Ministra defende renovação de frota de caminhões durante a Rio +20

por Blog do Caminhoneiro

Nesta semana está sendo realizada na cidade do Rio de Janeiro a Rio +20, Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável. Entre os assuntos que entraram em discussão está a frota de caminhões brasileira. A alta idade média dos veículos comerciais, de 13,4 anos, foi criticada pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, que destacou a redução em cerca de 80% das emissões de gases tóxicos nos sistemas de tecnologia Euro 5, que desde março são o padrão obrigatoriamente produzidos no Brasil, em relação aos modelos anteriores.

“Temos que pensar na opção de renovação de frota para veículos que poluam menos”, disse a ministra. Izabella Teixeira também defendeu políticas de transporte coletivo. No entanto, a política rejeitou que medidas como a redução de IPI, recentemente adotada pelo Governo, seja a resposta para a poluição.

Para ela, de nada basta uma ação tomada para combater o desemprego e que aumenta o número de veículos nas ruas. O foco deve ser em alternativas de médio e longo prazo para o aumento das frotas. “Não estou defendendo que se venha encher as cidades de carros”, afirmou.

Fonte: Brasil Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

2 comentários

Leonardo 18/06/2012 - 15:49

Esta ministra Sra. Izabella Teixeira, ao meu ver não tem força para renovar absolutamente nada. Apenas faz bazófia com o tema, discurso politicamente correto para Ingles ver. Dou como sugestão a mesma o seguinte: Faça-se uma nova regra para a troca dos veículos de transporte de carga em mãos de autônomos, com a isenção de todos impostos embutidos no bem(estaduais e federais), reduzindo assim o custo de aquisição de um zero kilometro e dentro das novas normas antipoluentes. Mas que seja para cada autônomo 1 veículo apenas, do mesmo modelo por ele já utilizado ao fazer a troca. Não podendo o autônomo adquirir mais de um veículo nesta modalidade de financiamento. Esta havendo muita picaretagem nesta tal de renovação de frota, autônomos mesmo são rarissímos os que conseguiram trocar por um zero. Em compensação os médios e pequenos empresários fazem a festa no pro-caminhoneiro. É um tal de tirar zerados como laranjas de grandes(minha opinião e desconfiança sobre o Pro)…ninguem realmente fiscaliza nada neste país, somente o que atinge os sem força autônomos donos de apenas 1 veículo.

Reply
ivo 17/06/2012 - 14:24

e bom ver como os tempos mudaram lembro que no inicio dos anos 70 ainda criança achava lindo quando esses fenemes passavam aqui na PE 90 principalmente o 210 com carreta de 3 eixos jogando fumaça para todos os cantos

Reply

Escreva um comentário