FPT Industrial apresenta sua gama premiada de motores para aplicações agrícolas

Motor FPT




A FPT Industrial expõe seu portfólio premiado de motores reconhecidos por sua excelência tecnológica durante a Agrishow 2014, a 21ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola, que ocorre entre os dias 28 de abril e 02 de maio em Ribeirão Preto (SP). Os propulsores da FPT Industrial oferecem uma alta rentabilidade para o trabalho no campo, seja em qual aplicação for: agrícola ou estacionária. Um dos principais destaques da “Gama Campeã” da empresa são os motores NEF 6 e S8000, que equipam os modelos T7 e TL respectivamente, ambos da New Holland Agrícola e que foram agraciados, neste ano, com o prêmio “Trator do Ano”, nas categorias “Potência Máxima de 200 cavalos” e “Potência Máxima de até 80 cavalos”.

O prêmio “Trator do Ano” foi apurado e entregue na feira Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque (RS). Os títulos foram concedidos pelo Canal Rural, em parceria com o programa Marcas e Máquinas e a revista Agriworld. “Nosso motor NEF 6 equipa tratores que receberam votos do público e de 10 professores-doutores em Mecanização Agrícola (sete do Brasil, dois da Espanha e um do Chile) que avaliaram as máquinas no Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR), no início de fevereiro. Este reconhecimento prova que estamos no caminho certo para entregar o melhor motor para o produtor rural, que precisa de um propulsor confiável para seu trabalho no campo”, diz José Luiz Gonçalves, presidente da FPT Industrial Latin America.

Fabricada no Brasil, a linha T7 conta com tratores fáceis de operar, com opcionais como transmissão automática. “Um dos diferenciais do produto é o conjunto automático de motor e transmissão eletrônica, com reserva de torque para diferentes atividades na lavoura. O trator tem ainda o menor custo operacional, com sistemas inteligentes que permitem o aumento de potência com economia de combustível e melhor rendimento”, diz Helton Lage, diretor de Engenharia de Produto da FPT Industrial.

O motor NEF 6 que equipa a linha T7 e da New Holland possui sistema de injeção de combustível tipo Common Rail, turbocompressor e intercooler. Com 6,7 litros, o produto tem versões, com potências de 131 kW (177 cavalos) a 2.200 rpm, até 178 kW (242 cavalos) a 2.200 rpm, e torque de 643 Nm a 866 Nm a 1.400 rpm. A combinação de seis cilindros e cárter estrutural em ferro fundido garantem ao NEF 6 um alto rendimento, combinando torque elevado, menor consumo de combustível e baixo custo de manutenção.

O motor S8000 que equipa a linha TL da New Holland possui sistema de injeção mecânica, com versões aspiradas e turboalimentadas. Com 2,9 litros (de 3 cilindros) e 3,9 litros (de 4 cilindros), o produto tem potências de 48 kW (65 cavalos) a 2400 rpm, e de 76 kW (104 cavalos) a 2400 rpm, e torque de 200 Nm a 372 Nm a 1400 rpm.

A FPT Industrial também fornece o motor NEF 4 para a New Holland, aplicado no trator TS 6000. Com quatro cilindros em linha, o propulsor é equipado com sistema de injeção mecânico e sistema de alimentação turbocomprimido com intercooler. As potências atingidas são de 66 kW a 97 kW (89 a 132 cavalos).

A Força do Puma vem da FPT Industrial

A FPT Industrial é a fornecedora do principal item de destaque na linha de tratores Puma, da Case Agrícola. Os modelos 140, 155, 170 e 185 da gama Puma trazem muito mais tecnologia e conforto aos agricultores que buscam alto desempenho nas mais variadas atividades agrícolas. Com potências máximas de 152, 168, 174 e 195 cavalos, respectivamente para os modelos com transmissão semipowershift, os novos tratores Puma são equipados com propulsores FPT Industrial N67, com capacidade para 6,7 litros, e disponível em duas versões: motor eletrônico para transmissão semipowershift e mecânica para transmissão sincronizada. Nas duas versões, os motores FPT Industrial destacam-se em aplicações pesadas como plantio e preparo de solo, como gradeamento e subsolagem, sem perder rendimento, garantindo um baixo consumo de combustível.

Os motores eletrônicos com sistema de injeção de combustível tipo Common Rail ainda são equipados com o Power Boost, responsável por um aumento de potência de até 35 cavalos nas operações com TDF, no transporte, em condições de alta exigência de fluxo hidráulico ou em terrenos íngremes.

“Do pequeno ao grande produtor, os quatro novos modelos do trator Puma são indicados para o uso nos mais diferentes trabalhos. Graças às diversas opções que um motor FPT Industrial pode oferecer, os operadores das máquinas sempre obtêm um alto rendimento aliado ao conforto”, diz José Luiz Gonçalves, presidente da FPT Industrial.

O motor “campeão” da Fórmula Truck em versão rural

Em 2013, a Scuderia Iveco consagrou-se campeã sul-americana e brasileira de Fórmula Truck com seus caminhões sendo impulsionados por motores FPT Industrial Cursor 13. Na área agrícola, o motor “campeão” possui sistema de aspiração turbo comprimida com intercooler, com um sistema de injeção eletrônica. Seu sistema de filtragem de óleo com filtro duplo possibilita a utilização de um filtro remoto, facilitando a manutenção.

Com seis cilindros em linha, o propulsor atinge potências de 380 kW a 2100 rpm, até 420 kW a 2100 rpm, e torque de 2136 Nm a 2350 Nm a 1500 rpm. Este motor possui sensor de monitoramento de pressão do combustível, que indica possível entupimento do sistema. O motor FPT Cursor 13 equipa as colheitadeiras da família CR 9000 da New Holland e da família Axial-Flow da Case Agrícola.

Geração de energia

Dentro de suas opções em motorização estacionária, a FPT Industrial possui grandes clientes que utilizam S8000 G-Drive. Desenvolvido para aplicação em grupos geradores de energia elétrica, possui quatro cilindros em linha e duas válvulas por cilindro. O propulsor é equipado com sistema de injeção mecânico, o que facilita a obtenção, em caso de necessidade de troca, e apresenta em seu layout filtro de ar, radiador e proteções auxiliares.

O S8000 G-Drive pode atingir potência líquida de até 55 kVA a 1.800 rpm em regime stand-by. Entre suas principais vantagens estão a redução do consumo de óleo e de combustível, além de uma construção mecânica simplificada, facilitando sua manutenção. Os motores podem trabalhar com potências conversíveis em rotações de 1.500 rpm (50 Hz) e 1.800 rpm (60 Hz). A mudança de perfil pode ser feita por um dispositivo no próprio motor. Além disso, o novo S8000 para geração de energia conta com interface de acoplamento com gerador SAE 3 – que utiliza diesel padrão.

A FPT Industrial começou a produzir os motores S8000 G-Drive na América Latina em 2012, desde então fornece para grandes empresas que fabricam grupos de geradores para o mercado brasileiro e para exportação.

Fonte: FPT Industrial




Deixe sua opinião sobre o assunto!