Mercedes-Benz prorroga convênio com Programa Mais Alimentos

acelo 1016A produção de alimentos através da agricultura familiar é um dos pilares para o abastecimento do país. Por isso, a Mercedes-Benz tem o prazer de anunciar que prorrogou seu convênio com o Programa Mais Alimentos, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), para até 30 de dezembro deste ano.

O acordo proporciona condições especiais de compra e financiamento e vale para a aquisição dos modelos Accelo 815 e 1016, além do Atron 1319/51. O Atron 1319/51, essencial para produtores que necessitam de veículos com PBT de até 13.9 toneladas, na versão 4×2 e 21.3 ton (6×2). Já o modelo Accelo 1016 6×2 já chega com câmbio G-56 DE 6 marchas, que possui escalonamento suave e preciso e melhor dirigibilidade, aspectos importantíssimos para a distribuição dentro das áreas urbanas, mas não deixando o desempenho de lado fundamental nas aplicações intermunicipais.

Com a finalidade de atender as mais diversas necessidades, a oferta foi ampliada, possibilitando a escolha dentre diferentes pacotes de opcionais.

Fonte: Mercedes-Benz

Ford Caminhões, líder do programa mais alimentos, amplia a oferta com novo modelo Cargo

Cargo-1319_DayCab_34FrentePRATAA Ford Caminhões, líder de vendas do Pronaf – Mais Alimentos, anunciou a disponibilidade de mais um modelo de caminhão para este programa de investimento em agricultura familiar. Agora, a empresa habilitou o Cargo 1319 dentro do Pronaf, do Governo Federal, que já contava com a oferta do Cargo 816 da linha de leves da marca.

Com mais de 3.000 unidades fornecidas para o programa desde a sua criação, a Ford Caminhões oferece condições para o agricultor familiar adquirir seu caminhão neste programa de investimento na modernização da produção. Ele prevê a aquisição de equipamentos para projetos associados a todas as culturas e atividades agropecuárias.

O limite de crédito é de R$ 150 mil por ano agrícola, limitado a R$ 300 mil no total, que podem ser pagos em até dez anos, com até três anos de carência e juros de 2% ao ano. Para projetos coletivos, o limite é de R$ 750 mil.

Modelos Cargo

Com peso bruto total de 8.250 kg e capacidade máxima de tração de 11.000 kg, o Ford Cargo 816 é hoje o caminhão mais vendido da categoria. Ele é equipado com motor Cummins 4.5 litros de 162 cv e oferece três opções de distância entre-eixos que facilitam a adequação a diferentes aplicações.

O Cargo 1319, habilitado agora no programa, tem peso bruto total de 13 toneladas e capacidade máxima de tração de 23 toneladas. Equipado com motor Cummins 4.5 litros de 189 cv, oferece as mesmas características de robustez, baixo consumo de combustível e manutenção econômica, com maior capacidade de carga.

Agricultura familiar

Lançado em 2008, o Programa Mais Alimentos busca incrementar a produção e a produtividade, reduzindo os custos de fabricação e elevando a renda da agricultura familiar, em parceria com a indústria nacional para ofertar produtos a preços mais acessíveis.

Segundo dados da Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros são provenientes da agricultura familiar.

O diretor do PAC2 e do Programa Mais Alimentos, Marco Antonio Viana Leite, e o coordenador do PAC2, Lucimar Carnizella, visitaram o estande da Ford Caminhões na Fenatran. Na foto, à frente do Cargo 816, aparecem: Charles Camargo, gerente nacional de Vendas da Ford Caminhões, Lucimar Carnizella, Guy Rodriguez, diretor de Operações de Caminhões da Ford América do Sul, Marco Antonio Viana Leite e Osmar Hirashiki, gerente nacional de Vendas a Frotistas e Programas Especiais da Ford Caminhões.

Fonte: Ford

Iveco mostra seus caminhões na Expointer 2013

tectorA Iveco leva seu portfólio de produtos destinados a pequenos e médios agricultores para a 36ª Expointer, que acontece de 24/08 até 01/09, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, RS. O evento, destinado em grande maioria a agricultores familiares já recebeu nesta edição mais de 77 mil visitantes.

“Fazer contato direto com os produtores rurais, demonstrando as mais novas tecnologias presentes em nossos veículos é uma grande oportunidade gerada por este evento. A Expointer reúne agricultura familiar, animais, artesanato, máquinas e implementos agrícolas, tudo em um só lugar. Esse ano, estamos expondo três modelos Iveco nos espaços das empresas do Grupo Fiat Industrial, oferecendo aos visitantes da feira, opções para o transporte de sua produção” afirma Cristhian Gonzalez, diretor de Marketing da Iveco.

No estande da Case IH, a Iveco expõe o modelo semipesado Tector 240E28, ideal para o transporte de médias e longas distâncias. Neste segmento de mercado, em que na maioria dos casos o próprio dono do caminhão é o condutor, a Iveco oferece o veículo semipesado com 23 toneladas de PBT mais confortável de seu segmento. Com opção de cabine leito e teto alto, suspensão da cabine mais macia , moderno painel de instrumentos, ar condicionado de série, entre outros itens de bem-estar e conforto. O modelo vem equipado com motor FPT Industrial de 280 cavalos de potência e torque de 950 Nm a 1.950rpm. Possui transmissão Eaton de seis marchas , com três opções de entre-eixos (3.690, 5.175 e 5.670mm), e comercializado em sete versões.

No estande da Case New Holland, a Iveco expõe um modelo Daily 35S14, equipado com cabine dupla, além do modelo extrapesado Iveco Stralis 600S40, versão 6×2. De acordo com Gonzalez, “cerca de 60% dos compradores do modelo Daily 35S14, para até 3,5 toneladas de PBT são autônomos e transportam carga própria. Ou seja, prezam pelo conforto e praticidade. Além de estar cadastrado no Programa Mais Alimentos, o Iveco Daily já é reconhecido como um caminhão leve confortável, fácil de conduzir e de fácil acesso, por isso destacamos o veículo para expor neste evento”, acrescenta. O Daily 35S14 trabalha com motor F1C da FPT Industrial de 147 cavalos e torque de 350 Nm, e vem equipado com câmbio ZF de seis velocidades, que privilegia a economia e aumenta a qualidade de marcha do modelo em aplicações rodoviárias e intermunicipais.

O modelo 35S14, com rodado simples na traseira, pode ser dirigido por portadores de carteira B e pode circular em cidades com zona de restrição. Ele tem três tipos de entre-eixos (3.000, 3.450 e 3.750 mm) e a maior plataforma de carga do segmento, permitindo implementos com até 4.590 mm de comprimento total (o que acomoda um baú de até 24 m3).

O modelo Iveco Stralis com motor FPT Cursor 13 na versão de 400 cv em exposição na Expointer possui torque de 1.900 Nm. O modelo é comercializado nas versões 4×2 e 6×2 e possui transmissão ZF de 16 velocidades, automatizada de série, cujo acionamento se dá pelas teclas (D,N,R) localizadas no painel à direita dos instrumentos. Além de potentes e econômicos, os extrapesados Stralis possuem o exclusivo freio motor Iveco TurboBrake (NR), que atua no cabeçote, com 415 cv nos motores 13 litros (o mais potente da categoria), que pode chegar a 978 cv com o opcional Intarder, também a maior potência de frenagem do mercado para caminhões desta categoria.

Dirigir com segurança é também um fator de economia operacional. Por isso, a família Stralis vem dotada de freios ABS de série nos modelos 13 litros e nas versões automatizadas. O ajustador automático de folga das lonas de freio, com sensor de desgaste em todos os eixos, vem como item de série em todas as versões e combina segurança e praticidade.

Na versão 6×2, há o “auxílio de partida”, que por meio de uma tecla no painel levanta o terceiro eixo e faz a transferência de carga para o eixo de tração, o que ajuda nas arrancadas com o caminhão em aclives ou terrenos irregulares.

Iveco no Programa Mais Alimentos

A Iveco já iniciou neste ano as vendas de sua linha de produtos para o Mais Alimentos, projeto que desde 2008 integra o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Os veículos disponíveis para o Mais Alimentos são os Dailys 45S17, 55C17 e o Daily Truck 70C17 7 ton –com 2 anos de garantia, sendo o segundo ano para o trem de força.

O objetivo do programa é de oferecer uma linha de crédito específica para que pequenos agricultores financiem investimentos em infraestrutura das propriedades rurais e conquistem o aumento da produção e da produtividade. Com o programa, os pequenos agricultores podem contar com uma linha de crédito especial para projetos individuais de até R$ 150 mil e coletivos de até R$ 750 mil, com juros de 2% ao ano, até três anos de carência e até dez anos para pagar.

Para ter acesso às informações da Iveco no Programa Mais Alimentos, basta ao agricultor procurar a concessionária Iveco mais próxima de sua cidade.

EXPOINTER 2013

Parque de Exposições Assis Brasil – Esteio – RS.

Realização de 24 a 01/09.

Fonte: Iveco

Caminhões Agrale são credenciados no Mais Alimentos

Foto: Julio SoaresA Agrale S.A. apresenta na Expointer 2013 sua linha de caminhões leves credenciada no Mais Alimentos. São dois modelos em exposição no evento – 8700 e 10000 – com comercialização disponível no programa do Governo Federal, que oferece ao agricultor familiar condições especiais, com financiamento de 10 anos, taxa de juros de 2% ao ano e até dois de carência. Nesta edição do evento, outro facilitador para a aquisição dos veículos é a liberação do Finame PSI para produtores rurais.

Uma das inovações dos caminhões é o conceito de sustentabilidade e a aplicação de materiais reutilizáveis. A linha de caminhões Agrale possui para-lamas, para-choque, para-barros e tampa frontal confeccionados em plásticos de engenharia, que proporcionam ganhos na redução de peso e no melhor acabamento estético. Outro diferencial está na concepção de construção da cabine em painéis i ndependentes e interligados, que aprimora o processo industrial e todo o pós-venda, com a melhoria na substituição de peças ao longo da vida útil do produto.

Agrale 8700

O modelo Agrale 8700 também incorpora cabine estendida, proporcionando conforto nos mais diferentes tipos de serviço. O modelo Agrale 8700 foi concebido para as mais diversas aplicações e possui motor Cummins ISF 3.8 de 152 cv de potência (2.600 rpm) e câmbio mecânico Eaton FSO 4505C, de cinco marchas. Com distância entre-eixos de 4.200 mm, oferece 5.250 kg de carga útil com carroceria.

Agrale 10000

Também indicado para as mais diversas aplicações, o Agrale 10000 é equipado com motor MWM MaxxForce 4.8, com 165 cv de potência (2.200 rpm) e 600 Nm de torque (1.200-1.300 rpm), câmbio Eaton FSO 4505C e freio “S Cam” com acionamento pneumático. O modelo está disponível em duas opções de distância entre-eixos, com 3.750 mm e 4.350 mm e carga útil de 6.280 kg.

Fonte: Agrale

Mercedes-Benz amplia a oferta de caminhões para o Programa Mais Alimentos

Atron1319comimplementoO Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) prorrogou o convênio com a Mercedes-Benz para a venda de caminhões leves Accelo 815 e 1016 em condições e preços atrativos e exclusivos para os agricultores familiares, no âmbito do Programa “Mais Alimentos”.

“Além de estender o convênio do Accelo até 31 de dezembro deste ano, o MDA incluiu também nosso caminhão médio Atron 1319 no programa”, diz Gilson Mansur, diretor de Vendas e Marketing de Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. “Com isso, ampliamos o leque de veículos especialmente indicados para o transporte de cargas e produtos dentro das atividades da agricultura familiar”.

O “Mais Alimentos” abrange produtos específicos para a modernização das propriedades familiares, como máquinas e equipamentos, veículos para transporte de cargas, tratores, colheitadeiras, equipamentos de irrigação e armazenagem, entre outros.

A venda de caminhões Accelo e Atron do “Mais Alimentos” é feita por meio da Rede de Concessionários Mercedes-Benz, a maior do País, presente em todos os estados do território nacional, com cerca de 200 pontos de atendimento. “Ou seja, os agricultores familiares contam com a facilidade de encontrar um concessionário da marca, onde também têm à disposição uma completa prestação de serviços, assistência técnica especializada, mão-de-obra qualificada e amplo estoque de peças genuínas”, afirma Gilson.

Caminhões Mercedes-Benz asseguram reduzido consumo

Tanto os caminhões Accelo 815 e 1016, quanto o Atron 1319, são equipados com o motor OM 924 LA, com tecnologia BlueTec 5, que é mais econômico no consumo de combustível. Este motor é muito durável para sua aplicação, sendo inclusive utilizado nos caminhões semipesados Atego 1719 equipados com 3º eixo (instalado por terceiros para a distribuição de bebidas), mostrando assim toda sua robustez, resistência e durabilidade, características reconhecidas e apreciadas pelos clientes.

Os caminhões Mercedes-Benz com tecnologia BlueTec 5 asseguram maiores intervalos de troca de óleo, o que reduz os custos operacionais e aumenta a disponibilidade do caminhão. Sobressaem ainda pela facilidade e rapidez de manutenção, retornando rapidamente para o trabalho. Dessa forma, o cliente obtém maior produtividade em sua atividade de transporte.

Caminhões Accelo oferecem elevada capacidade de carga

Os caminhões leves Accelo 815 (o “Mercedinho”, com 8.300 kg de Peso Bruto Total – PBT) e o Accelo 1016 (9.600 kg de PBT) oferecem qualidade superior, elevada capacidade de carga, agilidade e durabilidade.

A linha de leves conta ainda com uma exclusiva versão do Accelo 1016 com câmbio de 6 marchas, que pode ser equipada com 3º eixo instalado por terceiros. Isso proporciona um PBT de 13.000 kg, maximizando ainda mais a produtividade deste caminhão.

“Atributos como esses conquistaram amplo reconhecimento junto aos clientes, tanto autônomos, como empresas de transporte ou de carga própria, distribuidores e atacadistas”, afirma Gilson. “Isso traz confiabilidade para os agricultores familiares, que podem contar com veículos de ampla aprovação no mercado por sua eficiência, excelente desempenho e rentabilidade”.

Os caminhões Accelo são ideais para distribuição de mercadorias e para entrega e coleta de cargas e produtos em trajetos urbanos e intermunicipais. São indicados também para curtas distâncias rodoviárias e zonas rurais.

Entre diversas aplicações, os caminhões leves Mercedes-Benz atendem ao transporte de alimentos, hortifrutigranjeiros, materiais de construção, móveis, eletrônicos, eletrodomésticos, decoração, produtos frigorificados, bebidas, setor atacadista, autossocorro, botijões de gás e outros. Para tanto, utilizam principalmente carroçarias baú, carga seca aberta, baú frigorificado, plataformas de autossocorro e diversos outros implementos.

Atron 1319 proporciona excelente relação custo/benefício

O caminhão médio Atron 1319 da Mercedes-Benz propicia reduzido custo operacional e excelente relação custo/benefício para transportadores de cargas em geral e diversos produtos, bem como para agricultores, atacadistas, cerealistas e operadores logísticos. Entre os implementos mais usuais aplicados a esse caminhão Atron incluem-se carroçarias carga seca aberta, baú carga seca, furgão frigorificado ou isotérmico.

Como todo caminhão “bicudo” da Mercedes-Benz, o Atron 1319 4×2 tem uma imagem muito forte no mercado brasileiro, desfrutando de grande preferência e confiança junto aos clientes. Também se destaca pela ótima capacidade de carga: são 13.900 kg de PBT, podendo chegar 21.300 kg na versão 6×2, com 3º eixo implementado no mercado.

O painel de instrumentos do Atron 1319, com computador de bordo e tecla de navegação, é extremamente prático e funcional, trazendo funções que auxiliam o condutor a operar o veículo de uma forma mais econômica. Caso, por exemplo, da indicação do consumo de combustível instantâneo do veículo, expresso em km/l.

O freio-motor Top Brake é item de série nos caminhões Atron, o que resulta em mais segurança, menor consumo de combustível e maior durabilidade dos componentes do sistema de freio.

Fonte: Mercedes-Benz

MAN Latin America chega às mil unidades vendidas pelo programa Mais Alimentos

A MAN Latin America, fabricante dos veículos comerciais MAN e Volkswagen, acaba de entregar o milésimo caminhão vendido pelo programa Mais Alimentos, uma linha de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O agricultor Sérgio Bridi, da cidade de Santa Tereza, interior do Espírito Santo, foi quem recebeu o VW Delivery 9.160 ADVANTECH. O programa permite a esse e outros agricultores familiares que invistam em modernização e aquisição de máquinas e de novos equipamentos para sua propriedade rural.

Os caminhões Volkswagen cadastrados no Mais Alimentos são oferecidos com desconto significativo em relação ao valor de mercado, têm um ano de garantia sem limite de quilometragem e mais doze meses adicionais para o trem de força (motor, caixa de mudanças e diferencial) gratuitamente. Esses benefícios oferecidos com exclusividade pela MAN Latin America complementam as ótimas condições do programa, que possibilitam o agricultor familiar comprar um veículo novo com uma taxa de juros de 2% ao ano, com até dez anos para pagar e uma carência de até três anos.

Dentro do escopo do programa, a MAN Latin America oferece os caminhões da linha VW Delivery Advantech 5.150, 8.160 e 9.160. Todos já equipados com motorização Euro 5 e com inovações que vão desde mudanças no design das cabines até novos elementos eletrônicos que otimizam a operação dos veículos.

A empresa participa do programa desde janeiro de 2010 para transportar tecnologia à agricultura familiar e alcançar um melhor desenvolvimento. “O mais importante para a MAN Latin America é o impacto social deste programa que permite ganhos em produtividade da agricultura familiar. São os novos caminhões Volkswagen ajudando a sustentar famílias e oferecendo serviços à população de uma forma muito mais qualificada”, afirma Marco Saltini, diretor de Relações Governamentais e Institucionais da MAN Latin America.

Fonte: MAN Latin America

Volvo marcou presença na Agrishow

A Volvo do Brasil apresentou durante a Agrishow 2012, uma das maiores feiras de tecnologia agrícola da América Latina, uma completa linha de produtos da empresa. Entre eles estão caminhões, máquinas, equipamentos, motores industriais e soluções financeiras que atendem às necessidades do setor.

Diretamente envolvidos em toda a cadeia do agronegócio nacional, os caminhões da Volvo são usados desde o plantio até o transporte de mercadorias. Por isso, a marca levou à feira seus modelos das linhas F e VM, além do modelo fora de estrada, FMX. “Nossos caminhões têm uma enorme aceitação no mercado, pela grande produtividade, resistência e baixo consumo de combustível”, afirma Roger Alm, presidente de vendas e marketing de caminhões do Grupo Volvo na América Latina.

Já na área de motores, a Volvo oferece uma ampla gama de modelos industriais que equipam geradores de energia, motobombas, bombas de irrigação, máquinas colheitadeiras e equipamentos usados no processamento industrial da cana de açúcar. A linha de motores da marca é reconhecida pela robustez e baixo consumo de combustível.

As máquinas da Volvo Construction Equipment também oferecem soluções para diferentes atividades do agronegócio. São adequadas para abertura de acesso e canais de irrigação, carregamento e movimentação de bens e cargas, manuseio de materiais orgânicos e alimentação de baias, entre outras aplicações.

Para a Agrishow, a Volvo Financial Services preparou algumas condições especiais: um consórcio exclusivo para equipamentos, com 300 participantes e 80 meses de prazo para pagamento e um desconto de 20% no seguro de caminhões comprados durante a feira. “O Banco Volvo apresenta no estande da marca suas modalidades de financiamento via Finame, CDC (Crédito Direto ao Consumidor) tradicional e CDC sazonal”, declara Márcio Pedroso, presidente da Volvo Financial Services Brasil.

Fonte: Blog Volvo

Mais Alimentos começa a financiar veículos de transporte de carga

A linha de crédito do Pronaf Mais Alimentos que financia veículos de transporte de carga para os agricultores familiares começa a ser operacionalizada nesta sexta-feira (15) com a oferta de 15 modelos de caminhões com capacidade para transportar de 1,5 tonelada a até oito toneladas. As especificações técnicas dos modelos, fabricados por três empresas, estão disponíveis no portal do Programa, no endereço http://comunidades.mda.gov.br/principal/programa_mais_alimentos. Para acessar a relação, é necessário informar o estado, se o interessado é contribuinte ou não do ICMS e selecionar a categoria Veículos de Transporte de Carga.

Os produtos têm descontos que variam de 5% a 15% em relação aos preços de mercado. Os valores correspondem apenas ao chassi do caminhão. A carroceria (aberta, graneleira, baú, de grade) escolhida pelo agricultor familiar também será financiada pelo Mais Alimentos.

A oferta é o resultado da primeira etapa das negociações entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e empresas do setor. O coordenador nacional do Mais Alimentos, Hercílio Matos, estima que outras empresas que fabricam produtos de transporte de carga que atendem à agricultura familiar vão se incorporar ao Programa até o final de janeiro. “A lista de produtos financiáveis é a que está no portal do Mais Alimentos”, ressalta Hercílio.

O financiamento de veículos de carga, que inclui caminhões frigoríficos, isotérmicos e graneleiros, por meio do Mais Alimentos foi aprovado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em 26 de novembro. As condições são as mesmas dos demais produtos atendidos pelo Programa. O primeiro passo para o agricultor familiar acessar o financiamento é procurar uma empresa de assistência técnica e extensão rural, que vai verificar e avalizar a viabilidade do projeto que será desenvolvido.

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, destaca que, com o financiamento de veículos de transporte de carga, o Mais Alimentos passa a contemplar todo o ciclo produtivo da agricultura familiar. A primeira etapa, iniciada em julho de 2008, atendeu à modernização da infraestrutura produtiva, que resultou, em um ano, no aumento de 7,8 milhões de toneladas de alimentos. No segundo semestre de 2009, o Programa passou a financiar estruturas de armazenagem. “Nada mais justo do que também financiar o transporte. Isso vai facilitar o escoamento da produção e garantir mais autonomia aos produtores familiares no momento da comercialização”, afirma Cassel.

O Mais Alimentos é uma linha de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) criada para estimular a modernização produtiva das unidades familiares agrícolas de todo o País. O Programa financia projetos até R$ 100 mil, tem juros de 2% ao ano, até três anos de carência e prazo de pagamento do empréstimo de até dez anos.

Além de veículos para o transporte de carga e a comercialização da produção, os agricultores familiares podem, por meio da linha de crédito, financiar tratores, máquinas, implementos agrícolas, projetos para construção de armazéns e silos, cerca elétrica para isolamento do rebanho, melhoramento genético, correção de solo, formação de pomares e melhoria da logística administrativa das propriedades rurais, como a informatização dos estoques, entre outras ações.

A lista de caminhões é essa:

Caminhão Agrale 6000
Caminhão Agrale 8500
Caminhão Iveco Daily 35S14 Cabine dupla 4×2
Caminhão Iveco Daily 35S14 Cabine simples 4×2
Caminhão Iveco Daily 45S14 Cabine dupla 4×2
Caminhão Iveco Daily 45S14 Cabine dupla 4×2
Caminhão Iveco Daily 45S14 Cabine simples 4×2
Caminhão Iveco Daily 55C16 Cabine dupla 4×2
Caminhão Iveco Daily 55C16 Cabine dupla 4×2
Caminhão Iveco Daily 55C16 Cabine simples 4×2
Caminhão Iveco Daily 70C16 Cabine dupla 4×2
Caminhão Iveco Daily 70C16 Cabine simples 4×2
Caminhão Volkswagen Delivery 5-140
Caminhão Volkswagen Delivery 8-150
Caminhão Volkswagen Worker 8-120

Fonte: ToSabendo.com