Vendas internas de implementos crescem 17% no ano




As fabricantes de implementos rodoviários acumularam até outubro emplacamento de 159 mil unidades, em alta de 17% ante igual período do ano passado. As empresas ligadas à Anfir, Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, comercializaram 49.857 reboques e semirreboques, crescimento de 6,5%, e 109.159 carrocerias sobre chassis, evolução de 22,8%.

No segmento de rebocados ocorreram quedas na venda de modelos canavieiros, para o transporte de toras, e nos tanques de carbono, de inox e de alumínio, este o mais expressivo, em 72%. O aumento mais representativo, de 42%, deu-se no emplacamento de modelos carrega-tudo, que somam 1,7 mil unidades.

Com 15 mil unidades vendidas os rebocados graneleiro e carga seca ainda lideram o setor, com 30%, mas em queda de um ponto porcentual. Com alta de 31% no acumulado, somando 9,3 mil unidades, os modelos basculantes aumentaram em três pontos, para 18%, sua participação nas vendas totais.

Na linha de carrocerias o crescimento se dá em todos os modelos. Destaque para betoneiras, com 42%, para uma média de 20% nos demais. Os baús em alumínio e frigoríficos, embora com queda de dois pontos para 34% e total de 38 mil unidades, ainda são a maioria dos emplacamentos . Os basculantes, alta de 30%, elevaram a participação para 15,5%, um ponto a mais.

A Anfir ainda não apurou as exportações de outubro. Até setembro o setor havia embarcado 3 mil 551 unidades, em alta de 13%.

Fonte: Autodata




Deixe sua opinião sobre o assunto!