MAN e Petrobras: levar o Euro 5 aonde o caminhoneiro está.




A Caravana Siga Bem, promovida pela Cobram com foco em caminhoneiros, chega à sexta edição. Com o apoio de MAN Latin America e Petrobras, o programa é integrado por comboio de sete caminhões Constellation – cinco 19.330 e dois 25.390 –, um microônibus VWCO e duas picapes Volkswagen Amarok.

Com saída de São Paulo na próxima semana, percorrerá mais de 16 mil quilômetros de estradas brasileiras durante seis meses. O primeiro destino é o Sul, depois as regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, pela ordem.

O principal mote desta edição é comprovar que já é possível rodar nas estradas brasileiras com caminhões Euro 5 abastecendo com o diesel S50 e fluido Arla 32. Para Ricardo Alouche, diretor de vendas e pós-vendas da MAN, o programa contribuirá para acabar com as dúvidas quanto à nova tecnologia. Apresentações de teatro mostrarão os novos sistemas e as normas de emissões de maneira lúdica. Haverá test-drive e paradas nos postos da rede Siga Bem, da Petrobras Distribuidora, e nas concessionárias MAN ao longo do trajeto.

O presidente da MAN Latin America, Roberto Cortes, também participou do evento de apresentação da caravana. “O ano de 2012 será marcado por mudanças importantes e a caravana será instrumento importante para mostrar as vantagens de consumo e sustentabilidade que a tecnologia adequada ao Proconve P7 proporciona.”

LEIA MAIS  Exportações da MAN Latin America alcançam recorde em janeiro

Ações de responsabilidade social, como a campanha Siga Bem Criança, de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, e Siga Bem Mulher, para prevenção da violência doméstica e familiar, também fazem parte do programa, que inclui ainda orientações de segurança na direção, prevenção de doenças e atividades culturais e de lazer.

Diesel S50

A distância máxima de postos da rede BR já equipados com tanques de diesel S50 é hoje de quatrocentos quilômetros, garantiu José Lima de Andrade Neto, presidente da Petrobras Distribuidora. “Começamos, em 1º de janeiro, com 850 postos. Atualmente são 1,1 mil e até o fim do ano esperamos chegar a 1,5 mil do total de 7,5 mil, o que dependerá do ritmo da própria demanda.”

O executivo afirmou que o hoje reduzido volume de vendas de veículos equipados com motorização Euro 5 não altera as projeções de volumes de S50 distribuído para o ano. “A perspectiva é de crescimento a partir de abril, com o fim dos estoques Euro 3. Além disso, picapes e utilitários esportivos a diesel começaram a também utilizar o S50.”

Andrade Neto afirmou ainda que o cenário atual será superado a curto prazo e também que já prepara a rede para a substituição dos novos tanques S50 pelos de S10, de concentração ainda menor de enxofre, a partir de 1º de janeiro de 2013. “Caminhões vendidos agora terão de usar o S10, está na legislação. O S50 é transição.”

LEIA MAIS  Petrobras anuncia mais duas reduções do valor do diesel

O investimento divulgado pela BR Distribuidora, R$ 5,2 bilhões até 2015, tem R$ 400 milhões destinados à produção e distribuição de óleo diesel S50 e S10. O executivo evitou estimar a alta no preço do S10 com relação ao S50, mas confirmou que um reajuste ocorrerá.

Mercado

Segundo Andrade Neto a estratégia da BR Distribuidora é aumentar sua participação de mercado, hoje de 39%, mas não necessariamente o total de postos que compõe a rede atual. “Apostamos em ampliação do setor de combustíveis superior à projeção de aumento do PIB oficial. E as áreas de crescimento brasileiras acima da média são Centro-Oeste, Norte e Nordeste, regiões onde há pequenas distribuidoras bandeira branca e que prospectamos a compra, eventualmente.”

O executivo aposta em cenário macroeconômico otimista, com a migração de classes e crédito, principalmente. “Tudo isso ajuda o setor, pois promove a venda de veículos.”

Fonte: Autodata




Deixe sua opinião sobre o assunto!

error: Cópia de conteúdo desabilitada !!