Foton Aumark do Brasil e o Governo do Rio Grande do Sul assinam protocolo para construção da fábrica em Guaíba

por Blog do Caminhoneiro

Foton AumarkA Foton Aumark do Brasil, representante no País para caminhões leves, médios e pesados da fabricante chinesa Beiqi Foton Motor Co. Ltd., assinou com o governo do Rio Grande do Sul Protocolo de Intenções para a construção de sua fábrica de caminhões no município de Guaíba, na região da Grande Porto Alegre.

O documento foi assinado ontem (13 de agosto) em solenidade no Palácio Piratini, sede do Governo Gaúcho, pelo presidente da Foton Aumark do Brasil, Luiz Carlos Mendonça de Barros e o governador do Estado do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.

“Estamos seguros da decisão que tomamos. O Estado do Rio Grande do Sul possui vocação para o setor automotivo e a conclusão das negociações com o governador Tarso Genro e com sua equipe me dá a certeza de que esse investimento trará muitos benefícios para o Estado e para o Brasil. Posso assegurar que muito ainda está por vir a partir desse empreendimento”, afirma Mendonça de Barros.

As obras para construção da fábrica terão início ainda neste ano e a previsão é que o primeiro caminhão brasileiro da marca deixe a linha de montagem em Guaíba no início de 2016. Até lá, a empresa continuará importando da matriz chinesa em Beijing, os modelos de 3,5 até 10 toneladas de PBT. Neste período, a Foton Aumark do Brasil continuará o processo de expansão de sua Rede de Concessionárias para os caminhões da marca.

Com investimentos iniciais dimensionados em 250 milhões de reais, a fábrica ocupará um terreno de um milhão e quinhentos mil metros quadrados, dos quais um terço da área serão reservados para a instalação de fornecedores no “site”. Com capacidade instalada de 21 mil caminhões por ano em um turno, a fábrica montará veículos de 3,5 até 24 toneladas, com gradativa expansão de “line up”. Os veículos possuem cronograma de nacionalização definido e inicialmente a produção deverá ocorrer com 15% de conteúdo local, crescendo até atingir índice de 65%, em três anos.

De acordo com Mendonça de Barros, o processo para a instalação de uma fábrica de grande porte no Brasil exige avaliação de diversos quesitos técnicos, operacionais, logísticos e ambientais. Pelas dimensões continentais do País é natural a avaliação de diversos Estados que reúnem todas as condições favoráveis à instalação de uma fábrica do setor automotivo.

A decisão final pelo Estado do Rio Grande do Sul ocorre após longa negociação com naturais interrupções do processo. Isso fez com que a Foton Aumark do Brasil, em função da urgência em cumprir seu cronograma de instalação de fábrica no País, avançasse nas negociações com o Estado do Rio de Janeiro e anunciasse intenção de construir a fábrica no Estado fluminense. Contudo, uma dificuldade em encontrar um terreno adequado para acomodar o projeto inviabilizou a continuidade das conversas com o Rio de Janeiro e permitiu que os pontos pendentes com o Rio Grande do Sul pudessem ser resolvidos rapidamente.

“Nosso relacionamento com o Rio de Janeiro continua muito bom e será sempre positivo. Estamos satisfeitos com a conclusão das negociações com o Rio Grande do Sul. Temos um compromisso com nossa matriz, com prazo definido, para a construção de nossa fábrica no País e não podemos atrasar nosso cronograma para produzir localmente os veículos da marca”, afirma Orlando Merluzzi, vice-presidente corporativo da Foton Aumark do Brasil.

A Foton na China produz caminhões “premium” com as famílias Aumark e Aumam e são esses modelos que integrarão as versões brasileiras da marca.

Fonte: Divulgação

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

Escreva um comentário