Agrale se destaca nas vendas de chassis de ônibus em 2013

Chassi Agrale MA 17.0 (1)




Boa parte do crescimento das vendas de chassis de ônibus em 2013, de 14,3% na média geral, pode ser creditado à Agrale, de Caxias do Sul (RS). Com o aumento da procura por ônibus urbanos pequenos e médios, a fabricante gaúcha se deu bem e seus emplacamentos cresceram nada menos que 64,8% no ano passado em comparação com o anterior. Com isso, a Agrale foi a única das seis fabricantes nacionais de chassis que conseguiu aumentar sua participação de mercado: a marca ganhou impressionantes 5,43 pontos porcentuais e terminou os 12 meses com 17,7% de market share, mas sem mudança de posição no ranking, continuando na terceira colocação.

A Mercedes-Benz, que no passado recente dominava mais da metade do mercado nacional de chassis, continua na liderança, suas vendas cresceram 7% em 2013, mas sua participação foi a que mais caiu entre as seis fabricantes, recuando 2,8 ponto porcentuais, para 41,5%. Sinal de que a competição aumentou com produtos similares e preços competitivos.

Com isso, a vice-líder MAN/Volksbus cresceu mais do que sua principal concorrente: as vendas avançaram 12,3% e a participação de mercado subiu quase 0,5 ponto, para 27,42%.

As três últimas colocadas do ranking das seis fabricantes nacionais têm apenas um dígito porcentual de participação de mercado, mas com desempenhos diferentes. A Volvo, especializada em modelos rodoviários e urbanos articulados de grande porte, viu suas vendas recuarem 1,5% em 2013. Com isso, perdeu 0,81 ponto de participação, para 5,05%, mas fechou o ano na quarta posição do ranking, uma posição acima da alcançada em 2012.

Com poucos produtos no portfólio de ônibus, quem perdeu essa colocação para a Volvo foi a Iveco, com vendas 6,8% menores do que em 2012 – foi o maior tombo entre as seis. A marca perdeu pouco mais de um ponto de participação e ficou na quinta posição, com 4,78% do mercado.

Na sexta e última colocação das fabricantes nacionais de chassis, a Scania conseguiu aumentar as vendas em 2013, com expansão de 8,6% sobre o ano anterior. Mas sua participação de mercado praticamente não se moveu: 3,42%, porcentual apenas 0,18 ponto inferior ao de 2012. Especialista em ônibus rodoviários e urbanos de grande porte, a marca sueca mostra poucas movimentações nesse mercado.TabelaRankingOnibus2013
Fonte: Portal Automotive Business Texto de Pedro Kutney