Vendas da Scania crescem mais de 100%

scania g480

As montadoras de caminhões pesados produziram de janeiro a abril deste ano a soma de 20.803 unidades do gênero e realizaram vendas de 17.098 unidades, aponta a Carta da Anfavea de Maio divulgada nesta terça-feira, 07 – boletim mensal que traz o quadro estatístico do setor automotivo de abril e do 1º quadrimestre.

Esse segmento de produto correspondeu a 33,72% de toda a produção de caminhões no Brasil no período, que foi de 61.694 unidades.

Em termos de produção a indústria ampliou a manufatura dessa linha de produtos em 43,7% comparativamente ao primeiro quadrimestre do ano passado, sendo incremento de 52% ante o mês de abril de 2012 e de 5,3% sobre março deste ano.

No quem é quem dos pesados os números mostram a Scania nadando de braçada: vendas totais de 5.937 pesados no ano, número que reflete alta de 105,1% sobre os 2.894 pesados vendidos nos primeiros quatro meses do ano passado.

Comparando abril de 2013, quando vendeu 1.643 caminhões pesados, contra abril de 2012, quando vendeu 654, o salto é ainda maior: de 151,2%. Queda mesmo apenas ante março deste ano, de 10,4%.

Os números de desempenho da Volvo também são invejáveis e perdem apenas aos apresentados pela Scania. A Volvo licenciou neste ano 4.416 pesados, número 42,3% superior aos 3.104 licenciados entre janeiro e abril de 2012.

LEIA MAIS  Transportadores compram mais de 40 caminhões por hora no Brasil

Abril/13 contra Abril/12 a evolução referenda salto de 130,6%. No mês passado a marca vendeu 1.441 unidades, número que comparado a março deste ano também reflete expansão, dessa vez de 31,7%.

Ao lado de Scania e Volvo, a International foi a única do segmento com dados positivos: ampliou vendas em 44,3% no primeiro quadrimestre, em 138,1% na base de 12 meses (abril contra abril) e assistiu os licenciamentos darem salto de 85,2% em abril ante março deste ano.

A Mercedes-Benz apurou vendas de 3.287 unidades no 1º quadrimestre (-13,6% menos que no 1Q2012), os licenciamentos da MAN cederam 1,5% na mesma base de comparação, para 1.828 pesados vendidos e a Iveco viu suas vendas cederem 9,2% para 1.201 pesados.

O grande revés foi registrado pela Ford. A empresa obteve vendas 37,1% menores no 1º quadrimestre de 2013, para 232 pesados licenciados.

Nos semipesados, Scania expande vendas em 93,2%

Das 61.694 unidades de caminhões produzidas pelas montadoras do setor entre janeiro e abril deste ano, 39,14% foram de caminhões semipesados. Foram 24.144 unidades produzidas no período, número que representa expansão de 36,6% ante as 17.717 unidades registradas entre janeiro e abril do ano passado.

Só em abril a produção somou 6.923 unidades, um montante 42% superior a abril de 2012 e 7,6% maior que março deste ano.

LEIA MAIS  Volvo e Dicave inauguram nova concessionária de caminhões e ônibus em Santa Catarina

As vendas apuradas pela Anfavea foram de 14.921 unidades no 1º quadrimestre, referendando um recuo de 10,4% sobre o 1º quadrimestre de 2012, em que pese aumentos de 4,6% e 10,8% ante abril de 2012 e março de 2013, respectivamente.

A MAN, com 5.301 caminhões semipesados comercializados (-10,7% menos que no 1Q2012), Mercedes-Benz, com 3.555 vendas (-22,1% menos) e Ford, com 3.283 unidades vendidas (+0,7% mais) lideram o segmento no ano.

A Volvo, quarta maior deste segmento, comercializou 1.531 unidades no período, apresentando baixa de 3,3% nas vendas e a Iveco, a quinta maior, vendeu 838 unidades, número que reflete recuo de 23,6% sobre a mesma base de comparação.

O grande destaque aqui recai sobre a Scania, cujas vendas cresceram 93,2% no período, saltando de 191 caminhões semipesados vendidos entre janeiro e abril de 2012 para 369 entre janeiro e abril deste ano. Comparativamente a abril do ano passado, a empresa ampliou suas vendas em 62,5% e atingiu a maior margem de crescimento entre abril e março deste ano: +25,3%.

Vale uma menção à International, em que pese o baixo volume. A empresa vendeu 36,8% mais. Saiu de 19 unidades licenciadas no 1Q2012 para 26 no 1Q2013.

Fonte: Transportepress




Um comentário em “Vendas da Scania crescem mais de 100%

  • 16/05/2013 em 21:20
    Permalink

    Não é para menos que a Mercedes esteja ficando para trás. isso que são bem mais baratos que Scania e Volvo. Enquanto os modelos mais vendidos de Scania (440 e 480) e Volvo (460 e 540) tem motores de 13 litros e econômicos, a Mercedes tem um V6 de 12 litros com 456cv e um V8 (reportagem a seguir)16 litros com 551cv. Será que bebem pouco?
    Outro detalhe, nem a própria Mercedes recebe caminhões deles seminovos, que possuem preços absurdamente baixos.

Fechado para comentários.