‘Estrada para a Saúde’, programa da CCR AutoBAn, distribui brindes e dá dicas de saúde para as caminhoneiras‏

Sandra2

Balanço do ano de 2012 do ‘Estrada para a Saúde’, da concessionária CCR AutoBAn, revela que atualmente há 326 mulheres cadastradas no programa: 71 delas são caminhoneiras e 255 são esposas e filhas de caminhoneiros que acompanham os motoristas nas viagens pelo Brasil afora, todas com acesso aos serviços gratuitos oferecidos no km 56 da Rodovia dos Bandeirantes. E, para celebrar o 8 de Março, a partir desta sexta serão distribuídos kits com toalhinhas de mão e sabonetes às mulheres que passarem pelo Estrada para a Saúde, além de folhetos com dicas de beleza e saúde.

Mais mulheres na estrada

“Não há nada de diferente ou estranho em uma mulher que faz trabalho pesado. Isso já é comum desde a 2ª Guerra Mundial, quando as mulheres assumiram as funções dos maridos, que lutavam longe de casa”, diz Sandra Buzoli. E diz com propriedade: aos 52 anos, essa descendente de alemães é caminhoneira há cinco, dirigindo um caminhão-tanque de 57 toneladas, carregado de combustível da Petrobras.

Sandra simboliza uma categoria ainda pequena, mas em ascensão: a de mulheres que são caminhoneiras profissionais. Ela é a única mulher na transportadora TransBrotense, onde trabalha há quase três anos, mas diz que as portas estão abertas para a ala feminina. “As mulheres ainda não se interessam muito pela profissão, mas elas são perfeitamente capazes”, diz. “Já foi o tempo em que lugar de mulher era na cozinha”.

Casada com um caminhoneiro – que deu a ela as primeiras dicas para atuar na área – Sandra conta que os esperou os três filhos crescerem para assumir o volante. E é no Estrada para a Saúde que ela aproveita para se cuidar. “Desde que comecei a trabalhar com caminhão passo por lá. Depois da primeira vez nunca mais parei”, conta. “As meninas do Estrada são ótimas, me chamam pelo nome. É a oportunidade que a gente tem para dar uma pausa e se cuidar”.

Fonte: Divulgação