Venda de máquinas agrícolas volta a cair em março

colheitadeira case

A comercialização doméstica de máquinas agrícolas voltou a recuar em março, depois de ter registrado redução nos primeiros dois meses do ano e de um 2013 de vendas recordes. As entregas de colheitadeiras das montadoras para as revendas totalizaram 690 unidades em março, queda de 13,2% sobre o mesmo mês de 2013, conforme apurado.

No primeiro trimestre deste ano ante o mesmo período de 2013, a comercialização de colheitadeiras recuou ainda mais – 20,5% -, para 2.012 unidades. Já as vendas internas de tratores em março somaram 4.359 unidades, 25% inferiores ao mesmo mês de 2013. No trimestre, foram comercializados no mercado doméstico 11.340 tratores, redução de 21,7% sobre os três primeiros meses de 2013.

No mês passado, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgou que foram comercializadas no primeiro bimestre 9.387 unidades, entre tratores, colheitadeiras, cultivadores motorizados e retroescavadeiras, 19,1% abaixo de igual intervalo de 2013.

Fontes do setor avaliam que os produtores rurais estão relutantes em fazer novos investimentos em máquinas por conta de problemas climáticos deste ano, o que explicaria em parte a queda nas vendas. Além disso, os dois primeiros meses do ano foram prejudicados por alguns entraves para acessar o Programa de Sustentação do Investimento (PSI, do BNDES). Novos contratos só puderam ser firmados a partir de 27 de janeiro. Também há relatos de atraso na liberação dos recursos do BNDES. Procurado, o banco informou que a situação foi normalizada.

Fonte: Valor Econômico

QUER RECEBER NOSSOS CONTEÚDOS NO SEU WHATSAPP?
MANDE UMA MENSAGEM COM SEU NOME CLICANDO NO NÚMERO

042-98800-6519





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


Deixe sua opinião sobre o assunto!