Ituran patrocina filme “Sobrevivi ao Holocausto”

sobrevivi ao holocausto

Presente em 4 países, a Ituran é uma multinacional que não esquece de suas origens. A poucos meses de completar 20 anos no mercado, a empresa pode partilhar de seus avanços em monitoramento veicular, de sua matriz, em Israel, para o mundo.

Definido como um “Estado Judeu e Democrático”, Israel é o país com a maior concentração judia do planeta. É nesse contexto que a Ituran, orgulhosa de suas raízes, decidiu patrocinar o filme “Sobrevivi ao Holocausto”.

A história, baseada em fatos reais, tem como protagonista o judeu polonês residente no Brasil, Julio Gartner, que aos seus 89 anos conta pessoalmente a sua trajetória como sobrevivente ao maior crime já cometido pela humanidade.

Durante mais de três semanas, a equipe do filme percorreu os locais onde tudo aconteceu, passando por antigos campos de concentração, dormitórios de judeus escravizados, pontos históricos e, finalmente, lugares que serviram como uma nova chance para o sobrevivente.

LEIA MAIS  Caminhão é flagrado com quase o dobro do peso máximo permitido em Garanhuns-PE

Ao longo do percurso, Julio Gartner, sempre acompanhado pela jovem Marina Kagan, que estabelece o encontro do passado com o presente, relata sua experiência durante a 2ª Guerra Mundial, trazendo à tona uma história de terror e esperança que merece ser contada a todos.

LEIA MAIS  Mais de 9.800 crianças e adolescentes indenizados pelo DPVAT este ano

“Sobrevivi ao Holocausto” é uma produção brasileira da Abaporu e PitCult e tem a Ituran como patrocinadora. As gravações ocorreram em mais de 15 cidades da Polônia, Áustria, Itália, França e Brasil.

O trailer do filme

Fonte: Ituran




Um comentário em “Ituran patrocina filme “Sobrevivi ao Holocausto”

  • 02/06/2013 em 11:23
    Permalink

    o mundo não pode esquecer dessa tragedia e de outras que aconteceram antes e depois,na africa por exemplo,tem crianças sendo assassinadas pela fome neste exato momento.façam filmes lá tambem,quem sabe essa situação mude e algumas vidas sejam salvas e alguns dos criminosos sejam presos,como até hoje são os responsáveis pelo holocausto.

Fechado para comentários.