Novos caminhões leves Accelo oferecem maior capacidade de carga, força e agilidade nas severas aplicações do transporte urbano e intermunicipal




A Mercedes-Benz, fabricante da maior e mais completa linha de veículos comerciais do País, oferece soluções eficientes e rentáveis para o transporte e a distribuição urbana de cargas, bem como para curtas e médias distâncias intermunicipais, rodoviárias e rurais. Entre essas aplicações, destaca-se a intensa movimentação diária de produtos nos entrepostos atacadistas e varejistas, como o tradicional Mercado Municipal de São Paulo, um dos mais importantes do País.

Com sua linha 2012, a Mercedes-Benz amplia a oferta de caminhões leves Accelo, apresentando três opções de entreeixos, entre elas a de 3,1 m, que o configura como VUC (Veículo Urbano de Carga) na cidade de São Paulo. Tanto o Accelo 815, novo ‘Mercedinho’, quanto o 1016, têm a versão VUC, permitindo a utilização da maior carroçaria dessa categoria, de 4,5 m de comprimento”, afirma Tânia Silvestri, diretora de Vendas e Marketing de Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil.

De acordo com a executiva, os novos caminhões leves da marca se destacam também pela maior capacidade de carga, qualidade superior, resistência, durabilidade e reduzido custo operacional. “A tecnologia BlueTec 5 do novo Accelo propicia um reduzido custo operacional, com motores até 6% mais econômicos e com maiores intervalos de troca de óleo”, diz Tânia. “Atributos como esses conquistaram amplo reconhecimento no mercado, tanto junto a autônomos, como a empresas de transporte ou de carga própria, distribuidores e atacadistas”.

A nova linha Accelo dá continuidade a uma trajetória de sucesso de 40 anos dos caminhões leves Mercedes-Benz no Brasil. Do pioneiro 608 D de 1972 ao consagrado 710 da linha atual, são mais de 185.000 unidades comercializadas no País.

Maior capacidade de carga

Uma das grandes novidades da linha de caminhões leves 2012 é a maior capacidade de carga. Com 8.300 kg de peso bruto total, o Accelo 815 oferece 1.600 kg a mais em relação ao 710, o modelo mais vendido do Brasil em sua categoria, marcando a entrada da Mercedes-Benz na faixa de 8 toneladas de PBT.

Já o Accelo 1016, com 9.600 kg de PBT, propicia 600 kg a mais em relação ao atual Accelo 915 C, modelo que será sucedido pelo 1016. Em conjunto com a maior plataforma de carga do segmento, que permite a utilização de carroçarias até 6,5 metros de comprimento, isso resulta em muito mais produtividade para a distribuição urbana do que qualquer outro caminhão leve, contribuindo para maior rentabilidade do cliente.

O Accelo 1016 permite a instalação de um 3º eixo, o que pode ser feito por empresas implementadoras, ampliando a capacidade de carga para 13.000 kg de PBT, quando equipado com a caixa de câmbio de 6 marchas, e possibilitando o uso de carroçarias até 8 m de comprimento.

Força e agilidade na cidade e na estrada

Como toda a linha de caminhões Mercedes-Benz 2012, os modelos Accelo chegam ao mercado com motores mais potentes, econômicos e ecológicos e com a exclusiva tecnologia BlueTec 5 para atendimento ao PROCONVE P-7, o que assegura excelente desempenho, eficácia e confiabilidade.

Tanto o Accelo 815, quanto o Accelo 1016, são equipados com o motor eletrônico OM 924 LA de 4 cilindros e 156 cv de potência. O elevado torque (580 Nm no Accelo 815 e 610 Nm no Accelo 1016) assegura acelerações mais rápidas, melhores retomadas e maior velocidade média. Com mais potência e torque, os novos caminhões leves Mercedes-Benz oferecem melhor desempenho e maior agilidade no transporte de cargas, tanto nas vias da cidade, quanto nas estradas.

Fácil de dirigir e manobrar

As dimensões compactas e o reduzido círculo de viragem tornam o Accelo um caminhão perfeito para o tráfego intenso das grandes cidades. Ele movimenta-se com extrema facilidade, mesmo em vias estreitas e no interior dos bairros. A nova caixa de direção, mais reforçada, reduz os esforços nas manobras em 10%, facilitando ainda mais sua operação. O elevado torque assegura rapidez nas entregas, mesmo em regiões com ladeiras acentuadas.

Espaçosa e ergonômica, a nova cabina oferece um alto nível de conforto aos ocupantes. O fácil acesso aos comandos otimiza o trabalho do motorista, contribuindo para a maior produtividade no seu dia a dia. A disponibilidade de ar condicionado, item opcional, amplia notavelmente o bem-estar a bordo.

Mais prático e funcional, o novo painel de instrumentos, com computador de bordo e tecla de navegação, traz funções que auxiliam o condutor a operar o veículo de uma forma mais econômica. Caso, por exemplo, da indicação do consumo de combustível instantâneo do veículo, expresso em km/l, que é um item de série.

Reduzido custo operacional

Além do reduzido consumo de combustível e das menores emissões de poluentes, os novos motores Mercedes-Benz da linha Accelo destacam-se pelos maiores intervalos de troca de óleo. No serviço severo, por exemplo, passou de 20.000 km para 45.000 km. Isso reduz os custos operacionais e aumenta a disponibilidade do caminhão, ou seja, mais rentabilidade.

Os caminhões leves Mercedes-Benz, especialmente o ‘Mercedinho’, são reconhecidos no mercado pela sua robustez, confiabilidade, facilidade e rapidez de manutenção, retornando rapidamente para o trabalho. Dessa forma, o cliente obtém maior produtividade em sua atividade de transporte.

Os motores que equipam os novos Accelo 815 e 1016 possuem a maior durabilidade do mercado, característica reconhecida dos tradicionais ‘Mercedinhos’. São cerca de 600.000 km de vida útil do motor a serviço do transportador.

Diversidade de aplicações

Entre diversas aplicações, os caminhões leves Mercedes-Benz atendem ao transporte de alimentos, hortifrutigranjeiros, materiais de construção, móveis, eletrônicos, eletrodomésticos, decoração, produtos frigorificados, bebidas, setor atacadista e varejista, autossocorro, botijões de gás e outros. Para tanto, utilizam principalmente carroçarias como baú, carga seca aberta, baú frigorificado ou isotérmico, plataformas de autossocorro e outros implementos.

Vantagens do Accelo ganham evidência no “Mercadão”

As vantagens dos caminhões leves Accelo (como capacidade de carga, reduzido custo operacional, rentabilidade, agilidade, facilidade de manobra e outras) são especialmente importantes para os atacadistas e varejistas que atuam no Mercado Municipal de São Paulo, um dos principais entrepostos de abastecimento da capital paulista e um dos mais tradicionais do Brasil.

Destaque por sua ampla oferta de produtos nacionais e importados (entre frutas, verduras, cereais, carnes, peixes, queijos e outros) o ‘Mercadão’ é uma atração turística e referência da gastronomia, graças à diversidade de ingredientes de alta qualidade, oriundos de várias partes do mundo.

Funcionando todos os dias do ano, o Mercado Municipal é responsável pela movimentação intensa de veículos, entre eles os caminhões leves dos comerciantes, fornecedores, empresas de transporte e autônomos.

Fonte: Truck Brasil




3 comentários em “Novos caminhões leves Accelo oferecem maior capacidade de carga, força e agilidade nas severas aplicações do transporte urbano e intermunicipal

  • 01/12/2011 em 15:06
    Permalink

    boa tarde, tudo bem?Gostaria de saber o preço do acello 815 e em té quantas vezes

    Resposta
    • 01/12/2011 em 16:34
      Permalink

      Esse caminhão, novo e sem implemento, custa na média de R$100 mil a R$125 mil, dependendo do estado em que você se encontra. O financiamento vai depender do plano que você escolher.

      Abraço

      Resposta
  • 29/11/2011 em 11:05
    Permalink

    pqp uma 1016 no truck deve levar uns 8000 a 8500kg. Pena q fica muito dura qdo ta vazia

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!