Filtros saturados podem provocar a perda de potência do caminhão

wix




Ter um caminhão com a manutenção em dia é essencial para o transportador ou autônomo. Além de ser fundamental para garantir a segurança nas estradas, manter o caminhão em perfeitas condições é uma condição para que seja cumprido o prazo de entrega estipulado. “Caso o veículo quebre inesperadamente ao transportar carga perecível, o prejuízo será enorme para o caminhoneiro, pois não poderá trabalhar por alguns dias. Então, a prevenção é o melhor caminho”, afirma Jair Silva, supervisor de serviços da Wix. Segundo Silva, fazer a manutenção do veículo antes que ele apresente algum problema é garantia de segurança, conforto e economia.

Para evitar surpresas desagradáveis, o supervisor de serviços recomenda a inspeção de alguns componentes antes de pegar a estrada, como verificar o nível de óleo, se não há vazamentos, pneus, faróis, filtros, entre outros. “O motorista deve ficar atento aos sinais de desgaste das peças. O filtro de ar, por exemplo, dá sinal de saturação como perda de rendimento do veículo, aumento do consumo de combustível e da emissão de poluentes”, comenta. Silva afirma que estes são os três indicadores que revelam que já passou da hora de realizar a manutenção do filtro de ar e de combustível. Os veículos mais modernos contam com um sinalizador no painel que indica o momento da troca. “Um dos principais indícios no momento de substituir o filtro de combustível é a perda de potência”, enfatiza.

A vida útil dos filtros varia de acordo com o local que o caminhão opera. Caminhões que trafegam fora de estrada ou em estradas mais precárias devem substituir os componentes antes do que os que circulam em grandes centros urbanos. “O ideal é seguir as recomendações contidas no manual do proprietário, pois estão todas a informações sobre o veículo. Então, basta verificar qual o período da troca do filtro de ar e de combustível em função da operação que exerce”, explica o supervisor de serviços. “Seguindo esses cuidados, o caminhoneiro vai preservar a vida útil do motor”, conclui.

Fonte: Divulgação