Londrina consagra jovens finalistas na 4ª etapa do ‘Melhor Motorista de Caminhão do Brasil’

por Blog do Caminhoneiro

Londrina (PR) organizou pela primeira vez uma final regional da competição “Melhor Motorista de Caminhão do Brasil” (MMCB), da Scania, que teve como vencedores Fabiano Medeiros da Silva, de Munhoz de Melo (PR), de 32 anos, e Thiago Lamberti, de Marechal Cândido Rondon (PR), de apenas 28 anos. No desafio, realizado no último fim de semana, Silva ganhou as sessões de sábado (18) e Lamberti conquistou o lugar mais alto do pódio no domingo (19). Sumaré (SP) sediará a quinta etapa neste fim de semana.

Por regulamento, cada fase define dois motoristas. Lamberti e Silva estão garantidos na final do evento, que será realizada de25 a27 de outubro, em São Paulo. Ambos aguardarão outros 16 concorrentes que serão selecionados nas próximas rodadas regionais. Com a vitória da dupla, o Paraná possui três representantes na finalíssima. Além deles, Valderi Jensen já garantiu vaga ao ser um dos vencedores na etapa de sua cidade, Ponta Grossa.

O MMCB tem por objetivo avaliar as habilidades dos condutores brasileiros, contribuir com a segurança nas rodovias, valorizar o profissional e promover uma direção que alie eficiência a redução de emissão de poluentes. “A disputa fica acirrada a cada rodada. Isso mostra que o MMCB está cumprindo seu papel de propagar entre os motoristas a busca pela qualificação e o apreço pelo treinamento”, salienta Rodrigo Machado, coordenador da competição.

Dois jovens campeões regionais

A Casa Scania P.B Lopes foi o local escolhido para organizar o evento e recebeu familiares, amigos dos participantes, diretores da Scania e da concessionária e clientes. As provas (divididas em manobra, percurso, checklist e teórica) foram organizadas no sábado e no domingo. No sábado, Fabiano Medeiros da Silva de 32 anos, de Munhoz de Melo (PR), foi o vencedor. Atualmente, ele transporta grãos em rotas que cruzam todo o Brasil. Casado e pai de um filho, é caminhoneiro há 10 anos. Ele se interessou pela profissão desde cedo, acompanhando o pai. Silva reconhece que não esperava conquistar o primeiro lugar, mas montou uma estratégia para vencer. “Eu procurei manter a calma, e isso foi o diferencial. Em cada uma das provas, me preparei psicologicamente, e no momento decisivo fiquei tranquilo.”

Com o troféu em mãos, o finalista fez questão de pedir maior valorização da profissão. “Hoje, por causa do comportamento de alguns motoristas, que desrespeitam a vida e demonstram falta de educação no trânsito, nosso ofício é mal visto pela sociedade.”

No domingo, foi a vez de Thiago Lamberti ocupar o primeiro lugar no pódio. Proprietário da Lambertti Logística, com matriz em Marechal Cândido Rondon (PR) e filial em São Paulo, o finalista está há sete anos no ramo. A empresa transfere cargas frigorificadas pelo País. “Cheguei a atuar nas estradas para conhecer melhor o negócio e hoje sou gestor. Meu pai foi o grande incentivador. Espero transmitir o que aprendi no MMCB aos 33 motoristas da minha transportadora”, afirma. Ele ficou impressionado com o modelo da prova de percurso, o R 620 V8. “É uma máquina. Se não tivesse vencido, já ficaria feliz por tê-lo dirigido.”

A experiência na competição ampliou os conhecimentos de empresário de Lamberti. “Sei o quanto é importante a direção eficiente. A rentabilidade não está mais no frete, ela chega com a redução de custos. Somente um motorista bem preparado pode economizar combustível, diminuir os desgastes no veículo e evitar acidentes”.

A final regional de Londrina também marcou o recorde de arrecadação de alimentos da competição. O volume chegou a 2,5 toneladas, que foram doadas à Casa do Bom Samaritano, da própria cidade. “Além do caráter competitivo, o MMCB contribui com a sociedade. Em todas as etapas, a entrada do público é feita com a doação de um quilo de alimento”, afirma Machado.

A edição 2012 recebeu 47 mil inscrições, número recorde, com aumento de quase 70% em relação à última edição nacional e acima da soma mundial dos participantes da competição Scania, ambas de 2010. A ação nasceu na Suécia, em 2003, onde está localizada a matriz da fabricante e chegou ao Brasil em 2005.

Próxima etapa

A cidade de Sumaré (SP) sediará a quinta etapa regional, neste fim de semana. A Caravana Scania do MMCB, composta por quatro caminhões, chega à cidade nesta quarta-feira. Os veículos carregam todo o material de apoio e vão rodar aproximadamente 12 mil quilômetros pelo Brasil até a grande final.

Fonte: Scania

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

Escreva um comentário