Por menos impostos, Fiat Industrial muda domicílio fiscal

iveco-stralis-hi-way 3




A montadora de caminhões e tratores Fiat industrial quer mudar seu domicílio fiscal da Itália para o Reino Unido, após a fusão com a CNH, segundo apresentação a reguladores dos Estados Unidos, com o objetivo de reduzir pagamento de impostos.

A Fiat Industrial pagou 536 milhões de euros (689 milhões de dólares) em impostos no ano passado, com taxa efetiva de 36 por cento, de acordo com as suas contas financeiras, além de um pagamento de 28 milhões de euros para um imposto regional, sobre um lucro líquido de 921 milhões de euros.

O Reino Unido tem reduzido acentuadamente a sua taxa de imposto corporativo nos últimos anos, passando de 30 por cento, em 2007, para 20 por cento em 2015.

Além disso, o país relaxou suas regras fiscais para “empresas estrangeiras controladas” desde o início de 2012, para motivar empresas a terem sedes na região. Segundo as novas regras, as empresas só são tributadas sobre os lucros gerados na Grã-Bretanha, e não sobre os lucros gerados no exterior.

Ao mesmo tempo, o governo britânico tem criticado empresas globais que fazem bilhões de libras de vendas no país, mas pagam poucos impostos porque se baseiam em outro lugar.

A Fiat industrial planeja uma fusão com a CNH e, em seguida, uni-las em um novo grupo chamado provisoriamente de FI CBM Holdings NV, que será listada na bolsa de Nova York. O grupo apresentou um prospecto preliminar em 14 de maio, e espera que a fusão e a listagem sejam concluídas no terceiro trimestre.

Fonte: Exame

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL





Seu e-mail (obrigatório)






Deixe sua opinião sobre o assunto!