Volvo abandona ônibus urbanos diesel convencionais

Volvo_7900_Hybrid_Articulated

A Volvo Buses vai abandonar a produção de ônibus diesel convencionais de tipo urbano com piso baixo e concentrar-se em ônibus híbridos, híbridos ‘plug-in’ e elétricos, revelou o atual presidente da unidade de negócio de veículos pesados de passageiros, Hakan Karlsson, durante a apresentação da novação de ônibus Euro 6. A estratégia de longo prazo da Volvo Buses para o mercado europeu passa pela eletromobilidade com a disponibilização de soluções aos transportadores que desejam operar sem emissões e ruído, como por exemplo, em zonas urbanas mais sensíveis do ponto de vista ambiental. A partir de 2014, todos os ônibus urbanos com piso baixo vendidos na Europa serão híbridos e completos.

A marca sueca introduziu o primeiro modelo com esta tecnologia há cerca de quatro anos – Volvo 7900 Hybrid – que tem vindo a ser desenvolvido continuamente para reduzir ainda mais o consumo e as emissões. Em comparação com um ônibus diesel convencional, o consumo de combustível e as emissões de dióxido de carbono do Volvo 7900 Hybrid são inferiores em 39%. Com a disponibilização do novo motor Euro 6, de cinco litros, a diminuição passará para 45%, enquanto as emissões de óxido de nitrogênio e partículas baixará até 87% e 50%, respetivamente, em comparação com os Euro 5.

LEIA MAIS  Mulheres se destacam na operação de carregadeiras Volvo da Moviport, na Argentina

Num evento realizado em Boras, na Suécia, onde a Volvo Buses produz chassis de ônibus, a marca sueca apresentou a versão articulada do Volvo 7900 Hybrid, que apresenta uma lotação para 154 passageiros. A nova variante oferece uma combinação de elevada capacidade com baixo nível de consumo de combustível, emissões de gases e ruído. Outra novidade revelada pela marca foi a versão Volvo 7900 Hybrid ‘Plug-In’, que permite o carregamento das baterias através da rede elétrica nos terminais dos ônibus. A operação realiza-se por via aérea através de pantógrafo, podendo demorar entre cinco a seis minutos numa infraestrutura concebida para o efeito e permite a circulação durante um período de tempo mais longo em modo puramente elétrico.

Segundo a Volvo, o consumo de energia diminui até 60% e as emissões de dióxido de carbono até 80%. O Volvo 7900 Hybrid ‘Plug-In’ vai ser testado em condições reais de operação na cidade de Gotemburgo durante dois anos. A produção em série está prevista para 2015. A Volvo também está a desenvolver uma versão totalmente elétrica do seu ônibus urbano que deverá ser revelada dentro de um ou dois anos.

LEIA MAIS  Transportadores compram mais de 40 caminhões por hora no Brasil

A Volvo está igualmente a trabalhar numa versão híbrida do modelo 8900 Hybrid Low Entry, que em alguns mercados se destina apenas a aplicações suburbanas ou interurbanas. Esse modelo será proposto como ônibus completo, estando ainda a ser estudada a possibilidade de ser disponibilizado numa variante em chassis para os mercados do sul da Europa.

Fonte: Transportes em Revista