José Antonio Martins recebe dois prêmios do setor de transportes




José Antonio Fernandes Martins, presidente da Fabus (Associação Nacional dos Fabricantes de Ônibus); do Simefre (Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários) e vice-presidente da Fiergs e da Fiesp, acaba de receber duas importantes homenagens. Foi distinguido pela ABRATI (Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros) e recebeu o prêmio Pioneiro dos Transportes, da OTM Editora, no evento de eleição das Maiores e Melhores empresas do Transporte 2012.

Martins foi premiado pela atuação e participação ao longo de muitos anos no setor de transportes, que possibilitaram que o segmento se transformasse em um dos mais importantes da indústria e da economia brasileiras. Em defesa da evolução e da melhoria do transporte coletivo de passageiros, à frente de relevantes entidades e organizações nacionais, trabalhou na busca pelos objetivos e por soluções para os problemas que afetam o segmento no País. As premiações ocorrerem em momento considerado importante e pródigo para o setor brasileiro de ônibus, com perspectiva de crescimento e de ampliação.

Indicado pela presidente Dilma Rousseff, junto com outros executivos, para ajudar a moldar o pacote de estímulo à indústria lançado neste ano, José Antonio Martins participou da criação das medidas do governo federal de desoneração da folha de pagamento e de redução de juros para aporte em inovação, o que permitiu que o setor automotivo e de transporte tivesse um ano de desempenho positivo.

Graduado em engenharia mecânica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Martins é vice-presidente de Relações Institucionais da Marcopolo S/A. Além do Simefre e da Fabus, atualmente também preside a Associação do Aço do Rio Grande do Sul (AARS). É vice-presidente da FIESP – Federação das Indústrias do Estado de São Paulo e FIERGS – Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul. É ainda membro do Conselho Superior de Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e do IEDI – Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial.

Fonte: Divulgação