Toyota Hilux e SW4 ganham motorização flexível




Conforme prometido no fim do ano passado, quando lançou os modelos Hilux e SW4 reestilizados, a Toyota traz agora a motorização 2.7 VVT-i Flex Fuel 16 válvulas para ambos os modelos. Desenvolvido pela marca especialmente para o mercado brasileiro, o novo propulsor – comum para ambos – rende 163 cv quando abastecido com etanol e 158 cv com gasolina (sempre a 5.000 rpm). O torque máximo é de 25 mkgf a 3.800 rpm seja qual for o combustível.

Entre as principais tecnologias, o novo motor 2.7 flexível se destaca, principalmente, pelo duplo comando de válvulas, com tecnologia VVTi na admissão – que controla a abertura das válvulas de acordo com as condições de dirigibilidade, proporcionando mais torque em qualquer faixa de rotação, maior economia de combustível e menor emissão de poluentes.

Atributos à parte, a novidade deverá alavancar a comercialização anual da Toyota. Espera-se emplacar 5.000 unidades da Hilux e 1.200 do SW4 com motor Flex Fuel durante o ano de 2012. A picape está disponível em duas versões: SR cabine dupla com tração 4×2 e transmissão automática de quatro velocidades (R$ 88.730) e a topo de linha SRV cabine dupla 4×4, que conta com o mesmo câmbio e sai por R$ 103.420.

Já o utilitário esportivo SW4 com motor bicombustível vem apenas na versão SR 4X2 com transmissão automática. A capacidade é para cinco passageiros. Custa R$ 114.150. Na lista de equipamentos, itens como direção hidráulica progressiva, ar-condicionado, volante com regulagem de altura, freios ABS, air bag duplo, trio elétrico e CD player com MP3 são de série.

Fonte: Diário do Grande ABC




Deixe sua opinião sobre o assunto!