Volvo recupera posição no mercado

por Blog do Caminhoneiro

volvo-fh-2012-2Pela ampla linha de caminhões pesados e semipesados era esperado que a Volvo do Brasil seja a maior fabricante quando analisamos apenas os números da somatória desses dois segmentos (caminhões acima de 17 toneladas de PBT), como foi em 2012. A Scania começou na categoria de semipesados há pouco tempo e, mesmo assim, com produtos de categoria superior e mais caros.

Porém, até agosto, a Scania vinha liderando graças ao sucesso da sua gama de pesados, principalmente do modelo R 440. A situação virou agora em setembro, com a Volvo voltando para a posição de quarta maior fabricante de caminhões no geral e a maior quando restringimos aos dois principais e maiores segmentos de caminhões. Se somarmos as vendas de caminhões pesados de todas as marcas (40 814 unidades) com a dos semipesados (35 701 unidades), estamos nos referindo a 66,5% do mercado.

Vendas em geral

Considerando a soma de todos os segmentos de caminhões (veículos de carga com PBT acima de 3,5 toneladas), a MAN Latin America se mantém na liderança e, além disso, reverteu para positivo o seu resultado sobre o de 2012, com um crescimento de 0,4%, com 30 882 unidades emplacadas nos nove primeiros meses deste ano contra 30 770 do mesmo período do ano passado. Nos noves primeiros meses, todas as marcas venderam 115 097 caminhões, 13,6% a mais do que no mesmo período de 2012. Com uma média de 12 788 unidades por mês.

Se continuar no mesmo ritmo, o ano deverá fechar com cerca de 153 000 caminhões emplacados no Brasil, fora a exportação. Em termos de crescimento, o grande destaque em vendas continua sendo a Scania, com um resultado 103,7% superior ao de 2012 e 14 356 caminhões emplacados este ano. Cerca da metade disso deve-se ao sucesso do modelo Scania R 440, produto que só temos ouvido elogios dos transportadores que já estão usando este pesado em suas frotas.

Pesados

Praticante todas as marcas do segmento de pesados estão crescendo este ano. Já são 40 814 caminhões pesados (o que inclui os modelos chamados de extrapesados por algumas marcas) vendidos este ano, o que representa um crescimento de 41,6% em relação ao ano passado. Como dito anteriormente, a Scania se destaca com crescimento de 105,8% nos pesados e a liderança do segmento, seguida da Volvo, que cresceu 53,2%. Os últimos lançamentos da Ford (Cargo 2042 e 2842), obviamente, ainda não refletem em resultado e por isso é a única marca que tem resultado negativo (-17,9%) nos pesados. Os caminhões importados chineses também estão em baixa, com queda de 51,6% e 285 unidades vendidas no ano, contra 589 em 2012.

Fonte: Revista Transporte Mundial

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

1 comentário

Lucas Oliveira 26/10/2013 - 20:54

Acredito que com a Schacman e Sinotruk na ativa agora de fato, esta última com a linha A7 enfim nas revendas acredito num potencial de vendas bacana, quem sabe daqui a uns 2 ou 3 anos estejam com 2 ou 3% do mercado .

Reply

Escreva um comentário