Governo cria projeto de isenção fiscal para renovar frota de caminhões no Estado de MG

por Blog do Caminhoneiro

caminhoes antigos - minas geraisO governador Antonio Anastasia encaminhou à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta segunda-feira (21), um projeto de lei que institui um programa de incentivo à renovação da frota de caminhões no Estado. O objetivo é substituir veículos antigos por novos e garantir mais segurança nas estradas. Para isso, os proprietários de veículos registrados no para substituir os veículos registrados no Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Detran) fabricados há 30 anos ou mais terão vantagens para adquirir caminhões novos ou usados, com até dez anos de fabricação.

Se o projeto de lei for aprovado, os caminhões adquiridos por meio do programa ficarão isentos do pagamento do IPVA pelo prazo de dez anos. A isenção valerá também para a taxa de licenciamento do novo veículo no primeiro ano e para taxa de baixa no caminhão antigo. Ainda de acordo com o projeto, os caminhões antigos poderão ser entregues em postos do Detran e serão aproveitados como sucata por siderúrgicas.

Participam do programa o Governo de Minas, fabricantes de caminhões e siderúrgicas, entidades de classe e bancos.

Fonte: Jornal O Tempo

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

2 comentários

André MAchado 20/05/2014 - 14:57

Nos EUA a frota é sempre nova devido a estas renovações constantes, porem os preços dos veículos zero km lá não tem esta gama enorme de tributação, todos já sabem que os preços lá são imensamente menores que aqui, precisamos ver se não se trata apenas de mais uma forma do governo arrecadar transferindo para o cidadão todo o preço desta renovação, por isso eu digo a todos que tomem cuidado as ofertas que terão e só façam se verem realmente benefícios claros.

Reply
Ben hur Shalon de Queiroz 29/10/2013 - 08:51

Como faço para poder trocar meu caminhão usado, nesse programa de incentivo aqui do RJ???

Reply

Escreva um comentário