Fiat Strada Working é para quem quer picape sem gastar muito

size_590_Fiat_Strada_Working




Não é de hoje que as picapes pequenas deixaram de ser veículos de trabalho ou transporte de carga e ganharam a garagem de motoristas comuns, que optaram por elas mais por uma questão de gosto do que de necessidade.

Foi pensando nesse público que a Fiat criou a Strada com cabine dupla, em 2009, com uma porta de cada lado da carroceria.

Inicialmente restritos à versão Adventure, os dois assentos traseiros agradaram tanto que a partir da linha 2014 a versão Working também será oferecida com a nova cabine dupla (42 330 reais), com duas portas no lado direito e uma no esquerdo. A Working cabine simples (33 750 reais) e a estendida (36 870 reais) seguem no catálogo.

Se há uma área em que a Fiat manda bem é entre as picapes leves. Líder, a Strada (em todas as suas derivações) responde sozinha por 51% das vendas do segmento. Assim, há espaço para certas ousadias. A marca não pensou duas vezes em invadir a área da caçamba com um puxadinho da cabine.

Pense um pouco: é bem provável que você conheça algum casal jovem, sem filhos, residente num grande centro. Aventureiros ou esportistas, eles gostam de picape, mas não podem gastar com um modelo caro, grande e beberrão. A Working 1.4 é a porta para esse casal entrar no mundo das cabines duplas.

Versátil, permitirá a eles convidar um outro casal de amigos para curtir um fim de semana numa cidade vizinha – atrás, o espaço é restrito e cansará as pernas em trechos longos.

O espaço para carga é pequeno a ponto de exigir que bicicletas sejam transportadas com uma das rodas apoiada na tampa da caçamba ou no teto da cabine. O motor 1.4 flex segue sem alterações: dá conta do recado, mas exige paciência (e reduções de marcha) se estiver movendo a Strada com quatro ocupantes e ar-condicionado ligado.

Em suma, eis uma picape com pouca caçamba, motor pequeno e muito aperto no banco traseiro. Algo que os críticos rotulam como sem sentido, mas a que os fãs dão o nome de versatilidade.

Veredicto

A Strada Working CD é a opção mais em conta para quem gosta de picape e precisa do banco traseiro para levar eventuais convidados.

Fonte: Exame