado indiano.

O Dr. Albert Kirchmann, presidente e CEO da Mitsubishi Fuso Truck and Bus Corporation, destacou: “A Índia é um importante mercado emergente para a Daimler Trucks próximo à China. É por isso que estamos apostando em plataformas de produtos bem estabelecidos no mundo todo que são customizados para as necessidades do mercado indiano. Tecnicamente, os caminhões BharatBenz se baseiam na mesma plataforma do conhecido Fuso Canter da Daimler Trucks. Assim, esses novos modelos, além de serem econômicos quanto ao consumo de combustível, se ajustam às difíceis condições das estradas da Índia”.

Fonte: BharatBenz

Mais de 1.000 caminhões pesados BharatBenz vendidos na Índia em apenas três meses

BharatBenz_India_3Somente três meses após o lançamento dos primeiros caminhões da BharatBenz no mercado indiano, a Daimler India Commercial Vehicles (DICV), subsidiária da Daimler AG, já fez um balanço muito positivo. Do início das vendas em 26 de setembro de 2012, até o final do ano, a empresa vendeu 1.098 veículos pesados entre 25 e 31 toneladas. A DICV lançará outros caminhões ainda no primeiro trimestre deste ano e oferecerá ao mercado indiano, até 2014, um total de 17 modelos da marca BharatBenz, na faixa de 6 a 49 toneladas.

Mesmo com essa curta presença no mercado, a DICV já acumula duas premiações muito cobiçadas, conferidas pela prestigiada revista indiana “CV magazine”, especializada em veículos comerciais. O primeiro prêmio, “Apollo CV – Caminhão do Ano 2013”, foi obtido pelo modelo pesado de 31 toneladas, na categoria de transporte de longo percurso. Além disso, o portfólio de caminhões da BharatBenz foi coroado com o prêmio nacional “Apollo CV do Ano de 2013”.

BharatBenz_India_1“Esses prêmios são um tributo aos dedicados esforços que nossos colaboradores têm dedicado diariamente desde a criação da marca BharatBenz dois anos atrás”. Enfatiza Marc Llistosella, diretor geral e CEO da DICV. “Estou confiante de que continuaremos a ter sucesso no competitivo mercado indiano por meio de nossos produtos e serviços confiáveis, em estreita proximidade com nossos clientes”.

A DICV já pode olhar para trás e ver 2012 como um ano de muito movimento. Após a abertura da fábrica detentora de tecnologia de ponta localizada em Chennai, no mês de abril do ano passado, a empresa deu início à produção e venda dos caminhões pesados BharatBenz de 25 a 31 toneladas. A produção de modelos de caminhões de médio porte, que vão de 9 a 12 toneladas, teve prosseguimento em outubro de 2012. Estes caminhões serão vendidos no mercado da Índia a partir deste ano.

Fonte: Mercedes-Benz

Daimler prevê crescimento de vendas de caminhões até 2020

daimler - mexicoO grupo alemão Daimler, dono da marca Mercedes-Benz, prevê que sua divisão de caminhões cresça acima do mercado nos próximos anos, apostando nas marcas e na presença global da montadora.

A maior fabricante mundial de caminhões avalia que o mercado mundial desse tipo de veículo crescerá entre 3% e 4% por ano de 2012 a 2020, sendo que a Daimler Trucks crescerá acima disso.

As vendas das seis marcas da divisão –Mercedes-Benz, Fuso, Freightliner, Western Star, Thomas Built Buses e BharatBenz– subiram 14,3% nos 11 meses deste ano até novembro, para 424 mil unidades, na comparação com o mesmo período do ano passado.

O resultado, que se deve à forte demanda na Ásia e América do Norte, quase se iguala aos 426 mil caminhões vendidos em 2011 como um todo.

A fabricante acredita que as condições de mercado continuarão difíceis em 2013 por causa da crise de dívida na Europa.

“Não se deve subestimar o efeito que a crise de dívida da Europa e as novas regulações de governos podem ter sobre a demanda por caminhões”, afirmou o presidente-executivo da Daimler Trucks, Andreas Renschler, em comunicado.

Fonte: Reuters

Daimler inicia produção dos caminhões médios BharatBenz na Índia

Após o lançamento dos caminhões pesados da marca BharatBenz há duas semanas, a subsidiária da Daimler Trucks “Daimler India Commercial Vehicles (DICV)” iniciou a produção dos modelos médios (de 9 e 12 toneladas). Os veículos BharatBenz são fabricados na fábrica de Chennai, inaugurada em abril deste ano e localizada no sul da Índia.

“Juntamente com nossos veículos pesados, esses modelos se baseiam nas plataformas de sucesso do Fuso Canter e Fighter, representando mais um passo na implementação de nossa estratégia de modularidade”, afirma Andreas Renschler, membro do Conselho de Administração da Daimler AG, responsável pela Daimler Trucks e pela Daimler Buses.

Até 2014, a DICV vai lançar 17 novos modelos de caminhões, com PBT entre 7 e 49 toneladas. Os veículos são especialmente projetados para atender as necessidades dos clientes na Índia, onde a demanda por caminhões de alta qualidade e econômicos aumentará nos próximos anos.

“Conseguimos oferecer um portfólio completo a nossos clientes. Na Índia, os gastos com combustíveis são atualmente uma preocupação. Com isso, buscamos desenvolver veículos eficientes, confiáveis, robustos e com o melhor custo-benefício”, enfatiza Marc Llistosella, Diretor e CEO da Daimler India Commercial Vehicles.

Os caminhões médios da BharatBenz podem ser usados em diversas aplicações. Os veículos são normalmente usados em canteiros de obras ou na distribuição de produtos. Com duas opções de motores (potência de 140 cv ou 170 cv), os veículos podem ser equipados com carrocerias com refrigeração fornecidas pelos encarroçadores. Ao mesmo tempo, os veículos são 10% mais econômicos do que os demais produtos disponíveis no mercado indiano.

Fonte: Daimler

Caminhões BharatBenz começam a ser vendidos na Índia

Três caminhões pesados da BharatBenz foram apresentados para o público em uma cerimônia que aconteceu na cidade indiana de Mumbai. Os caminhões marcam o lançamento das vendas e entregas dos veículos da marca na Índia.

Como parte do lançamento no mercado, as primeiras concessionárias autorizadas também deram início às operações comerciais. Até o final do ano, os pontos de venda e serviços representarão a marca em todas as rotas de transporte mais importantes e centros de caminhoneiros distribuídos pelo país.

“O mercado indiano de caminhões evoluiu tornando-se um dos maiores mercados do mundo nos últimos anos. A médio prazo, esperamos aumentar ainda mais o volume de vendas para até 550.000 unidades no segmento dos médios e pesados. Portanto, nossa nova marca BharatBenz vem na hora exata para participar desse enorme crescimento”, diz Andreas Renschler, membro da diretoria da Daimler responsável pela Daimler Trucks e Daimler Buses.

“Agora que consolidamos sistematicamente a marca BharatBenz nos últimos anos, nossos produtos estão cumprindo sua promessa na rotina das operações dos clientes,” diz Marc Llistosella, CEO e Diretor Executivo da Daimler India Veículos Comerciais (DICV). “Já recebemos feedback positivo com relação a nossos veículos e isso confirma nossa meta de iniciar uma nova era no transporte de carga nas estradas da Índia.”

Clientes já tiveram a oportunidade de testar os primeiros caminhões BharatBenz em suas aplicações. Vários caminhões já completaram até 50.000 quilômetros nas operações. A eficiência quanto ao consumo de combustível, confiabilidade e conforto foram itens destacados pelos clientes como os principais benefícios dos produtos.

Baseados na plataforma do Mercedes-Benz Axor, os modelos de caminhões recém-lançados são o pesado BharatBenz 2523R e 3123R (25 e 31 toneladas de peso bruto total, respectivamente) para o segmento de transporte de carga bem como o BharatBenz 2523C (25 toneladas de PBT) para o segmento de construção. Além de serem robustos e econômicos, os novos caminhões se destacam pelo custo-benefício, que é um ponto cada vez mais importante para as vendas na Índia. Em 2014, a BharatBenz terá lançado 14 novos modelos nas faixas de peso de 7 a 49 toneladas.

Os clientes contam também com uma rede de concessionários que oferece um serviço totalmente otimizado, com consultoria de vendas, pós-venda, que funcionam 24 horas por dia, com diagnósticos e pacotes de serviços financeiros customizados.

Fonte: Daimler

“Mercedes-Benz” indiana inicia produção

A Daimler AG, detentora da marca Mercedes-Benz, deu mais um importante passo para a conquista de mercado na Índia. Como o planejado, a subsidiária DICV (Daimler India Commercial Vehicles, em português, Veículos Comerciais Indianos da Daimler) deu início a produção em série dos caminhões BharatBenz. Deste ano até 2014, a marca, que foi especificamente criada para o mercado do país asiático, lançará 17 modelos, cobrindo os segmentos de seis a 49 toneladas de PBT (Peso Bruto Total).

O portfólio da nova marca vai ao encontro da demanda indiana, que deverá apresentar um forte crescimento nos próximos anos. O primeiro produto da fabricante é um caminhão com 25 toneladas de PBT e uma potência de 230 cavalos.

O início da produção é a última de uma série de medidas, que a DICV está implementando, para suprir a crescente demanda indiana por caminhões. A planta da cidade de Chennai foi inaugurada em Abril, depois de apenas 24 meses de construção. Desde maio, os caminhões BharatBenz estão rodando pelo país, parando em mais de 22 cidades, para a demonstração da nova marca. Os veículos serão lançados oficialmente no mercado, em Setembro deste ano, por uma rede de revendas que contará com, aproximadamente, 70 pontos.

Marc Llistosella, CEO da DICV, afirmou que a sinergia entre os funcionários alemães e indianos resultarão em um consequente sucesso. “O fato, de hoje, lançarmos a produção em série após poucas semanas depois de inaugurarmos a fábrica, nos posiciona em outro patamar e mostra que estamos no caminho correto”, declarou. O executivo também afirmou que os caminhões BharatBenz pretendem revolucionar o mercado da Índia. “Além de possuirmos tecnologia de ponta, temos demonstrado elevado nível ético na relação com nossos parceiros, fornecedores e colaboradores, esta postura tem agradado bastante”, declarou.

Fonte: Webtranspo

Bharat-Benz inaugura fábrica na Índia

A fábrica dos caminhões Bharat-Benz, da Daimler, em Chennai, na Índia está pronta. Foram dois anos de intensos trabalhos até sua inauguração. A unidade está instalada numa área total de 160 hectares, sendo uma das três únicas plantas de caminhões da companhia dedicada a montagem de caminhões e à produção de componentes, uma delas é a São Bernardo do Campo (SP).

Ao todo foram investidos mais de € 700 milhões na construção da planta, que iniciará a produção dos modelos pesados Axor da Bharat-Benz durante o terceiro trimestre do ano. O grande destaque dessa operação é que os caminhões terão 85% de nacionalização.

A fábrica possui capacidade de produção inicial de 36.000 unidades por ano e é projetada para permitir um aumento superior a 70.000 veículos comerciais por ano.

Até o ano de 2014, a Bharat-Benz lançará 17 novos modelos na Índia, quando espera deter uma rede de concessionárias formada por 100 unidades. Em 2011, o mercado indiano absorveu mais de 330.000 caminhões acima de cinco toneladas.

Fonte: Transpoonline

Daimler Trucks desafia o domínio da Tata no mercado indiano

A Daimler Trucks vai começar a construir caminhões na nova fábrica no sul da Índia, um projeto com arranque marcado para o terceiro trimestre e através do qual a empresa alemã procura desafiar a Tata Motors num mercado em rápido crescimento.

Segundo avança, a fabricante vai introduzir 17 modelos que variam entre as 6 e as 49 toneladas, até 2014, de acordo com dados divulgados pela empresa. Inicialmente, a fábrica terá uma capacidade de produção que rondará os 36 mil caminhões/ano, mas o objetivo passa por alcançar a produção anual de 72 mil unidades.

A Daimler Trucks, que está investindo 44 mil milhões de rupias (641 milhões de euros) no país, e planeja ter vários espaços de comercialização, até ao final deste ano, de forma a ganhar clientes numa altura em que a Índia aposta fortemente na construção de estradas e o comércio está em franca expansão.

Quanto ao desafio com a dominante Tata Motors, a empresa salienta que pretende juntar-se à Navistar International e à Volvo AB para tentar abanar o domínio que o fabricante tem neste mercado. A Tata Motors, que fabrica caminhões com dimensões que variam entre as 0,5 e as 49 toneladas, detém atualmente, e num período interpretado até ao dia 31 de março último, cerca de 58% do segmento de caminhões e ônibus, segundo os dados da Sociedade dos Fabricantes de Automóveis da Índia.

Fonte: Frota News