Descontentes, caminhoneiros se mobilizam e prometem protesto no próximo dia 2 em MT

protesto_caminhoneiro_620




Entidades ligadas à defesa de melhorias nas condições de trabalho para os caminhoneiros em Mato Grosso estão mobilizando os profissionais para um protesto no próximo dia 2 nos terminais de carga de grãos no Estado. Eles pretendem cruzar os braços nessa data fazendo diversas reivindicações para a melhoria nas condições de trabalho. As principais queixas são contra as filas e as péssimas condições de trabalho nos locais de embarque e desembarque de grãos, principalmente nos terminais da ALL.

Está programada uma passeata pela cidade de Rondonópolis, em frente à sede do Ministério Público do Trabalho (MPT), a partir das 8 horas.

Um panfleto divulgado pelas entidades sinaliza que os caminhoneiros querem o fim das filas para aguardar a liberação de notas fiscais ou o pagamento do tempo de espera e estadia na troca das notas fiscais. O impresso destaca ainda, como reivindicação, que as transportadoras e embarcadoras informem a data do agendamento no da liberação na ordem de carregamento.

Os caminhoneiros cobram melhorias nas condições ambientais nos locais de carregamento de cargas em todo o Estado, principalmente na região norte, além do cumprimento do controle efetivo da jornada de trabalho e tempo de descanso do motorista.

As entidades que mobilizam a categoria lembram que as melhorias conquistadas no terminal da ALL foram resultado da mobilização realizada no início de setembro e que o protesto programado para o próximo dia 2 foi aprovado pelos próprios motoristas naquela ocasião.

Fonte: Expresso MT

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL





Seu e-mail (obrigatório)






4 comentários em “Descontentes, caminhoneiros se mobilizam e prometem protesto no próximo dia 2 em MT

  • 28/09/2013 em 21:19
    Permalink

    concordo com o protesto ,o que e triste e o seguinte ,nesta semana perdi carga de londrina para o nordeste ,por causa da greve dos correios que não consegui pegar os documentos fui a te os correios ,se justificaram da greve não os condeno,estavam todos parados ……….agora quando os caminhoneiros pararam sô levaram cacete ,as autoridades que estão no poder são os primeiros vir prontos para cobrar multas ,,,agora eu poso ser prejudicado pela greve dos correios bancos [.A TA CERTO NÃO SÃO CAMINHONEIROS ] neste pais que sô ganha quem vende petróleo ,[A E OS POLÍTICOS ]

    Resposta
  • 27/09/2013 em 14:35
    Permalink

    sou a favor da paralisação.
    Motorista tbm é gente, e quer parar de ser considerado como escravo. Jornada de trabalho controlada e devidamente remunerada.
    E quem disse que motorista não precisa de descanso e lazer? Precisamos de mais respeito. Motorista tem família, e merece uma vida de conforto, como toda pessoa deseja e consegue.

    Resposta
  • 26/09/2013 em 18:59
    Permalink

    Total apoio ao protesto! O mínimo deve ser garantido aos transportadores nos terminais, as empresas embarcadoras devem assumir a sua porção de responsabilidade no não gerenciamento.

    Já que vivemos no caos total vamos pelo menos evidenciar esse caos com os protestos.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!