Governo libera 34 trechos de rodovias no Estado do Paraná

rodovia




As equipes do Governo do Estado seguem o trabalho de recuperação de rodovias afetadas pelas chuvas. O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) liberou nesta terça-feira (10/06) o trânsito na PR-323 sobre o Rio Ivaí, na entrada de Doutor Camargo, no Noroeste do Estado. A obra foi inspecionada por engenheiros, que também autorizaram a liberação de outros 33 trechos de rodovias, que estavam bloqueados por causa das chuvas do último fim de semana.

Entre as rodovias liberadas estão a estrada de acesso a Guaraqueçaba, a PR-317 (entre Quarto Centenário e Nova Aurora), PR-487 (entre Manoel Ribas e Novas Tebas) e as rodovias concessionadas (BR-277, BR-369 e BR-163). Para garantir agilidade, o DER notificou as concessionárias para que a recuperação das rodovias fosse feita em ritmo acelerado, liberando o Anel de Integração.

“As equipes trabalharam em duas frentes, liberando rodovias e também avaliando as condições de estradas com problemas nas pistas. Verificaram também outras que estão alagadas para levantar os custos para a recuperação da malha rodoviária”, disse o diretor de Operação do DER, Paulo Montes Luz.

O levantamento feito pelos engenheiros apontou 88 trechos de rodovias com problemas. Algumas foram afetadas com o aumento do nível do rio nas regiões Sul e Sudoeste do Estado. Até o fim da tarde desta terça-feira (10), o DER já tinha liberado 33 trechos. Outros 30 operam em meia-pista e 25 ainda estavam totalmente interditados.

“As equipes vão atuar diretamente nos 30 trechos em meia-pista, cujos trabalhos serão concluídos em até sete dias, conforme a gravidade dos danos”, disse Montes Luz. Sobre os pontos interditados, o diretor de Operação do DER explicou que aqueles que foram causados por quedas de barreiras terão atendimento ainda nesta semana.

Nos pontos onde ocorreu queda da cabeceira de ponte, rompimento de ponte ou tiveram pista arrancada, o processo deverá durar até seis meses. Temporariamente, o DER solicitou ao Exército a colocação de pontes provisórias para permitir o acesso às cidades isoladas, como em São João do Triunfo, cuja ponte foi arrancada pelas chuvas.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

 




Deixe sua opinião sobre o assunto!