Agrale é uma das melhores empresas para se trabalhar no Rio Grande do Sul

agralecaminhao14000




A Agrale foi eleita, pelo segundo ano consecutivo, uma das melhores empresas gaúchas para se trabalhar, na categoria Grandes e Multis. O prêmio é concedido pelo Great Place to Work, em parceria com a revista Amanhã, que seleciona as melhores entre todas as participantes da pesquisa – As 100 Melhores Empresas para Você Trabalhar no Brasil no Rio Grande do Sul. A entrega do prêmio aconteceu dia 28 de novembro, em Porto Alegre (RS).

Segundo Paulo Ricardo dos Santos, gerente de Recursos Humanos da Agrale, estar novamente entre as melhores da pesquisa GPTW – Rio Grande do Sul demonstra a satisfação de todos os nossos funcionários e a assertividade das ações e das políticas de gestão de pessoas que a empresa desenvolve. “O levantamento realizado pela publicação nos auxilia no direcionamento das ações que atendam de maneira focada as expectativas dos empregados. Esse reconhecimento comprova o trabalho da empresa no desenvolvimento de todos os profissionais”, destaca o executivo.

Com um intenso trabalho voltado para o desenvolvimento das boas práticas de gestão de pessoas, a Agrale ficou na 9ª colocação no ranking Grandes e Multis das companhias gaúchas. Ciente dos desafios organizacionais e de competitividade que se apresentam nos dias de hoje, a empresa busca a captação, capacitação e retenção de talentos, por intermédio de diversas práticas de gestão de pessoas baseadas em competências, estimulando os funcionários ao desenvolvimento pessoal, profissional e, consequentemente, propiciando a sustentabilidade organizacional para o futuro através das pessoas.

Realizada há mais de 25 anos, a pesquisa lista as melhores empresas utilizando os mesmos critérios de escolha que o Great Place To Work aplica em outros 46 países, e se baseia em questionários respondidos pelos próprios funcionários. São avaliados o nível de confiança em cinco dimensões – credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem – e em nove práticas culturais de gestão de pessoas das empresas.

Fonte: Agrale