MAN Latin America apoia testes para garantir maior segurança a motoristas em rodovia do Paraná




Com o apoio da MAN Latin America, a Autopista Litoral Sul realizará, de segunda (16/4) a quarta-feira (18/4), a última etapa das provas de homologação técnica da área de escape implantada no km 671,7 da pista sul, da BR-376/PR. A ideia é oferecer aos usuários o mesmo conceito de área de escape adotado nas pistas de Fórmula 1 — com a famosa caixa de brita —, visando garantir a segurança dos motoristas, além de preservar a integridade do veículo e carga.

Em julho do ano passado, as duas empresas já haviam realizado testes com caminhões de até cinco eixos e, agora, a avaliação será com caminhões bitrem, de sete eixos, em velocidades e pesos diferentes. A montadora cederá um veículo MAN TGX 28.440 para verificação do desempenho da área com extrapesados. Profissionais da área de Engenharia de Veículo Completo da empresa vão acompanhar os testes para dar apoio técnico nos caminhões.

Os estudos, realizados por professores da Fundação para o Incremento da Pesquisa e do Aperfeiçoamento Industrial da USP de São Carlos, serão utilizados para concluir a homologação do dispositivo. A área foi aprovada e liberada para uso em agosto de 2011. Desde então, 20 caminhões já utilizaram o dispositivo para evitar acidentes. Todos os ocupantes dos veículos (motoristas e passageiros) saíram ilesos.

A área de escape conta com uma das melhores tecnologias existentes com relação a dispositivos do mesmo tipo e foi implantada com o objetivo de servir de refúgio para os veículos de grande porte que perdem o freio na descida da serra. Composta por argila expandida, que faz com que os pneus dos veículos afundem, a área de escape permite que haja diminuição da velocidade em um curto espaço de tempo.

Para utilizar a área, em caso de emergência, o motorista deve ficar atento às placas indicativas e se posicionar na faixa à direita da pista Sul da BR-376/PR, em direção aos quadrados brancos e vermelhos pintados no chão (semelhantes aos das pistas de corrida automobilística). É importante lembrar que o local deve ser utilizado somente em caso de perda freio e não como ponto de parada.

Fonte: Man Latin America




Deixe sua opinião sobre o assunto!