Receita líquida da Marcopolo cresce 13,3% e atinge R$ 3,817 Bilhões em 2012

marcopolo gran viale - volvoA Marcopolo registrou, em 2012, receita líquida consolidada 13,3% superior à obtida no ano anterior, e alcançou R$ 3,817 bilhões, contra R$ 3,368 bilhões do exercício de 2011. A produção consolidada totalizou 31.296 unidades, 0,7% inferior às 31.526 unidades fabricadas em 2011. Deste total, 62,3% foram produzidas no Brasil e as demais 37,7% no exterior.

As vendas para o mercado interno ficaram praticamente estáveis (R$ 2.446,3 milhões – queda de 0,4%) ou 64,1% da receita líquida total (72,9% em 2011). As exportações, somadas aos negócios no exterior, geraram receita de R$ 1.370,8 milhões, contra R$ 912,3 milhões no exercício anterior, com crescimento de 50,3%. O lucro líquido de 2012 atingiu R$ 302,4 milhões e os investimentos foram de R$ 277,2 milhões.

O desempenho no mercado brasileiro em 2012 é reflexo dos desafios oriundos da transição da motorização Euro 3 para Euro 5. A nova motorização, necessária para atender aos novos níveis de emissões de poluentes estabelecidos pela regulamentação do Conama Proconve P7, impactou na produção nacional de ônibus, que caiu 8,1% em relação a 2011, com 33.080 unidades produzidas contra 35.989. O que impediu que essa queda fosse ainda maior foi o investimento do Governo Federal na compra de até 8.570 ônibus escolares do projeto Caminho da Escola através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC – Equipamentos), dos quais a Marcopolo produziu 3.911 unidades.

No mercado externo, as exportações da Marcopolo a partir do Brasil cresceram 25,9% em relação a 2011 e atingiram 2.864 unidades. A desvalorização do real frente ao dólar norte-americano e o Regime Especial de Reintegração de Valores Tributários para Empresas Exportadoras (REINTEGRA) permitiram que os ônibus brasileiros fossem mais competitivos no mercado internacional.

Outro destaque foi o desempenho das operações no exterior, que contribuíram com 37,7% da produção consolidada – 11.813 unidades, com crescimento de 14,3%. As unidades controladas/coligadas da Índia e do México aumentaram suas produções em 23,0% e 27,3%, respectivamente.

Perspectiva 2013

A perspectiva da Marcopolo para 2013 é de crescimento, tanto no mercado brasileiro como na maioria dos países onde opera. No Brasil, as melhores condições de crédito, a aceleração na renovação da frota de ônibus, as licitações dos serviços de transporte interestadual e os investimentos em infraestrutura urbana, em especial na implementação de sistemas BRT (Bus Rapid Transit), garantem à empresa uma carteira de pedidos elevada neste início de ano. Os eventos esportivos que o país sediará, dentre os quais a Copa das Confederações em 2013, a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, bem como o programa “Caminho da Escola” do Governo Federal continuam sendo os principais fomentadores da demanda por ônibus.

Em relação ao mercado externo, as exportações do Brasil devem seguir a recuperação iniciada em 2012, com margens beneficiadas pelo câmbio mais favorável. No que se refere às controladas e coligadas no exterior, os principais destaques de 2013 devem ser a Índia e o México, cujas produções a serem consolidadas devem atingir 9.500 e 1.800 unidades, respectivamente, em relação ao ano anterior, conforme guidance divulgado pela Companhia em 19 de dezembro de 2012.

As expectativas de desempenho da Marcopolo para 2013, mantidas as condições atuais de mercado e do desempenho econômico dos países onde a companhia opera, são de atingir uma receita líquida consolidada de R$ 4,3 bilhões e produzir 35.200 ônibus nas unidades do Brasil e do exterior, com investimentos programados no montante de R$ 200,0 milhões, nos negócios existentes.

Fonte: Marcopolo

Marcopolo lança concurso cultural “Ler é viajar com a Marcopolo”

concursomarcopoloA Marcopolo lançou em sua Fan Page, no Facebook, o concurso cultural “Ler é viajar com a Marcopolo”. Até o próximo dia 10 de fevereiro, os internautas e usuários das redes sociais poderão participar e concorrer a 10 exemplares do livro “Marcopolo, sua viagem começa aqui”, escrito por Paulo Bellini, recentemente lançado e que conta a trajetória da companhia brasileira para se tornar a maior fabricante de ônibus do mundo.

Para participar, os internautas e admiradores precisam acessar a Fan Page, resolver o puzzle (jogo como um quebra-cabeça para montar corretamente a capa do livro da Marcopolo) e responder a pergunta: “Sou fã da Marcopolo porque….”. Os autores das dez respostas mais originais vão ganhar um exemplar do livro de Bellini.

Com mais de 300 páginas, o livro reúne entrevistas e histórias contadas por mais de 90 participantes, mostra a trajetória da empresa para se transformar na maior fabricante de ônibus do mundo, com mais de 32 mil unidades produzidas por ano, em nove países, com mais de 20 mil colaboradores. Essas “passagens”, contadas por pessoas que acompanharam cada momento, mostram, por meio de situações vividas na empresa, como se forjou e quais são os seus valores.

Os ganhadores serão anunciados no próximo dia 15 de fevereiro, às 16h, na Fan Page Marcopolo. Para obter mais informações e participar, acesse http://goo.gl/ZS1SZ. Para conhecer o regulamento do concurso: http://goo.gl/nvfOw.

Fonte: Marcopolo

Marcopolo realiza investimento estratégico

newFlyerA Marcopolo, empresa brasileira líder na produção de carrocerias para ônibus, informa que assinou, dia 24, contrato de investimento estratégico no valor de C$116,4 milhões (dólares canadenses) para subscrever 11.087.834 novas ações ordinárias a serem emitidas pela New Flyer Industries Inc., representando 19,99% do capital social desta companhia.

As ações ordinárias serão emitidas ao preço de C$10,50 por ação. Na primeira etapa a Marcopolo subscreverá 4.925.530 novas ações ordinárias a serem emitidas em ou até 1o. de março de 2013 pelo valor de C$51,7 milhões, e as demais 6.162.304 ações ordinárias serão subscritas pela Marcopolo pelo mesmo preço unitário em uma única parcela em até doze meses a partir desta data com base na necessidade de investimento ou de financiamento da New Flyer. O investimento está sujeito à aprovação da Bolsa de Valores de Toronto, Canadá.

A New Flyer, sediada em Winnipeg, Canadá, é líder na produção de ônibus urbanos no Canadá e nos Estados Unidos e registrou receita líquida de US$ 926,0 milhões com produção de 1.800 unidades em 2011. A companhia é reconhecida por seu pioneirismo e inovação na aplicação de novas tecnologias. A New Flyer conta com uma força de trabalho de mais de 2.200 colaboradores e oferece a mais ampla linha de produtos nos Estados Unidos, incluindo sistemas de acionamento por diesel limpo, gás natural, motores elétricos e híbridos.

A companhia já entregou mais de 32 mil ônibus no Canadá e Estados Unidos e conta com uma ampla rede de assistência técnica e peças de reposição. A New Flyer possui três fábricas, sendo uma em Winnipeg, Canadá, uma em St. Cloud, MN, e outra em Crookston, MN, ambas nos Estados Unidos, além de uma fábrica de peças em Elkhart, nos Estados Unidos, e quatro centros de distribuição. Para maiores informações, acesse: www.newflyer.com

070109-BUS1_1523324A New Flyer planeja utilizar o valor líquido do investimento da Marcopolo para amparar sua estratégia de crescimento e diversificação, de acordo com o planejamento estratégico da empresa, e para objetivos corporativos gerais.

As empresas assinaram também um Memorando de Entendimento para explorar oportunidades de cooperação em questões de engenharia, técnicas, de compra e operacionais, com foco na redução dos custos de fabricação e pós-venda de peças da New Flyer. As empresas acordaram em avaliar a introdução da tecnologia e dos produtos da Marcopolo nos mercados do Canadá e EUA por meio da New Flyer, bem como a introdução da tecnologia e dos produtos da New Flyer em outros mercados.

O acordo de investimento permite à Marcopolo nomear um membro do Conselho de Administração da New Flyer, desde que mantenha ao menos 10% das ações ordinárias da empresa, e permite à Marcopolo direitos adicionais de subscrição na compra de novas ações em determinadas circunstâncias para manter a sua participação proporcional na New Flyer. A Marcopolo aceitou algumas restrições, incluindo a exigência de manter as ações adquiridas por um período mínimo de dois anos e a restrição na aquisição de novas ações da New Flyer pelo mesmo período. O contrato também estabelece que, se a New Flyer futuramente entrar em acordo envolvendo a aquisição de todas as suas ações e patrimônio, a Marcopolo poderá, dentro de certas limitações, concordar em vender as suas ações como parte da transação, a menos que faça uma proposta entendida pela Diretoria como superior, ou com a autorização dos acionistas da New Flyer.

De acordo com José Rubens de la Rosa, diretor-geral da Marcopolo, o investimento está alinhado com a estratégia de crescimento da empresa e marca a entrada definitiva da Companhia nos mercados dos Estados Unidos e Canadá, dois dos mais sofisticados do mundo. “A New Flyer tem experiência na fabricação de produtos com alto padrão de especificação e sofisticação e no desenvolvimento e aplicação de tecnologias sustentáveis, como veículos híbridos e movidos a combustíveis renováveis e alternativos”.

Um dos maiores fabricantes de ônibus do mundo, a Marcopolo prevê, conforme guidance divulgado no dia 19 de dezembro de 2012, atingir uma receita líquida consolidada de R$ 4,3 bilhões em 2013, com a produção global de 35,2 mil unidades.

Fonte: Marcopolo

Marcopolo analisa voltar a ter fábrica na Rússia

marcopolo audace verdeTrês ano após fechar suas fábricas na Rússia, a Marcopolo estuda a retomada da produção no país. Hoje, a empresa tem uma joint venture com o grupo russo Kamaz e atua montando veículos com peças produzidas na China. “Ninguém faria esse esforço se não houvesse um real interesse [de instalar a fábrica]“, diz o diretor-geral da empresa, José Rubens de la Rosa.

A planta, porém, depende ainda do resultado desse novo modelo de operação na Rússia. O acordo com a Kamaz foi fechado no ano passado, mas os primeiros veículos serão entregues em 2013. O interesse em voltar a produzir no local é decorrente do tamanho do território da Rússia e de sua população.

“A necessidade de transporte coletivo lá é evidente. O mercado potencial que poderíamos explorar é de 3.000 unidades por ano.”

Em 2009, a companhia fechou duas fábricas que tinha no país devido à crise internacional. Em seus dois anos de operação, elas produziram cerca de 520 veículos. A empresa deve fechar o ano com alta de 6% na receita líquida. “Foi um ano difícil para todo o segmento automotivo. Para nós, acabou não sendo tão ruim por causa das medidas anticíclicas do governo, como a compra de ônibus para o programa Caminhos da Escola.”

A crise argentina também não favoreceu à empresa. A produção no país caiu pela metade e houve redução no volume exportado. Os mercados chileno, peruano, paraguaio e uruguaio, porém, puxaram os embarques.

Fonte: Jornal Floripa

Sogal investe em sistemas tecnológicos em sua frota e eleva qualidade do serviço

onibus sogalCom o objetivo de elevar ainda mais o padrão de conforto e comodidade de seus clientes, a Sogal, empresa de transportes de Canoas (RS), acaba de investir na modernização de sua frota de veículos e implanta o Sistema Inteligente de Transporte, solução tecnológica de informação sem fio (wireless) para gerenciamento e controle dos sistemas de transportes. Os ônibus Marcopolo, dos modelos Torino, Senior Midi e Senior, receberam novos equipamentos eletrônicos com objetivo de promover entretenimento e informações para os passageiros.

Segundo Paulo Corso, diretor de operações comerciais da Marcopolo, as empresas brasileiras de transporte público tem investido cada vez mais para oferecer padrão mais elevado e diferenciais para os seus clientes. “A Sogal é uma das principais viações do Rio Grande do Sul e um tradicional parceiro. Hoje, possui uma frota de aproximadamente 140 ônibus, 100% dos quais de modelos Marcopolo, e está entre as que mais investem em soluções tecnológicas para a comodidade e segurança dos passageiros”, explica o executivo.

O Sistema Inteligente de Transporte (ITS) consiste na implantação de equipamentos de GPS/GPRS nos ônibus proporcionando acesso instantâneo as informações de tráfego, localização, velocidade, identificação do veículo e tripulação, transmitindo diretamente para um Centro de Controle Operacional (CCO) onde é possível gerar uma gama de serviços tanto para as autoridades locais como para os operadores e passageiros. “Com o ITS o transporte público ganha em eficiência, segurança e atratividade as pessoas. Toda a operação é transmitida via WEB, em tempo real, permitindo ver a cada instante tudo o que ocorre com os veículos e corrigir imediatamente qualquer problema”, explica Corso.

O sistema também permite uma comunicação instantânea entre o Centro de Controle e o motorista através de mensagens pré-determinadas ou digitadas e enviadas pelo Centro de Controle. A comunicação com o usuário acontece através de painéis (totens) instalados em pontos estratégicos da cidade, permitindo a visualização das linhas e o tempo que cada ônibus levará para chegar no ponto de parada.

Outro recurso também disponível ao usuário é a Informação Dinâmica de chegada das diversas linhas nos mais de 1.500 pontos de parada no município. Os passageiros poderão enviar uma mensagem de texto pelo celular (SMS) para a Sogal, informando qual a parada devidamente identificada que pretende embarcar e em alguns segundos recebe uma resposta com a informação de todas as linhas que estão em aproximação do local escolhido.

Sistema de monitoramento por câmeras e mídia

A Sogal firmou parceria a Express TV para implantação de um sistema de monitoramento por câmeras nos coletivos e propagandas através de monitores de LED Full HD, com o objetivo de oferecer maior conforto e segurança para os usuários do sistema de transporte coletivo da cidade de Canoas e região.

As câmeras de segurança inibem a criminalidade, dão mais tranqüilidade para o passageiro e servem para monitorar o funcionamento do transporte coletivo, sendo possível acompanhar desde o fluxo diário de pessoas até o comportamento dos funcionários. Trata-se de um sistema de filmagem composto por quatro câmeras de segurança, instaladas em pontos estratégicos dos ônibus de linha, que exibem imagens captadas e transmitidas online para um Centro de Controle de Imagens.

A Express TV é um veículo de comunicação inovador voltado para o público do transporte coletivo e consiste na transmissão online de programação exclusiva para os ônibus. “O objetivo da Sogal é promover entretenimento, cultura e informações dos mais variados temas para a distração dos passageiros”, ressalta Corso.

Com uma audiência de 1,5 milhão de pessoas por mês, a programação da Express TV aborda diferentes temas desde noticiários, moda, cultura, esportes, educação, horóscopo, entrevistas, gastronomia e lazer. Com perfil de conteúdo educativo, visa a promoção da cultura, incentivando a responsabilidade social e servindo como um canal para informações de utilidade pública, tornando o deslocamento em ônibus muito mais agradável e produtivo.

Fonte: Divulgação

Metalpar amplia atuação e adquire controle da Metalsur, fabricante argentino de ônibus rodoviários

metalsurA Metalpar S.A., fabricante argentino de ônibus urbano e pertencente à Marcopolo S.A., e à Inversiones Loma Hermosa, da Argentina, assinou, dia 14 de dezembro, contrato para a compra de 51% de participação na empresa Metalsur Carrocerias S.R.L., também argentina. O montante a ser desembolsado entre os sócios será de US$ 9 milhões.

Segundo a direção da Marcopolo, a aquisição tem por objetivo ampliar a atuação no mercado argentino e aumentar a oferta de modelos para os clientes, uma vez que a Metalpar é especializada na produção de ônibus urbanos e a linha da Metalsur complementará o portfólio com veículos rodoviários.

“Com mais esta aquisição a Marcopolo segue o seu plano de crescimento e de investimentos, agora com presença mais forte no mercado argentino de ônibus rodoviários, porque, além dos produtos que hoje exportamos do Brasil, iremos produzir localmente. Assim, poderemos oferecer uma linha completa de modelos, desde urbanos até os rodoviários de dois andares”, explica Ruben Bisi, diretor de estratégia e marketing institucional.

A Metalpar, que passou a ter a participação da Marcopolo em 2010, é líder argentina na produção de ônibus urbanos, com volume de 1.387 unidades nos primeiros 11 meses de 2012. A empresa conta com 700 colaboradores, possui operação em Loma Hermosa, em área total de mais de 50 mil metros quadrados, e capacidade para produzir 16 ônibus por dia.

A Metalsur, fundada em 1989, é especializada na fabricação de carrocerias de ônibus rodoviários, com destaque para os modelos de dois andares (Double Decker). A companhia é sediada na cidade de Rosário, Província de Santa Fé, Argentina, e produz em média 200 unidades de ônibus de dois andares por ano.

Fonte: Metalpar

Marcopolo lança livro que conta como se tornou a maior fabricante de ônibus do mundo

paulobellinilivroHoje, dia 12 de dezembro, a partir das 18h30, na Livraria Cultura, do Conjunto Nacional, o presidente emérito da Marcopolo, Paulo Bellini, lança o livro “Marcopolo, sua viagem começa aqui” que conta como a empresa brasileira se transformou na maior fabricante de ônibus do mundo. Os objetivos do livro são disseminar a cultura Marcopolo em todos os países e fábricas da empresa ao redor do mundo e homenagear todas as pessoas que, ao longo desses 63 anos, construíram essa história.

Com mais de 300 páginas, o livro reúne entrevistas e histórias contadas por mais de 90 participantes, mostra a trajetória da empresa para se transformar na maior fabricante de ônibus do mundo, com produção superior a 32 mil unidades por ano, em nove países e com mais de 20 mil colaboradores. Essas “passagens”, contadas por pessoas que acompanharam cada momento, mostram, por meio de situações vividas na empresa, como se forjou e quais são os seus valores.

“São memórias e relatos que revelam uma cultura empresarial peculiar, com a qual convivemos com naturalidade, sem nos dar conta da sua decisiva importância, e construída por muitos que, de alguma forma, se relacionam com a Marcopolo”, destaca Paulo Bellini, autor do livro.

O livro tem prefácio escrito por Marcus Vinícius Pratini de Moraes, economista, ex-ministro, e conta ainda com um ensaio do antropólogo Roberto DaMatta – Um passeio de ônibus – no qual mostra a presença dos veículos de transporte público em nossas vidas e história, e suas influências e características.

A publicação tem a participação, na quarta página, de importantes empresários, nacionais e internacionais, em depoimentos destacados. Jorge Gerdau Johannpeter, presidente do Conselho de Administração da Gerdau; Ratan Tata, chairman da Tata Sons; José Galló, CEO das Lojas Renner; José Antonio Fernandes Martins, presidente da Fabus (Associação Nacional dos Fabricantes de Ônibus), e Jaime Lerner, arquiteto, ex-governador do Estado do Paraná e ex-prefeito da cidade de Curitiba, onde implantou de maneira pioneira um dos mais modernos sistemas de transporte coletivo do mundo, comentam a importância da Marcopolo.

Fonte: Marcopolo

Marcopolo lança livro sobre sua história

Poucas, muito poucas empresas em todo o mundo, superam 60 anos de atividades. Menos ainda têm foco na perpetuação e disseminação de sua cultura, no reconhecimento das pessoas e o que isso representa e representou para se reinventar, internacionalizar e crescer. Com este objetivo e para homenagear todos os que construíram e continuam ajudando a construir a Marcopolo, nasceu a ideia de contar a história da empresa, sua gente, seus desafios e momentos mais importantes ao longo desses primeiros 63 anos.

“São memórias e relatos que revelam uma cultura empresarial peculiar, com a qual convivemos com naturalidade, sem nos dar conta da sua decisiva importância, e construída por muitos que, de alguma forma, se relacionam com a Marcopolo”, destaca Paulo Bellini, autor do livro e seu presidente emérito.

Com mais de 300 páginas, o livro “Marcopolo, sua viagem começa aqui” com entrevistas e histórias contadas por mais de 90 participantes, mostra a trajetória da empresa para se transformar em uma das maiores fabricantes internacionais. Essas “passagens”, contadas por pessoas que acompanharam cada momento, coletadas e transcritas pela jornalista Suzana Naiditch, mostram, por meio de situações vividas na empresa, como se forjou essa cultura peculiar e quais são os seus valores.

“Minha motivação foi registrar as experiências que ajudam a explicar essa cultura e homenagear todos os envolvidos, participantes dessa história. Muitos nem sabem disso. São aqueles que encontro por acaso, quando circulo pela fábrica, e que me tratam com um carinho incomum. Os gestos espontâneos de apreço desses colaboradores e a insistência de amigos me levaram a concluir que existe mesmo uma cultura peculiar e que ela mantém a Marcopolo crescendo por mais de seis décadas e nos levou aos cinco continentes, com uma dimensão com a qual eu nunca havia sonhado”, enfatiza Bellini.

Há muitas formas de contar uma história. E a forma escolhida para contar a viagem da Marcopolo não poderia ser a biografia de seu fundador ou somente o seu ponto de vista. “Foi quando decidi reviver aquelas passagens que ajudam a explicar o que faz a empresa e, assim, honrar toda essa herança que só aconteceu porque parceiros essenciais se engajaram no projeto, trabalhando com dedicação e espontaneidade.”

A ideia inicial era produzir um material para o público interno, que servisse para, além de mostrar como se forjou a Marcopolo, reforçar o modelo de gestão estruturado a partir dos anos 80, após uma viagem dos executivos ao Japão. Depois, foram agregados outros temas e o projeto ganhou nova dimensão, passou a ter a coordenação da psicóloga e consultora Marilda Vendrame e “rompeu” os limites da companhia.

A editora Campus/Elsevier acreditou no projeto e entendeu que havia conteúdo relevante, interessante e enriquecedor para outros públicos, como empresários, empreendedores, estudantes universitários e a sociedade. Também porque há pouca bibliografia com cases de empresas nacionais.

Trabalho em equipe e participações mais que relevantes

“Marcopolo, sua viagem começa aqui” tem características que reforçam a visão e os atributos do autor na importância do trabalho em equipe, comprometimento, motivação e valores éticos. O prefácio é escrito por Marcus Vinícius Pratini de Moraes, economista, ex-ministro. O livro conta ainda com um ensaio do antropólogo Roberto DaMatta – Um passeio de ônibus – no qual mostra a presença dos veículos de transporte público em nossas vidas e história, e suas influências e características.

Segundo Roberto DaMatta, os ônibus de hoje, modernos e ao gosto do cliente, convidam, como Marco Polo, a reexperimentar o prazer da viagem por terra. ”A jornada por este chão que nos viu nascer e onde, um dia, iremos repousar”.

A publicação tem a participação, na quarta página, de importantes empresários, nacionais e internacionais, em depoimentos destacados. Jorge Gerdau Johannpeter, presidente do Conselho de Administração da Gerdau; Ratan Tata, chairman da Tata Sons; José Galló, CEO das Lojas Renner; José Antonio Fernandes Martins, presidente da Fabus (Associação Nacional dos Fabricantes de Ônibus), e Jamie Lerner, arquiteto e ex-prefeito da cidade de Curitiba, onde implantou de maneira pioneira um dos mais modernos sistemas de transporte coletivo do mundo, comentam sobre o papel e a importância da Marcopolo.

A primeira edição do livro “Marcopolo, sua viagem começa aqui” será lançada no próximo dia 12 de dezembro, na Livraria Cultura, no Conjunto Nacional, em São Paulo, seguindo-se após a distribuição a todo o mercado nacional.

Fonte: Marcopolo

Marcopolo conquista Prêmio Top de Marketing ADVB 2012

A Marcopolo S.A. acaba de conquistar o Prêmio Top de Marketing ADVB 2012 na categoria Indústria Nacional. A empresa foi distinguida pelo case apresentado de sua estratégia inédita e bem-sucedida de construção e gerenciamento da marca nas mídias sociais.

Segundo Walter Cruz, gerente de estratégia e marketing corporativo, a conquista representa um importante marco, sobretudo por atuar no segmento B2B (business to business), e ter conseguido em pouquíssimo tempo consolidar a empresa nas redes sociais. “Após um intenso trabalho de pesquisa sobre público, concorrência e cenário, a Marcopolo formulou uma estratégia de entrada nas mídias sociais. A empresa inovou e alavancou sua atuação no ambiente digital de maneira relevante e pertinente, ampliando o seu relacionamento na rede”, explica Cruz.

“Em janeiro de 2012, a marca teve sua Fan Page criada no Facebook e passou a promover ações interativas que envolviam criação e compartilhamento de conteúdo multimídia relevante, notícias relacionadas à empresa, concursos culturais e divulgação de produtos. Em setembro passado, com menos de um ano, a Fan Page da Marcopolo superou a marca de 100 mil fãs”, salienta o executivo.

Com esse volume de acessos, a fabricante assumiu o segundo lugar no ranking mundial na categoria indústria no Facebook, de acordo com o Socialbakers, e o primeiro lugar em engajamento dos fãs.

Sobre o Prêmio Top de Marketing 2012

A Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing (ADVB) do Rio Grande do Sul promove o Top de Marketing há 30 anos e o reconhecimento às melhores estratégias e práticas é uma das formas da instituição cumprir a sua missão de desenvolver a cultura do marketing no Estado. A edição deste ano do mais respeitado reconhecimento do sul do País no setor destaca empresas e entidades que são referências em estratégias de marketing em 16 categorias de segmento de mercado e em outras duas premiações especiais: Top Responsabilidade Social e Top Inovação em Práticas de Vendas. A cerimônia de premiação foi realizada no dia 26 de novembro, no Teatro do Bourbon Country, em Porto Alegre.

Fonte: Marcopolo