Contran decide aumentar para 10% o limite de peso por eixo

caminhao-com-excesso-de-peso




Em decisão recente, que deve ser publicada no Diário Oficial ainda nesta semana, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) decidiu ampliar o limite de tolerância nos eixos dos caminhões de 7,5% para 10%. A proposta é fruto de reivindicações dos transportadores e já vinha sendo debatida.

De acordo com entidades representativas do setor, mesmo cumprindo a tolerância de 5% para o Peso Bruto Total (PBT), ou ficando abaixo do limite permitido, nem sempre os caminhões conseguiam se adequar à regra dos eixos. Antes de 2007, a tolerância era de 5%. O limite foi ampliado para 7,5%, uma decisão temporária que deveria valer até 30 de junho. Por isso, entidades do setor queriam mudar o índice antes desse prazo.

Atualmente, um eixo isolado de dois pneus precisa se adequar ao peso máximo de 6 toneladas, com tolerância de 7,5%, o equivalente a, no máximo, 6,45 toneladas. Com o limite ampliado para 10%, a tolerância máxima é de 6,6 toneladas. Para um eixo isolado de quatro pneus, cujo peso máximo é de 10 toneladas (10,75 toneladas, com a tolerância de 7,5%), o novo limite será de 11 toneladas.

LEIA MAIS  PRF inibe boqueio e cobrança de pedágio por indígenas na BR-070 em Mato Grosso

O novo percentual deve reduzir em 90% o número de multas consideradas injustas. O novo percentual de 10% só irá valer para os veículos que estiverem dentro dos limites do PBT. Para os que excederem, continuará valendo a regra anterior. A expectativa é de que o novo percentual comece a valer antes do início da Copa do Mundo no Brasil.

LEIA MAIS  Cia Verde compra 60 novos caminhões e abre vagas para motoristas carreteiros no Paraná

Fonte: Rádio Progresso

 




3 comentários em “Contran decide aumentar para 10% o limite de peso por eixo

  • 08/06/2014 em 09:28
    Permalink

    essas balanças que multam a qualquer preço sao particulares ou conveniadas e fazem isso pra estorquir das transportadoras ja que vc nunca ve aferição das balanças

    Resposta
  • 31/05/2014 em 20:52
    Permalink

    Muito bom essa medida, mas eu quero e mais fazer um comunicado em varias posto da policia rodoviaria onde tem balança, o carro e pessado a tolerância e aplicada se adequando o caminhão, mas detalhe; O POLICIAL RODOVIARIO FEDERAL não acata a pessagem da balança do DENIT e faz tirar o excedente.

    Resposta
  • 30/05/2014 em 20:36
    Permalink

    ate que enfim uma boa noticia, tava cansado de levar multas injusta. passo sempre por tres balanças na minha rota, e nenhuma das tres o peso confere.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!