Keko conquista certificação ISO 14001

Fabrica_Keko




Após passar por auditoria da certificadora DNV de 5 a 9 de agosto, a Keko Acessórios foi recomendada para receber a certificação ISO 14001, norma internacional que define um modelo de gestão ambiental com foco no controle e na melhoria do desempenho ambiental da organização, criando um equilíbrio entre a produtividade e a redução do impacto ao meio ambiente. A certificação complementa o Sistema de Gestão da Keko, que já conta com ISO 9001, ISO/TS 16949 e certificações específicas das montadoras, como o QSB da GM, além de programas de melhoria contínua como o Kaizen. Ela reconhece que a Keko opera com práticas sustentáveis nos seus processos e produtos, e está em conformidade com as 219 legislações e normas ambientais vigentes nas esferas municipal, estadual e federal.

A conquista consolida os investimentos feitos pela líder brasileira em personalização automotiva na construção de uma nova e moderna fábrica, em Flores da Cunha (RS), que desde o início do projeto foi planejada dentro de princípios e requisitos sustentáveis. “A ISO 14001 assegura que todos os nossos processos são controlados e monitorados e nos dá a certeza de que nossos princípios, em especial o respeito ao meio ambiente como forma de garantir um futuro sustentável, estão sendo cumpridos e valorizados”, destaca Juliano Scheer Mantovani, diretor de mercado e inovação.

Mantovani também reforça que a certificação estabelece uma nova cultura organizacional com a multiplicação da consciência ambiental junto à equipe, aumenta a competitividade da empresa a partir da redução de riscos e desperdícios e aproxima ainda mais a Keko de um importante mercado – o do fornecimento de peças e acessórios na linha de montagem das montadoras. “A partir de agora estamos habilitados para fornecer para qualquer montadora do mundo”, afirma o executivo.

O próximo passo da Keko será a certificação na OHSAS 18001, que preconiza a segurança e a saúde no trabalho. As atividades para implementação da norma já foram iniciadas e a intenção é buscar a certificação até o final de 2014.

Fonte: Divulgação





Deixe sua opinião sobre o assunto!