Transporte Aéreo: cana-de-açúcar é a bola da vez no setor

por Blog do Caminhoneiro

Já adotada como matéria-prima de biocombustíveis para carros, caminhões e ônibus, a cana-de-açúcar brasileira será alvo de estudo para aplicação também em aviões. Boeing, Embraer e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) anunciaram que financiarão a análise de sustentabilidade produtiva.

De acordo com as partes envolvidas no projeto, o estudo tem como premissa avaliar todas as condições ambientais e mercadológicas associadas ao uso do combustível de fonte renovável para jatos produzido pela Amyris.

“Novas tecnologias para produção de combustíveis de fonte renovável para jatos têm o potencial de reduzir significativamente as emissões de gases de efeito estufa, como o etanol extraído da cana-de-açúcar já demonstrou no Brasil”, disse Arnaldo Vieira de Carvalho, líder da iniciativa de biocombustíveis sustentáveis para aviação do BID.

A experiência será coordenada pelo ICONE, uma incubadora brasileira de pesquisas. O projeto está programado para ser concluído no início de 2012. Os levantamentos envolverão completa análise do ciclo de vida das emissões associadas com o combustível de fonte renovável para jatos da Amyris, incluindo mudança do uso indireto da terra e seus efeitos.

Diversificação

“A pesquisa em parceria para o uso da cana-de-açúcar em jatos é importante para diversificar as fontes de combustíveis para aviação e fortalecer a cooperação estabelecida entre os Estados Unidos e o Brasil na área de energia renovável”, admitiu Billy Glover, vice-presidente de meio ambiente e política de aviação da Boeing.

John Melo, CEO da Amyris, afirmou que a sua empresa tem o “compromisso não somente de atender às especificações técnicas definidas para o nosso combustível para jatos, mas também de garantir que nossos produtos sejam produzidos de forma sustentável”.

Para a Embraer, a sua participação é mais um passo para o apoio ao desenvolvimento de combustíveis sustentáveis para o segmento. “O Brasil é uma rica fonte de biomassa e o desenvolvimento desta tecnologia, baseada na cana-de-açúcar, reforça a importância do crescimento sustentável da aviação para o País”.

Fonte: WebTranspo

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário