Redução de consumo com Euro V é real

Volvo FH Euro 5 - Ocean Race Limited Edition - Brasil 2012 (8)




Apesar da descrença de muitos frotistas, existe sim uma economia de 8% a 10% no consumo de diesel nos motores Euro V. Quem garante isso é o engenheiro mecânico da Cummins, Anderson Giosia. Em seminário da ComJovem realizado quinta-feira (6) em Londrina, ele ouviu a queixa comum entre os transportadores de que essa economia não se verifica na prática. “Fizemos vários testes e todos apontam uma redução desta ordem no gasto de combustível”, afirma.

De acordo com ele, para que a comparação entre motores Euro III e Euro V seja fidedigna, é preciso observar as mesmas condições. “Se o frotista pegar o mesmo motorista, na mesma estrada, com a mesma carga, ou seja, se a comparação for feita em condições iguais, ele vai perceber a diferença”, garante.

Questionado sobre a despesa acional com o Arla 32, ele diz que, no atual momento, os custos entre as duas motorizações empatam. Mas que haverá uma economia de 2% com o Euro V quando o Arla estiver com o mesmo preço do óleo diesel. De acordo com ele, o litro da ureia líquida hoje sai em média a R$ 3 contra R$ 2,20 do combustível. “Quando os dois preços forem iguais, a redução de 8% a 10% no consumo do diesel será suficiente para proporcionar uma economia de 2% ao transportador”, afirma.

Para o engenheiro, isso não vai demorar muito a acontecer. “No ano passado, o Arla chegou a custar R$ 6. Então, já houve uma redução importante”, salienta. Segundo ele, quem compra a ureia em galões de mil litros já consegue pagar um preço igual ao do diesel.

Giosia diz que o consumo do Arla 32 na motorização Euro V vai de 5% a 8% do gasto com diesel. “Depende das condições. Na área urbana o consumo de Arla é maior”, explica.

Fonte: Revista Carga Pesada