Daimler Trucks inicia testes em clientes de Portugal com caminhões elétricos Fuso Canter E-Cell

Fuso Canter E-Cell




A mais limpa tecnologia, seja qual for a aplicação: o caminhão Fuso Canter é pioneiro dos sistemas de propulsão alternativas no segmento de veículos comerciais. A marca Fuso, subsidiária da Daimler no Japão, abriga o Centro de Competência em Tecnologia Híbrida da Daimler Trucks e, com base nesta experiência, também é responsável pelo desenvolvimento do novo Canter E-Cell “zero emissões”, com propulsão elétrica por bateria. Assim, o primeiro caminhão leve totalmente elétrico, produzido em série, circula pelas vias livre de emissões e é quase totalmente silencioso.

O Canter E-Cell para a Europa é fabricado na planta de Tramagal, em Portugal. Oito veículos deste modelo foram liberados para um ano de testes em clientes, para serem utilizados em condições reais.

Condução livre de emissões e quase totalmente silenciosa

O Canter E-Cell “zero emissões” responde às restrições cada vez maiores ao trânsito nas grandes regiões metropolitanas, atendendo especialmente às operações em locais de acesso limitado, como, por exemplo, o trânsito nos centros das cidades, áreas de proteção ambiental e espaços exclusivos para pedestres. Sendo uma forma mais sustentável de transporte, este caminhão Fuso também oferece às empresas a oportunidade de diferenciar sua imagem perante os clientes e o público em geral.

“O Canter E-Cell nos permite novamente enfatizar a nossa liderança no campo dos sistemas de propulsão alternativos”, diz o Dr. Albert Kirchmann, presidente e CEO da Mitsubishi Fuso Truck and Bus Corporation. “Guiados pela equipe de engenharia avançada da Daimler Trucks do Japão, nossos colegas de Portugal conquistaram mais um importante marco de desenvolvimento, apresentando ao mercado as mais recentes inovações da Companhia”.

Testes em condições reais de operação com clientes por um ano

Os testes feitos por clientes com o Canter E-Cell, em condições reais de operação, terão um ano de duração. Os oito caminhões destinados a esta finalidade baseiam-se num modelo com distância entre eixos de 3.400 mm. Eles são equipados com carroçaria do tipo plataforma com comprimento de 4,3 metros ou baú com comprimento de 4,4 metros.

As habilidades desses caminhões elétricos leves serão testadas em uma ampla gama de operações. A cidade de Lisboa utilizará o Canter E-Cell para transporte de produtos agricolas e coleta de lixo. Já na cidade do Porto, o veículo fará transporte geral entre órgãos municipais. Na cidade de Abrantes também atuará no setor agricola.

A empresa Transporta usará o Canter E-Cell nas entregas domiciliares em seus serviços de distribuição de curta distância. Na fornecedora de energia REN, o caminhão destina-se às atividades de transporte dentro da região portuária de Sines, ao sul de Lisboa. E por fim, o Canter E-Cell atuará no serviço de correios nacionais portugueses “CTT” no transporte entre seus centros de distribuição na capital do país.

Capacidade da bateria garante uma autonomia de mais de 100 km

Um total de quatro conjuntos de baterias está localizado em cada lado do quadro de chassi do caminhão, acomodados em duas caixas totalmente encapsuladas. São baterias de lítio-íon com uma capacidade nominal impressionante de 48,4 kWh. Isso dá ao Canter E-Cell uma autonomia de mais de 100 km, mais do que a maioria dos veículos de distribuição em curto percurso viaja por dia. A carga das baterias em 230 volts leva cerca de sete horas, enquanto o uso de um sistema de carga rápida pode reduzir esse prazo para somente uma hora.

Destaque do ano de aniversário da fábrica de Tramagal

A entrega dos oito caminhões Fuso Canter E-Cell aos clientes portugueses representa mais um importante destaque no ano de aniversário da fábrica de Tramagal, que assumiu a produção de caminhões há 50 anos. Localizada há cerca de 150 km de Lisboa, esta é a planta central do Fuso Canter na Europa, onde foi produzido, no ano passado, um volume de cerca de 4.000 unidades do Canter. O local é parte integrante da rede de produção global da Daimler Trucks.

Desde 2012, a produção em série da versão híbrida do caminhão, o Fuso Canter Eco Hybrid, também tem sido feita em Portugal. Este modelo fecha o círculo: a alta tecnologia ajuda a proteger o meio ambiente e assegura ótimo custo-benefício.

Sistema de propulsão que se ajusta às necessidades do cliente

O próximo passo, pela lógica, é o E-Cell. Agora, o Canter é o único caminhão leve disponível com três sistemas de propulsão: o Canter com motor diesel, o Canter Eco Hybrid com sistema de propulsão híbrido e o Canter E-Cell com sistema de propulsão elétrico por bateria, atualmente em testes com clientes.

Fonte: Mercedes-Benz