Brasil precisa de mais fábricas de pneus

Brasil precisa de mais fábricas de pneus




Segundo a Anip (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos), as fabricantes brasileiras de pneus não estão conseguindo acompanhar o crescimento da indústria nacional de veículos, que foi de 17% nos quatro primeiros meses deste ano, enquanto a produção de pneus em geral cresceu 4%. Quase 52% dos pneus fabricados no Brasil são para caminhões, ônibus, tratores, aviões e motocicletas. O restante é para automóveis de passeios.

Com isso, aumenta a importação de pneus de países asiáticos. Só nos primeiros quatro meses deste ano foram importados 9,7 milhões de pneus, representando um aumento de 25,5% quando comparado com as 7,7 milhões de unidades importadas no mesmo período do ano passado.

O presidente da Anip, Alberto Mayer, divulgou nota à imprensa na qual argumenta que a indústria nacional tem perdido mercado para os fabricantes asiáticos que entram no Brasil de forma irregular ou oferecem produtos de baixa qualidade que não são inspecionados pelo Inmetro. “Os pneus asiáticos não enfrentam o Custo Brasil e ainda deixam de cumprir as exigências ambientais de recolhimento para destinação correta dos inservíveis”, diz.

O problema disso é que a indústria brasileira de pneus não está criando empregos e, por parte do governo, pouco tem sido feito para que, em vez de incentivar a importação, deveria incentivar a vinda de novos fabricantes para tornar o mercado brasileiro mais produtivo, competitivo e não deixar o consumidor brasileiro nas mãos de poucas marcas ou de importadores sem compromissos com o país, apenas com o lucro fácil.

No segmento de caminhões, muitos transportadores, por falta de recursos, acabam comprando o pneu importado mais barato sem medir as consequências que podem ser mais insegurança nas estradas, aumento do consumo de combustível e menor vida útil do pneu, o que ocasiona também danos ao meio ambiente. Com mais fabricantes no Brasil, o concorrência aumentaria e o preço do pneu reduziria.

Fonte: Transporte Mundial
Matéria enviada por Juliano Costa





Deixe sua opinião sobre o assunto!