Tragédia na Arrancada: inquérito está pendente apenas por laudos

Edson Beber - Arrancadão de Caminhões de Arrorio do SilvaO inquérito policial que apura as causas do acidente que vitimou o piloto profissional Edson Beber, 46 anos, na pista de corrida da 24ª Arrancada Internacional de Caminhões, na tarde do dia 16, está pendente apenas por laudos periciais. A informação foi revelada na tarde de ontem pelo delegado responsável pelas investigações, Fernando Lúcio Mendes.

A autoridade policial informou que já tem algumas novidades sobre o caso, mas que as informações apuradas só serão repassadas em uma coletiva de imprensa, que deve ocorrer até o final da próxima semana. “Pretendo reunir os órgãos de imprensa da região, na presença do delegado regional de Araranguá, Vanderlei Sala, para esclarecer o que de fato houve naquele dia, que resultou nessa tragédia. A investigação do acidente está bastante adiantada, só pendente da documentação pericial para o encerramento do inquérito, que será concluído ainda antes do prazo, que é de 30 dias”, adianta Mendes. A responsabilidade ou não, da médica cubana que auxiliou no atendimento ao piloto também deve ser esclarecida em coletiva.

Três perícias foram solicitadas

O delegado pediu três laudos para compor a investigação, o que vai auxiliar a polícia a desvendar a motivação do acidente, e punir se houver algum responsável. “O laudo pericial do corpo da vítima é para analisar se houve ingestão de drogas ou álcool; a perícia do local do crime para averiguar as questões do acidente e o laudo do veículo que está apreendido, para constatar se houve falha mecânica. Tudo será analisado detalhadamente”, assegura a autoridade policial. As filmagens, tanto produzidas por veículos de imprensa como pelo público presente, também estão sob análise.

Mais de dez pessoas foram ouvidas, dentre elas, os dois pilotos que disputavam com a vítima e a equipe mecânica de Beber. “Foi uma tragédia. Trabalhamos com a hipótese de acidente. O evento estava autorizado, regular, e em 23 edições nunca ocorreu nada semelhante. Por isso aguardo o resultado das perícias, para apurar a real causa e analisar qual questão de segurança deve ser revista e exigida para o evento”, pontuou Mendes.

Conforme informações de testemunhas, Beber teria tirado as mãos do volante para comemorar o primeiro lugar na categoria Protótipo e perdeu o controle do veículo. A causa da morte foi constatada como traumatismo craniano. Ele usava o cinto de segurança, mas foi praticamente esmagado pelas ferragens do veículo, que ficou totalmente destruído.

Fonte: A Tribuna NET

Regulamento exige poucos itens de segurança no arrancadão que terminou com a morte de piloto no Sul de SC

Acidente Arrancadão de Caminhoes Arroio do Silva- SCO regulamento geral da 24ª Prova de Arrancada Internacional de Caminhões em Balneário Arroio do Silva, no Sul do Estado, exige poucos itens de segurança. Na tarde deste domingo, o piloto Edson Beber, 46 anos, morreu após perder o controle da Scania que dirigia e tombar. No texto do regulamento, homologado dia 6 de março e aprovado pelo presidente da Federação de Automobilismo de Santa Catarina, Amir Petris, são exigidos apenas o uso do cinto de segurança e calçados fechados, teste do bafômetro antes das provas e equipamentos previstos na lei de trânsito como extintor de incêndios.

Não há menção para uso de capacetes, nem medidas de proteção ao público, que fica separado da pista por raias formadas por bancos de areia e grades.

O regulamento prevê ainda proibições aos competidores: somente o piloto, será permitido na cabine do caminhão; vedada execução de manobras perigosas e a aceleração de veículos na área de escape; o acesso à pista só é permitido a pessoas credenciadas; o piloto que infringir qualquer norma de trânsito fora do perímetro da prova pode ser desclassificado.

As regras são válidas para as categorias de caminhão toco e truck até 320 cavalos de potência, cavalo mecânico toco e truck até 480 cv, cavalo mecânico eletrônico até 520cv, caminhões e cavalos mecânicos força livre e caminhões protótipos.

Conforme a edição do dia 13 de março do Diário Oficial do Estado, o torneio foi custeado com R$ 200.799,00 dos cofres públicos, dos quais R$ 99.987,94 são incentivos da Secretaria de Estado de Esporte, Cultura e Turismo e R$ 100.791,06 da Prefeitura de Balneário Arroio do Silva.

Fonte: Jornal Zero Hora

Tragédia no Arrancadão de Caminhões de Arroio do Silva-SC

Acidente Arrancadão de Caminhoes Arroio do Silva- SCUma fatalidade interrompeu o último dia da 24ª Arrancada Internacional de Caminhões no Balneário Arroio do Silva, que reuniu milhares de pessoas desde quinta-feira. O piloto profissional, Edson Beber, 46 anos, morreu após capotar o veículo na pista de corrida nas areias do balneário.

A vítima era natural de Guaporé (RS), mas morava na cidade paranaense de Campo Largo, onde era um influente empresário. O acidente ocorreu por volta das 15h de hoje, quando ele perdeu o controle do caminhão Scania na pista, onde dividia com mais dois competidores, após erguer as mãos para comemorar a vitória na categoria Protótipos, conforme informaram algumas testemunhas. Não houve mais feridos.

Edson BeberO prefeito do Arroio do Silva, Evandro Scaini, cancelou de imediato o evento e emitiu uma nota sobre o ocorrido. Foi decretado luto oficial no balneário por três dias, mas as atividades da prefeitura não serão interrompidas. Abalado, ele não conseguiu conter a emoção e chorou ao falar do piloto que também era seu amigo pessoal.

Beber já foi por oito vezes campeão somente na Arrancada de Caminhões do Arroio e o único a vencer por três vezes a mesma categoria. No Paraná, ele era proprietário de uma empresa de caminhões de transporte de combustíveis. Equipe de paramédicos que trabalhavam na Arrancada com apoio do Corpo de Bombeiros de Araranguá tentaram reanimar a vítima, mas sem sucesso. A morte foi instantânea.

Morte foi causada por traumatismo

O corpo do piloto foi liberado por volta das 20h do Instituto Médico Legal (IML) de Araranguá. A causa da morte foi constatada como sendo traumatismo crânio encefálico. Segundo o IML, ele teve uma fratura extensa na cabeça. O corpo foi liberado pelo filho da vítima, de 25 anos, que estava com a companheira e a viúva da vítima no evento.

O veículo ficou totalmente destruído, com as rodas para cima, no final da pista. Informações extraoficiais apontaram que ele estava sem o cinto de segurança, mas nenhum órgão que atuou na ocorrência confirmou a informação.

Nota Luto Oficial

O Governo do Município de Balneário Arroio do Silva, através do prefeito Evandro Scaini, decretou luto oficial de três dias em razão da perda do piloto Edson Beber que competia na XXIV Arrancada Internacional de Caminhões. Beber participava com frequência das arrancadas realizadas no município onde foi, inclusive, campeão por diversas vezes. Com profundo pesar e em forma de respeito, a bandeira será hasteada a meio mastro em todas as repartições públicas nos próximos dias. Informamos ainda à população que as atividades e serviços públicos prestados pelo município não serão interrompidos. As repartições funcionarão normalmente. Mais uma vez a administração municipal e a organização do evento lamentam a grande perda.

Vídeo

Fonte: A Tribuna

Maringá Racing Truck será dias 18 e 19 de Dezembro

A Hiran Produções realiza de 18 a 19 de dezembro o Maringá Racing Truck – Arrancadão de caminhões. Será no Race Park.

Além de atração esportiva, o evento tem o objetivo de fomentar o mercado de transporte na cidade, chamar atenção do público de toda a região para uma nova opção de lazer e diversão, e divulgar Maringá para todo o país.

Fazem parte da programação a competição de arrancada, exposição de caminhões personalizados, veículos antigos e modelos em lançamento; stands de empresas do setor com produtos e serviços direcionados, e os imperdíveis shows como o famoso “zerinho” com caminhão, e manobras radicais com carros e motos.

No caminhão, já é confirmada a presença do Piloto Profissional Edson Beber – hexa Campeão do Arrancadão de Caminhões de Arroio do Silva, litoral Sul – Catarinense e ex-piloto da Fórmula Truck.

Nas manobras com motos o show é por conta da equipe paranaense “Azes do motociclismo”, de Londrina. Fundada em 1995 e composta por pilotos profissionais, realiza shows em todo o Brasil no exterior há 12 anos.

As atividades começam na sexta (17), com um evento no Pólo Club Bar, que contará com a presença dos pilotos. No sábado (18) às 9 horas da manhã, haverá a vistoria dos veículos, treinos classificatórios, exposição de caminhões e carros antigos.

A praça de alimentação estará aberta a partir das 13 horas. E ainda para sábado a noite está sendo preparado um grande evento musical, o Sertanejo Truck Fest, shows com Rodrigo Guidini, Rober e Robson, Dill & Rangel entre outros, com a produção da Maringá Entretenimento.

No domingo (19), as competições serão realizadas a partir das 13 horas, assim como as apresentações dos shows de manobras com a equipe Maringá Racing Truck e o piloto Edson Beber, e os shows com motos e carros. Haverá também uma apresentação especial do Dragster e do trator de arrancada da equipe Race Park.

Fonte: Revista Carga Pesada