Ônibus híbrido começa a circular na Argentina




Já estão circulando na Argentina os primeiros os ônibus híbridos produzidos pela TATSA – Tecnologia Avançada em Transporte S.A. – com sistemas da Eaton, empresa responsável pelo desenvolvimento de sistemas e equipamentos para gerenciamento de energia. O modelo D12H é o primeiro ônibus híbrido-elétrico a ser fabricado em série na América do Sul.

O sistema gerencia a utilização da tração do motor a diesel e do motor elétrico, reaproveitando a energia gerada durante as frenagens, muito frequentes em veículos usados para o transporte urbano. Quando a energia acumulada se esgota, o veículo é impulsionado apenas pelo motor diesel, sem que os passageiros percebam essa alteração. Esse sistema é composto pelo motor a diesel (gás ou álcool) e motor elétrico de 44 kW, ligado a uma transmissão automatizada de seis marchas. Um pacote com 4 baterias de Ion-Lithiun se encarrega do armazenamento de energia e um software gerencia todo o processo. De acordo com a fabricante, o sistema híbrido-elétrico já demonstrou, em aplicações em outros mercados, uma redução em torno de 30% do consumo de combustível, gerando até 40% menos emissões de poluentes.

Segundo Ricardo Dantas, diretor de Vendas e Marketing do Grupo Veículos da Eaton na América do Sul, a Eaton está muito orgulhosa por ter sido escolhida pela TATSA para utilizar esta tecnologia inovadora e sustentável. “O sistema Híbrido-Elétrico Eaton não apenas reduz o custo operacional para os frotistas como beneficia também toda a sociedade por meio de menos emissões de poluentes, ar mais limpo e menor ruído”, afirma Dantas.

Brasil

No Brasil, as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba já testaram os primeiros modelos híbridos. Em junho deste ano, a Volvo anunciou que irá fabricar em Curitiba veículos com a tecnologia, os chamados Hibribus. A previsão é que seja investido cerca de R$ 16 milhões na fabricação dos modelos para o abasteccimento de todo o mercado latino.

Fonte: Mecânico




Deixe sua opinião sobre o assunto!