Renault fornecerá mais 301 unidades do Kangoo Express aos Correios




A Renault do Brasil acaba de vencer mais uma licitação da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT) e, em breve, a frota dos Correios contará com mais 301 unidades do Kangoo Express. Esta é a segunda grande compra de Kangoo Express realizada pelos EBCT. No início deste ano, a Renault entregou 1.271 unidades do furgão, que já estão sendo utilizadas em 37 municípios de 26 estados e no Distrito Federal.

A produção destas unidades especialmente preparadas para aos Correios ocorrerá até o fim deste mês de setembro, sendo, em seguida, vistoriados por uma equipe da estatal para depois seguirem para as regionais da empresa.

Os veículos a serem usados pelos Correios já serão entregues pintados na fábrica no tradicional amarelo usado pela companhia e contam com porta lateral corrediça. Todos são equipados com o motor 1.6 16V Hi-Flex, que desenvolve potência de 98,3 cv (etanol) e 95 cv (gasolina), sempre a 5.000 rpm. O torque máximo é de 15,3 kgfm (etanol) e de 15,1 kgfm (gasolina), a 3.750 rpm.

As 301 unidades vendidas à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT) contam com ar quente, regulagem elétrica dos faróis com comando interno, terceira luz de freio, retrovisores externos com dupla visão, protetor de cárter e Pack Conforto (ar-condicionado, direção hidráulica, travas e vidros elétricos)

Excelente desempenho

As vendas para as grandes frotas e para os pequenos e médios negócios refletem o crescimento comercial da linha de comerciais leves da Renault. O Kangoo Express registra recordes mensais de vendas e no acumulado de vendas deste ano (janeiro – agosto), registra a comercialização de mais de 3.300 unidades, um aumento de 56% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto o seu segmento caiu 18,5%.

A participação do Renault Kangoo Express em seu segmento atingiu 12,4% no semestre e deve crescer ainda mais até o final do ano. De todos os concorrentes foi o único furgão leve que apresentou crescimento no mercado.

Fonte: Renault





Deixe sua opinião sobre o assunto!