Noma comemora Fenatran histórica

Estande da Noma Fenatran 2013




Uma Fenatran marcante. É a avaliação feita pela Noma, uma das principais fabricantes de carretas da América do Sul, que chega ao final de 2013 com diversas razões para celebrar. A empresa, que acaba de anunciar um crescimento neste ano de 37% em vendas e em faturamento, chegando a marca de R$ 480 milhões, também teve suas expectativas superadas na maior feira de transportes da América Latina.

Durante os cinco dias de Fenatran, o estande da empresa foi um dos mais movimentados do setor de implementos rodoviários. Segundo a direção da Noma, tanto as vendas como as programações de pedidos superaram as projeções esperadas para esta edição. Os resultados positivos foram reflexos do sucesso e da consolidação da linha Fênix entre os transportadores e das novidades apresentadas, sempre com a proposta de oferecer os produtos mais leves e com a melhor capacidade de carga do mercado.

“Poder receber amigos e clientes em uma das mais importantes exposições do setor do mundo é uma enorme satisfação para a Noma. Foi uma Fenatran histórica, reflexo de um trabalho sério de desenvolvimento tecnológico, de pós-venda e de poder gerar melhores resultados econômicos para o transportador brasileiro”, comemora Marcos Noma, presidente da empresa que este ano foi eleita a ‘Marca Mais Desejada’ na categoria Implementos Rodoviários. A pesquisa, considerada uma das mais relevantes do setor, é realizada anualmente pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Fenabrave.

Novidades

A Noma trouxe para a Fenatran quatro novas linhas, com a tecnologia Fênix, para entrar em segmentos em que ela ainda não atuava. Um dos mais badalados lançamentos foi a Linha Basculante em Alumínio voltada ao transporte de grãos nas configurações 8×2 e Rodotrem. O produto possui a menor tara do mercado e consegue transportar até uma tonelada a mais de carga líquida na comparação com carretas similares.

Outra novidade é a Linha Basculante Meia Cana Vanderleia, em aço de alta resistência. O implemento além de ter a maior capacidade de carga do mercado, possui um dos escoamentos mais rápidos e eficazes ao apresentar coeficientes de atritos próximo a zero.

A Noma também passa agora a competir no transporte de combustíveis com a Linha Tanque Inox com capacidade para 45 mil litros, padronizada com suspensão 100% pneumática com sistema ‘manga de eixo direcional’ desenvolvida em parceria com a multinacional alemã Saf-Holland. A tecnologia permite maior esterçamento do eixo autodirecional do equipamento.

O quarto lançamento da empresa é a Linha Silo Rodoviário, voltada para o transporte de cimento, um mercado novo para a Noma. O implemento gera ganhos de 10% a 15% de otimização no esvaziamento dos materiais e ainda traz como diferencial disponibilizar, como padrão de fábrica, a tecnologia EBS (Sistema de Freios Controlados Eletronicamente).

Quebra de paradigma

Em parceria com a Associação Brasileira do Alumínio (Abal), a Noma traz ao mercado a primeira carroceria aberta feita totalmente em alumínio do país. O projeto Carga Seca foi idealizado para um caminhão truck com capacidade de carga de 23 toneladas de peso bruto (PTB). Ela pesa apenas uma tonelada – metade do peso de uma similar em aço, sendo a mais leve do mercado. A carreta entrará em homologação pela Noma e poderá se transformar em um importante marco no setor de implementos rodoviários.

Fonte: Noma