Balança de pesagem da BR-050 está sem funcionar há 30 dias

BALANÇA-BR-050

A balança de pesagem da BR-050 entre Uberlândia e Uberaba está desativada há cerca de 30 dias e sem previsão de quando a fiscalização será retomada. Baseado na média mensal de infrações de 2013, neste período, 1,2 mil multas podem ter sido deixadas de ser aplicadas.

O recente fechamento do equipamento ocorreu por dois motivos, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). O primeiro foi devido a uma decisão da Justiça do Trabalho, que tramita em Brasília (DF), e suspende o funcionamento das balanças do órgão. O segundo foi que, no dia 14 deste mês, terminou a coordenação de rodovia pelo Dnit. Desde então, a BR-050 passou a ser administrada pela empresa concessionária MGO Rodovias.

De acordo com a assessoria de comunicação da MGO Rodovias, a empresa precisa primeiro receber oficialmente a administração da balança para, depois, definir como será a operação, que tipo de aparelho será utilizado e se vai mantê-lo no mesmo local. O supervisor regional do Dnit, José Maria da Cunha, disse que o andamento da transferência da administração da balança está adiantado. “Até o fim do mês, será concluída a tratativa de transferência para a concessionária.”

Com a balança desativada, a única fiscalização é feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) por meio de análises das notas fiscais, já feitas anteriormente. “O excesso de peso dos caminhões potencializa o risco de acidentes, porque os veículos transportam mais do que podem e isso reduz a vida útil do asfalto”, disse Rubens Prado Xavier, inspetor da PRF, órgão que faz este trabalho com a ajuda da equipe de motopoliciamento.

Motoristas se dividem sobre a situação

O fechamento da balança de pesagem da BR-050, sem data para retorno, dividiu a opinião entre os caminhoneiros. Dois motoristas ouvidos acharam boa a desativação do equipamento e um terceiro considerou ruim a ação.

Com 15 anos de profissão, Marco Antônio da Silva afirmou que a suspensão é positiva, porque ele já foi multado por ultrapassar em 180 kg o limite da carga. “Algumas vezes estava com a carga abaixo do limite e, mesmo assim, fui multado devido ao peso dos entre-eixos.”

O motorista José Carlos Bueno, que tem 22 anos de profissão, também gostou da paralisação das atividades do aparelho. Ele disse que, desta forma, os motoristas ganham tempo, pois não precisam parar na pesagem.

Já Mozart Lacerda Tavares, com 46 anos de profissão, afirmou que a falta de pesagem é ruim, porque os caminhoneiros levam carga em excesso pelo mesmo preço do frete. “Isso prejudica os outros profissionais e acaba com o caminhão”, afirmou.

Fonte: Correio de Uberlândia




Um comentário em “Balança de pesagem da BR-050 está sem funcionar há 30 dias

  • 23/07/2014 em 15:07
    Permalink

    Palmas para o motorista Mozart Lacerda Tavares, que é consciente e pensa na categoria, contrário dos outros que pensam somente em si mesmo e no próprio bolso.

Fechado para comentários.