ZF é a marca preferida dos frotistas mineiros

?????????????????

A ZF está se tornando a marca preferida dos frotistas mineiros para equipar os ônibus do transporte público de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Hoje com 147 transmissões de seis marchas operando em 13 frotas belo-horizontinas; a ZF tem sido escolhida por empresários locais por atender com perfeição o alto nível de exigência por equipamentos com tecnologia de ponta que garantam redução no consumo de combustível e muita rentabilidade frente aos obstáculos impostos pela acidentada topografia do município.

“Hoje, a ZF é a única marca presente em todas as fabricantes presentes nos corredores belo-horizontinos, que são a Volvo, a Scania e a Mercedes-Benz”, diz Alexandre Marreco, gerente de Vendas e Desenvolvimento de Negócios de Sistemas de Transmissão da ZF. As empresas mineiras que utilizam transmissões automáticas da ZF são: Anchieta, Bettania, Coletivo Asa Norte, Phoenix, Rodap, Sagrada Família, Santa Edwiges, São Dimas, Saritur, RodoPass, São Geraldo, Viação Sidon e Viação Euclásio.

A mais recente entrega de 89 ônibus articulados Volvo com transmissão automática ZF em Belo Horizonte é fruto da ação positiva realizada pela empresa em julho de 2013, o ZF EcoShow. O evento mostrou na prática aos frotistas a eficiência e o desempenho das transmissões automáticas produzidas pela fabricante para o mercado brasileiro, que foram instalados em chassis articulados das marcas Volvo, Scania, Mercedes-Benz e MAN.

“Os benefícios de uma caixa automática para ônibus urbanos são inúmeros. Temos o maior conforto aos passageiros e condutores, além de vantagens operacionais aos transportadores, na forma de economia de combustível, redução da manutenção do trem de força e no aumento da vida útil dos componentes do sistema de freios”, explica Alexandre Marreco.

A ZF também garante um pós-vendas de qualidade aos frotistas. “Estamos realizando treinamentos aos motoristas, que poderão extrair o melhor desempenho possível das transmissões automáticas. Estas ações serão realizadas tanto pela Rede ZF como pelas próprias fabricantes de chassis. Nosso objetivo é garantir a melhor operação de transporte urbano na cidade de Belo Horizonte“, afirma Marreco.

Com três marchas a mais do que a concorrência e disponível para veículos das principais marcas, as transmissões automáticas da ZF estão presentes cerca de 70% dos ônibus equipados com esta tecnologia nas cidades do Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Recife (PE) e Manaus (AM).

As frotas destas capitais optaram por esta tecnologia de última geração não só pela quantidade de marchas, mas por uma série de benefícios como baixo consumo de combustível (possível por conta das 6 marchas), aumento de produtividade da operação (sem trocar de marcha, o motorista é capaz de dirigir mais descansado e com mais atenção ao trânsito) e menos impacto ao meio ambiente (itens como o retardador primário evitam que freios sejam utilizados e, consequentemente, que quantidades menores de pó de freio sejam expelidas).

O software TopoDyn Life é responsável pela troca de marchas e reconhece a topografia e o peso transportado pelo veículo. A escolha é feita pela “inteligência artificial” do programa, que calcula rapidamente qual é a marcha necessária.

Outro destaque das transmissões é o retardador hidráulico primário, que freia o veículo até uma velocidade de 6 km/h sem a utilização dos freios. Um sistema que se mostra ideal para as aplicações urbanas, onde os deslocamentos lentos são comuns por conta do forte tráfego.

Fonte: ZF





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


Deixe sua opinião sobre o assunto!