Mercado de comerciais também aponta reação na Europa

DAF-SSC-Edition-LVS-Pietsch




Assim como o mercado de automóveis e comerciais leves, o segmento de veículos comerciais na Europa demonstra seus primeiros sinais de reação, depois de larga série em queda. Em outubro, assim como setembro, as vendas subiram e com isso o acumulado do ano, embora ainda negativo, se viu menos pressionado.

No mês passado, de acordo com dados da Acea, a Anfavea da região, divulgados na quinta-feira, 28, foram comercializados nos países europeus 159 mil unidades de vans, caminhões e ônibus, crescimento de 8% ante outubro de 2012 – em setembro, na comparação anual, o resultado fora 6% superior.

No acumulado dos dez primeiros meses de 2013 o mercado europeu de comerciais aponta retração de 2,7%, para 1 milhão 389 mil unidades. Entretanto, no acumulado até agosto o índice era negativo em 5,5%.

No acumulado do ano o destaque em comerciais é o Reino Unido, em alta de 9,6%, além da Espanha, em crescimento de 4,3%. Por outro lado a Itália aponta a maior retração, 15,7%, enquanto Alemanha e França registraram baixa de 5,8%.

Isoladamente em outubro apenas a Itália, dos maiores mercados da região, fechou em baixa, 12,8%. Mais uma vez o Reino Unido obteve o maior resultado, em alta de 27,2%, enquanto na Espanha as vendas do segmento cresceram 25,7%, na França 4,3% e na Alemanha 2,4%.

Por faixas de mercado, no acumulado janeiro a outubro de 2013 na Europa, as vans registram queda de 2,4%, para 1 milhão 131 mil unidades. Os caminhões apontam retração de 4,7%, com 232 mil veículos comercializados – destes os considerados pesados, acima de 16 toneladas, fecharam o período em redução de 3,6%, com vendas de 175,3 mil. O melhor resultado foi nos ônibus, em resultado quase estável ante os dez primeiros meses de 2012, de 0,6% de baixa, para 26,1 mil unidades.

Fonte: Portal Autodata