Contran vai multar caminhões de carga sem lonas ou telas em R$ 127

caçambas_home




Risco nas estradas brasileiras: muitos caminhões viajam com a carga aberta, sem proteção nenhuma. A partir do dia 30, essa infração vai ser punida com multa.

Pedras de brita caem da carroceria de um caminhão na estrada. Outros motoristas também rodam com a carga desprotegida. Pneus presos apenas por cordas, terra, cimento, blocos. Val mostra as consequências no parabrisa do carro. “Pedras da estrada. tem três pontos já quebrados, a gente põe aquele adesivo até uma hora poder parar e trocar o parabrisa. E troca e depois quebra de novo”, diz Val de Almeida.

Leandro transporta telhas e cimento. Admite que raramente cobre os materiais. “Facilita, você vai chegar lá, vai ter que mexer com isso de novo, não vai ter necessidade, não vai chover”, declara Leandro Custódio de Jesus.

Para as rodovias, a falta de cuidado custa caro. “No sacudir do caminhão e o próprio vento da turbulência da viagem, essa brita cai na estrada ela também prejudica o pavimento e a sinalização”, diz Osias Baptista, especialista em transporte.

Os caminhoneiros são obrigados a proteger a carga com lonas ou telas, mas o código de trânsito brasileiro não especificava qual era a multa em caso de descumprimento. Agora, a resolução do Contran estabelece a punição.

A multa grave será de R$ 127. A medida vale para grãos, materiais de construção, entulho e até legumes e frutas. “Aquele motorista que estiver sem a lona ao transportar qualquer produto sólido a granel ele vai ser tipificado, ou seja, vai ser autuado na falta de equipamento obrigatório ou no equipamento obrigatório estando deficiente”, alerta Aristides Junior, inspetor da PRF.

Pela nova regra, os policiais vão poder multar caminhões que estiverem trafegando com a carga exposta. Não será obrigatório abordar o motorista, basta anotar a placa, e o dono do veículo vai receber a notificação.

Fonte: Bom Dia Brasil




5 comentários em “Contran vai multar caminhões de carga sem lonas ou telas em R$ 127

  • 15/06/2013 em 16:23
    Permalink

    Boa tarde a todos! Vou comentar por mim,transporto cimento na região metropolitana do Rio-RJ, e realmente dá canseira ficar lonando e deslonando a carga toda hora, é claro que estou falando das entregas fracionadas, mas por experiência própria, no caso do cimento uma lona em cima já ajuda muito a diminuir o gasto do frete em caso de queda de sacos, que obviamente chegará faltando no cliente e teremos que pagar do nosso bolso, sem contar o perigo de se cair em cima de alguém ou de outro veículo, aumentando ainda mais o prejuízo. O negócio é que como lemos na matéria, não estava tipificado o pagamento de multa no nosso CTB, agora vai ser pica! É melhor perder um tempo a mais e cobrir a carga direito a cada saída para nos resguardar e também os demais usuários das vias. Valeu um abração a todos!!!

  • 13/06/2013 em 19:52
    Permalink

    o que mais acontece a fiscalizaçao nao ve, sao muitas caçambas com tampa trazeira vazando material, ai pensam que caiu de cima . ai nao adianta lona.

  • 13/06/2013 em 16:38
    Permalink

    andar sem lona isso sim e coisa de animal

  • 13/06/2013 em 15:28
    Permalink

    meu kmarada, só quebra para-brisas do animal que anda colado, enquanto existir capim os burros não acabam nunca. Porque o deficiente não respeita a regra básica de MANTER DISTANCIA DE SEGURANÇA DO VEICULO QUE ESTA A SUA FRENTE??? Só lona ou tela não vai resolver o problema, mas vai nos ajudar a garantir que não foi do nosso veiculo que caio aquela pedra ou qualquer outra coisa. Vamu mete lona pessoal, ai sim dexa esse rebanha de merda de para-brisas todo quebrado. KKKKKK. Adorei

  • 13/06/2013 em 11:09
    Permalink

    Esse tipo de transporte e mas comum encontrar caminhões nestas condicões, em perimetro urbano, e anel viário onde não há fiscalização de agentes, mas somente eletrõnica.

Fechado para comentários.