Rio Grande do Sul e Foton assinam venda de terreno de Guaíba

caminhoes foton




O Governo do Estado, por meio do secretário de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI), Mauro Knijnik, e o presidente da Foton Aumark do Brasil, Luiz Carlos Mendonça de Barros, assinaram nesta terça-feira (04), em Pequim (China), a transferência de uma área de cem hectares (1.000.000,00m²), no distrito de Guaíba. A área servirá para a implantação de uma fábrica de caminhões da Foton no Rio Grande do Sul, no valor de R$ 250 milhões.

“A assinatura do contrato é mais um compromisso que o Estado está cumprindo para o importante projeto Foton”, destacou Knijnik. Mendonça de Barros elogiou o respeito aos prazos: “Esse é mais um passo para a implantação da fábrica, de maneira que estamos mantendo o cronograma estabelecido. Aguardamos a Licença de Instalação da Fepam, que deve acontecer em janeiro”, detalhou o empresário, adiantando que o vice-presidente da Foton, Wang Xiangyin, virá ao Rio Grande do Sul em fevereiro, a convite do governador Tarso Genro. A previsão é de que o executivo permaneça no Estado por pelo menos duas semanas, onde visitará indústrias fornecedoras do setor automotivo gaúcho para a possível instalação de uma montadora de automóveis.

Inicialmente, a unidade poderá importar até 8 mil caminhões/ano entre 2013 e 2015, conforme cota estabelecida pelo programa Inovar Auto. A unidade será construída até 2015 e irá produzir 21 mil caminhões/ano, entre 3,5 toneladas e 24 toneladas, que correspondem a uma fatia de 70% do mercado brasileiro de caminhões. Somente na linha de produção de caminhões de 3,5 toneladas, a Foton produz 200 mil unidades/ano, o que é mais do que toda a indústria brasileira de caminhões, hoje em torno de 180 caminhões ao ano.

Após 2018, a produção deve chegar a 50 mil unidades/ano, com 65% de nacionalização, atendendo às cláusulas do Inovar Auto, aprovado recentemente (publicado no Diário Oficial no dia 28 de novembro). A planta atenderá o mercado local e exportações para a América do Sul e África.

A instalação da Foton dará preferência aos fornecedores instalados no Rio Grande do Sul, em caso de igualdade de condições técnicas. Nas importações de componentes, a prioridade de entrada será pelo porto do Rio Grande.

Fonte: Diário de Canoas

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL





Seu e-mail (obrigatório)






Um comentário em “Rio Grande do Sul e Foton assinam venda de terreno de Guaíba

  • 05/12/2013 em 10:22
    Permalink

    Fabrica até vai ser fácil instalar. Quero ver é concessionárias e assistência no país. Parceria com banco Itaú é benéfica aos interessados, espero que facilitem a burocracia e exigências.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!