Noma é homenageada por apoiar projeto de preservação de Tartarugas da Amazônia

ecovale em rondonia 2




Em 14 anos de ações voluntárias, mais de 4,2 milhões de tartarugas da amazônia foram tratadas e soltas nos rios do Vale do Guaporé, em Rondônia. Os resultados do trabalho de sustentabilidade realizado por Zeca Lula, quilombola, nascido na região e fundador da Ecovale, foram reconhecidos pelo prêmio “Top Quality” de excelência na gestão de entidades, promovido pelo Institute Unique Quality International.

Zeca Lula recebeu o prêmio em cerimônia realizada em São Paulo, nesta terça-feira (11), ao lado de Marcelo Noma, diretor-superintendente da Noma e do professor Claudio Ferdinandi, diretor-presidente da Cesumar – Centro Universitário de Maringá, as duas empresas que patrocinam o projeto.

A ideia de preservar as tartarugas da amazônia surgiu há quase 15 anos quando havia um risco real de extinção da espécie devido a cultura local de consumo de ovos e carne do quelônio com fins místicos, nunca comprovado pela ciência, de que o homem conseguiria melhor desempenho sexual. Esta lenda, alimentada por muitos na região, ainda é uma constante ameaça à espécie. Segundo Zeca Lula, a Ecovale monitora cerca 129 km de rios em Rondônia e na vizinha Amazônia boliviana, além de realizar um trabalho de conscientização e apoio logístico junto às comunidades ribeirinhas.

“Estamos em uma área de difícil acesso e carente de estrutura de fiscalização e precisamos de mais apoio para ampliar nosso trabalho. Este prêmio é um importante reconhecimento de que estamos no caminho certo e espero que ele possa contribuir para que mais empresas apoiem as tartarugas da amazônia”, revela o quilombola.

Para Marcelo Noma, patrocinar uma importante ação de meio ambiente, em um lugar remoto do Brasil é uma experiência gratificante, que entra em sintonia com a filosofia verde da empresa, reconhecida por lançar conceitos de sustentabilidade impressos e sua linha Fênix de implementos rodoviários, lançada há um ano pela fabricante paranaense. “A preservação ambiental em nossos projetos e desenvolvimentos tecnológicos sempre foi uma bandeira forte da Noma. Apoiar ações especiais como o da Ecovale é algo muito importante e deve ser encarado com seriedade pelas empresas no Brasil”, comenta o executivo.

Exposição

Neste domingo (16) o projeto Ecovale receberá a presença de autoridades do governo boliviano, uma equipe de televisão da Alemanha e a brasileira TV Record que visitarão a região para produzirem um documentário sobre as tartarugas da amazônia. As ações realizadas em Rondônia são semelhantes ao trabalho feito pelas equipes do Tamar, renomado projeto de preservação das tartarugas marinhas do Brasil.

Fonte: Noma





Deixe sua opinião sobre o assunto!