International Caminhões passa a produzir veículos em planta própria na cidade de Canoas

1009147_10200802177731078_1689634395_o




Como uma espécie de renovação na aposta sobre o mercado brasileiro, a International Caminhões abriu ontem uma fábrica própria em Canoas para a produção de seus veículos pesados. O complexo, de 12 mil metros quadrados de área construída, foi instalado junto à já existente planta de motores MWM e a um centro de distribuição de peças da Navistar – grupo proprietário das marcas. Com o aproveitamento do espaço, o custo da montagem do local foi baixo e ficou pronto em tempo recorde: oito meses. “Agora estamos em casa própria, não precisamos mais pagar aluguel”, brincou Waldey Sanchez, presidente e CEO do Grupo de Operações da Navistar South America. A International, ultimamente, alugava espaço na Agrale, de Caxias do Sul, para a montagem de seus caminhões.

A companhia decidiu investir no ramo de caminhões no País pela primeira vez em 1998, em parceria também com a Agrale. Uma crise em 2002, no entanto, prejudicou o negócio. Mais tarde, em 2010, a tentativa foi através de uma joint venture com a Caterpillar. Apesar dos problemas, mais de 10 mil caminhões foram exportados a partir de Caxias do Sul.

Agora, após as adversidades que prejudicaram o setor de caminhões, como a retração de 40% da indústria e a adaptação da frota para a tecnologia Euro 5, além das incertezas sobre as exigências do programa do governo Inovar-Auto, a empresa readaptou seus projetos e lançou novo plano de investimento. Nos últimos três anos, mais de R$ 400 milhões foram investidos pela Navistar no Brasil, sendo 25% deste total destinado ao mercado de caminhões.

Governador Tarso Genro participa da cerimônia de inauguração da nova unidade industrial International Caminhões
Governador Tarso Genro participa da cerimônia de inauguração da nova unidade industrial International Caminhões

“Como utilizamos uma planta já existente e trouxemos o que já estava instalado em Caxias do Sul para Canoas, os custos foram minimizados. Uma planta desta, construída do zero, não sairia por menos de US$ 100 milhões”, disse Sanchez, sem especificar o valor utilizado no local. A International fabricará dois tipos de caminhões em Canoas, e terá uma capacidade de produção de 5 mil caminhões por ano em três turnos de trabalho. A fábrica ganha, também, uma nova cabine de pintura, um dinamômetro e um equipamento para testes de freios ABS.

Eric Tech, presidente da Navistar na Divisão Global de Caminhões e Motores, revelou que a companhia está em um momento de “retomada”, citando os desafios enfrentados também nos EUA. “Esta nova planta inclui toda a tecnologia de nossa unidade americana e muita criatividade local. O Brasil contribui para o sucesso da Navistar”, comentou, acrescentando que “hoje a empresa está cinco vezes maior do que quando iniciou no País”. O presidente da International Caminhões no Brasil, Guilherme Ebeling, acrescenta que a planta ainda está preparada para mais duas ampliações de capacidade. Em 2012, foram vendidos 521 caminhões e, em 2011, 384 unidades em solo brasileiro. “A expectativa é fechar o ano com um crescimento de 35%”, revelou Ebeling.

Serão produzidos em Canoas o pesado 9800i — nas versões 6×2 e 6×4 com câmbio manual e automatizado — e o semipesado DuraStar — nas configurações 4×2, 6×2 e 6×4. Os dois modelos e suas variações têm mais de 65% de índice de nacionalização e atendem à política de financiamento estabelecida pelo Finame e ao programa do governo Inovar-Auto. A equipe de engenharia da empresa fez 260 modificações no 9800i, incluindo a instalação do câmbio automatizado, conhecido como Ultrashift.

Fonte: Jornal do Comércio





3 comentários em “International Caminhões passa a produzir veículos em planta própria na cidade de Canoas

  • 04/10/2013 em 20:28
    Permalink

    se o internatonal lançase no brasil o modelo igual o programa caminhoniro do gelo os volvo escania iveco mercedes estariam chorando ia ter vila para comprar ele e lindo quer na tv ou np pc e so procurar no history

    Resposta
  • 24/07/2013 em 09:09
    Permalink

    Esse caminhão deve ter muito espaço por dentro…. Eu mesmo ando em caminhões novos que são umas caixas de fósforo……………….

    Resposta
  • 17/07/2013 em 13:48
    Permalink

    to doido pra vê o caminhão CATERPILLAR rodando aqui no brazuca

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!