Caminhão leve Accelo é a melhor solução para distribuição de carga nas cidades

Accelo_1016_(32)




Com atributos como agilidade, versatilidade e baixo custo operacional, o caminhão leve Accelo da Mercedes-Benz – nas versões 815 para 8 toneladas de PBT e 1016 para 10 toneladas – é a melhor solução para o transporte e a distribuição urbana de cargas e produtos, como também para curtas distâncias rodoviárias. Devido a suas dimensões compactas, ele é perfeito para o trânsito intenso das grandes cidades, atendendo às legislações de restrição de circulação, como a categoria VUC (Veículo Urbano de Carga) de São Paulo.

Esses diferenciais do Accelo ganham evidência na Fenatran – 19º Salão Internacional do Transporte, a maior feira do setor no Brasil e na América Latina. O evento será realizado, entre 28 de outubro e 1º de novembro, no Parque de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Em seu estande, a marca irá destacar especialmente as vantagens exclusivas que o Accelo 1016 versão 13 ton com 3º eixo proporciona aos clientes, como mais produtividade e rentabilidade.

“Com 3º eixo montado por implementadores do mercado, o Accelo 1016 foi o primeiro caminhão leve a alcançar 13.000kg de PBT”, diz Gilson Mansur, diretor de Vendas e Marketing de Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. “Essa característica exclusiva resulta em cerca de 9.000kg de carga útil mais equipamento, capacidade maior do que a oferecida até mesmo por caminhões médios 4×2 de outras montadoras. Aliado a isso, por ser um caminhão compacto com plataforma de carga baixa, fácil acesso à cabina e reduzido círculo de viragem, o Accelo 1016 proporciona mais agilidade e produtividade na distribuição urbana”.

De acordo com o executivo, o Accelo 1016 é também o único VUC que permite o transporte de 6 paletes altos de 1.250 kg para 42 caixas de bebidas cada um. “Isso significa que o cliente leva mais carga por viagem, 42 caixas a mais, aumentando em 20% a produtividade no transporte, ou seja, proporcionando mais rentabilidade para os seus negócios”.

Para o Accelo 1016 6×2 atingir o PBT de 13 toneladas é necessário que o veículo esteja equipado com o câmbio MB G-56 de 6 marchas e relação do eixo traseiro i = 4,30.

Accelo 1016 é o primeiro caminhão leve a receber freio ABS de série

Accelo_1016_(12)A mais recente novidade do Accelo 1016 foi a introdução do sistema ABS como item de série. Este recurso evita que as rodas travem durante o processo de frenagem, oferecendo maior estabilidade e dirigibilidade ao veículo em situações adversas, principalmente nos casos em que a pista esteja escorregadia.

Ao oferecer ao condutor maior controle do caminhão, o ABS auxilia na prevenção de eventuais acidentes. Isso resulta em eficiência máxima e menor espaço de frenagem, com maior segurança em qualquer condição de aderência da pista.

Outro importante benefício proporcionado pelo sistema ABS é a redução de custos de manutenção. O sistema controla individualmente a frenagem em cada roda, evitando que elas travem e que os pneus se desgastem irregularmente. Isso previne trocas precoces de pneus, minimizando os custos de manutenção.

FleetBoard é novidade do Accelo para 2014

A partir de 2014, o sistema de gestão de frota FleetBoard estará disponível para toda a linha de caminhões Mercedes-Benz, o que inclui os modelos Accelo 815 e 1016.

Esta avançada solução tecnológica da própria marca propicia redução nos custos operacionais, considerando o consumo de combustível e as manutenções. A telemática possibilita ainda diagnóstico remoto de falhas, manutenção preventiva e análise do comportamento do motorista ao volante.

Accelo permite o uso das maiores carroçarias do mercado

Na versão com distância entreeixos de 4,4 metros, o Accelo 1016 permite o uso de carroçarias com o maior comprimento do mercado: 6,6 metros (4×2) ou 8,2 metros (6×2). Além disso, o Accelo 1016, assim como o Accelo 815, com entreeixos de 3.100 mm, permitem a utilização da maior carroçaria de caminhões VUC do mercado, de 4,5 metros de comprimento, sem necessidade de qualquer retrabalho pelo implementador. Com isso, asseguram o transporte de grandes volumes e elevada capacidade de carga útil, proporcionando produtividade máxima para o transportador.

“Com cerca de 20 m³ de capacidade volumétrica de carga, o Accelo VUC transporta o equivalente a duas caminhonetes asiáticas com baú de 3 metros de comprimento”, compara Gilson. “E quando se fala em peso, a capacidade de carga útil do Accelo 1016 com 3º eixo substitui até cinco destas caminhonetes. Ou seja, o caminhão leve Mercedes-Benz faz menos viagens para a mesma quantidade de carga, reafirmando a sua alta produtividade e reduzindo os custos do cliente”.

Exclusivo trem de força é o diferencial para transportar 13 toneladas com excelente desempenho

Accelo_815_(1)A versão 6×2 do Accelo 1016 foi especialmente desenvolvida para oferecer maior capacidade de carga, sem abrir mão do excelente desempenho, força, robustez, resistência e durabilidade. Isso se deve ao exclusivo trem-de-força, a começar pelo motor OM 924 LA de 4 cilindros e 4,8 litros, com tecnologia BlueTec 5, também utilizado em caminhões semipesados, como o Atego de 17 toneladas de PBT.

O motor OM 924 LA do Accelo 1016 oferece 156 cv de potência a 2.200 rpm, com elevado torque de 610 Nm entre 1.200 e 1.600 rpm. Dessa forma, propicia acelerações mais rápidas, melhores retomadas e maior velocidade média, com agilidade necessária à operação de transporte urbano.

A versão do Accelo 1016 com PBT 13 toneladas conta com o exclusivo câmbio Mercedes-Benz G-56 de 6 marchas, que oferece melhor desempenho e robustez. De escalonamento suave e preciso, contribui para melhor dirigibilidade, aspecto essencial no tráfego intenso das cidades, com excelente desempenho também nas aplicações intermunicipais e rodoviárias.

Completam o trem-de-força do Accelo 1016 a embreagem reforçada de 362 mm, o eixo traseiro com capacidade técnica para 6,4 toneladas, com relação de redução de 4,3, e os pneus radiais de 235 mm de largura. Esse conjunto proporciona excelentes níveis de robustez e resistência para o transporte urbano de carga.

Facilidade de manobra otimiza a produtividade do motorista

Caminhão ideal para os grandes centros, o Accelo tem maior flexibilidade de utilização e atende à legislação VUC, podendo circular até mesmo em zonas de restrição, como as existentes na cidade de São Paulo.

As dimensões compactas e o reduzido círculo de viragem (o menor da categoria, até 1,2 metro menor que os concorrentes) tornam o Accelo um caminhão perfeito para o tráfego intenso das grandes cidades. Ele movimenta-se com extrema facilidade, mesmo em vias estreitas e no interior dos bairros. O elevado torque assegura rapidez nas entregas, mesmo em regiões com ladeiras acentuadas.

Accelo oferece conforto e ergonomia inegualáveis no segmento

O caminhão leve Accelo da Mercedes-Benz oferece confortos inigualáveis em sua categoria. O interior da cabina assegura excelente comodidade. Os bancos confortáveis para o motorista e os acompanhantes e a ótima ergonomia interna propiciam facilidade e praticidade à operação de transporte. A disponibilidade de ar condicionado, item opcional, amplia notavelmente o bem-estar a bordo, reduzindo o stress da atividade diária e contribuindo para maior produtividade.

O painel de instrumentos, com computador de bordo e tecla de navegação, traz melhor visualização e simplifica a operação pelo motorista. Outra vantagem muito importante é que o painel traz funções que auxiliam o condutor a operar o veículo de uma forma mais econômica. Caso, por exemplo, da indicação do consumo de combustível instantâneo do veículo, expresso em km/l.

Além dos freios a tambor (série para 815) e a disco (série para 1016 e opcional para 815), o Accelo conta com disponibilidade do exclusivo freio-motor Top Brake (série para 1016 e opcional para 815), o que oferece mais segurança, menor consumo de combustível e maior durabilidade dos componentes do sistema de freio. O freio-motor convencional é item de série para o Accelo 815.

Accelo é reconhecido pelo reduzido custo operacional

Os caminhões leves Accelo são especialmente reconhecidos pelos clientes pelo reduzido custo operacional. Com a avançada e exclusiva tecnologia BlueTec 5, eles se destacam por motores até 6% mais econômicos.

Além do menor consumo de combustível e dos baixos níveis de emissões, o motor do Accelo se destaca pelos maiores intervalos de troca de óleo. No serviço severo, por exemplo, chega a 45.000 km. Isso aumenta a disponibilidade do caminhão e, consequentemente, amplia a rentabilidade do cliente.

Accelo atende a uma ampla variedade de aplicações

Além do segmento de bebidas, a exclusiva capacidade de carga útil do Accelo 1016 com 3º eixo traz excelente produtividade ao transporte de botijões de gás e combustíveis, material de construção, grandes magazines e atacadistas, além das plataformas de autossocorro, entre outras aplicações.

Em sua configuração original 4×2, o Accelo 1016 tem PBT de 9.600 kg, assegurando uma elevada capacidade de carga útil mais equipamento de 6.200 kg. Juntamente com o Accelo 815, o “Mercedinho”, com PBT de 8.300 kg, atendem a uma ampla variedade de aplicações, como o transporte de alimentos, hortifrutigranjeiros, materiais de construção, móveis, eletrônicos, eletrodomésticos, decoração, produtos frigorificados, setor atacadista e autossocorro. Para tanto, utilizam principalmente carroçarias como baú, carga seca aberta, baú frigorificado, plataformas de autossocorro e diversos outros implementos

Os caminhões Accelo são ideais para distribuição de mercadorias e para entrega e coleta de cargas e produtos em trajetos urbanos e intermunicipais. São indicados também para curtas distâncias rodoviárias e zonas rurais.

Durabilidade dos motores na linha Accelo

O Accelo dá continuidade a uma trajetória de sucesso de mais de 40 anos dos caminhões leves Mercedes-Benz no Brasil. Desde o pioneiro 608 D de 1972 já são cerca de 200.000 unidades comercializadas no País.

Os motores que equipam o Accelo 815 e o 1016 possuem a maior durabilidade do mercado, característica reconhecida dos “Mercedinhos”. Tanto o Accelo 815, quanto o Accelo 1016, são equipados com o motor eletrônico Mercedes-Benz OM 924 LA de 4 cilindros e 156 cv de potência. O elevado torque (580 Nm no Accelo 815 e 610 Nm no Accelo 1016) assegura acelerações mais rápidas, melhores retomadas e maior velocidade média. Com mais potência e torque, oferecem melhor desempenho e maior agilidade no transporte de cargas.

Os caminhões Accelo são equipados, de série, com câmbio de 5 marchas. Já o Accelo 1016 pode receber, opcionalmente, o inédito câmbio Mercedes-Benz G-56 de 6 marchas, que se destaca por um melhor desempenho e maior robustez, sendo obrigatório na aplicação de 13.000 kg de PBT.

De escalonamento suave e preciso, o câmbio G-56 contribui para maior conforto de dirigibilidade, aspecto essencial no tráfego intenso das cidades, com excelente desempenho também nas aplicações intermunicipais e rodoviárias.

Fonte: Mercedes-Benz




2 comentários em “Caminhão leve Accelo é a melhor solução para distribuição de carga nas cidades

  • 29/10/2013 em 12:57
    Permalink

    A Mercedes faz parte do Brasil! Alta tecnologia, versatilidade, robustez…qualidade insuperável! Não troco essa estrela de três pontas por nada!

  • 29/10/2013 em 12:52
    Permalink

    Mercedes Benz! O melhor caminhão …. em todos os segmentos, para todas as atividades! Sempre tive essa estrela e não troco por nada!

Fechado para comentários.