Oito estados e o DF terão reajuste nos preços dos combustíveis a partir do dia 16

abastecendo diesel




A partir de 16 de julho, oito estados e o Distrito Federal terão novos preços médios de combustíveis para consumidores finais. Os novos valores foram definidos pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) e estão publicados no DOU (Diário Oficial da União) desta quinta-feira (10).

As alterações valerão, além do DF, para Alagoas, Amazonas, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia e São Paulo.

Veja os novos valores:

Gasolina:

  • AL: R$ 2,992
  • AM: R$ 3,2096
  • DF: R$ 3,156
  • PB: R$ 2,874
  • PI: R$ 2,8717
  • RJ: R$ 3,1811
  • RN: R$ 3,031
  • RO: R$ 3,21
  • SP: R$ 2,861

O aumento mais expressivo é do Amazonas. Segundo o último ato do Confaz, de junho, o preço médio da gasolina estava em R$ 3,1325. São Paulo e Rio de Janeiro registraram redução. Os valores, segundo ato de junho, eram, respectivamente, de R$ 2,881 e R$ 3,1935.

LEIA MAIS  Propostas prioritárias do governo para infraestrutura já tramitam no Congresso

O Acre tem o valor mais caro do combustível, de R$ 3,3888 o litro. Em São Paulo, o preço médio da gasolina é o mais baixo.

Diesel:

  • AL: R$ 2,447
  • AM: R$ 2,5721
  • DF: R$ 2,547
  • PB: R$ 2,4331
  • PI: R$ 2,5042
  • RJ: R$ 2,5266
  • RN: R$ 2,478
  • RO: R$ 2,76
  • SP: R$ 2,4782

As elevações mais significativas foram observadas no estado de Amazonas, onde o diesel, segundo ato do Confaz de junho, estava custando em média R$ 2,5564, e no Rio de Janeiro, que tinha preço médio de R$ 2,5022.

No Acre, o litro do diesel é o mais alto: R$ 3,0314. No Mato Grosso do Sul o preço, de R$ 2,30, é o menor valor médio do país.

Etanol:

  • AL: R$ 2,553
  • AM: R$ 2,5896
  • DF: R$ 2,505
  • PB: R$ 2,3171
  • PI: R$ 2,6242
  • RJ: R$ 2,4977
  • RN: R$ 2,656
  • RO: R$ 2,67
  • SP: R$ 1,894

Distrito Federal, Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo tiveram redução no preço médio do etanol. A queda mais expressiva foi em SP, de aproximadamente R$ 0,02. Em Rondônia o custo aumentou R$ 0,07.

LEIA MAIS  Valor do diesel tem nova alta nessa sábado

O Amapá tem o preço médio mais elevado: R$ 2,80 o litro do etanol. Em São Paulo, o valor é o menor do país.

Para ver o ato do Confaz com os preços médios dos combustíveis em todos os estados, publicado nesta quinta-feira no DOU, clique aqui.

Fonte: Agência CNT de Notícias Texto de Natália Pianegonda




11 comentários em “Oito estados e o DF terão reajuste nos preços dos combustíveis a partir do dia 16

  • 23/07/2014 em 09:04
    Permalink

    Isso tava demorando a acontecer que nem o colega postou logo acima foi somente acabar esse fiasco brasileiro chamado copa do mundo para a via crucis começar….FORA DILMA E LEVE O PT JUNTO

    Resposta
  • 14/07/2014 em 09:24
    Permalink

    Isto é mais um absurdo da nossa Presidente Dilma, quebraram a Petrobras e agora querem que a gente pague esta conta…. FORA DILMA!

    Resposta
  • 13/07/2014 em 12:08
    Permalink

    É isso aí, transformaram a petrobras numa zona de corrupção e incompetencia, só podia dar nisso. Preparem-se que é so o começo, qdo passar as eleições, a trozoba vai entrar.

    Resposta
  • 13/07/2014 em 10:46
    Permalink

    aqui em rondonia o preco medio do diesel e 2.70 na rodovia mas no interior e mais caro

    Resposta
  • 13/07/2014 em 10:02
    Permalink

    Quanta coisa errada num só pronunciamento. Estes valores de Diésel devem existir em algum dos novos planetas descobertos recentemente. Tem mais, logo após as elicoes, novos a variados aumentos para todos os gostos.

    Resposta
  • 12/07/2014 em 20:28
    Permalink

    Estou carecendo de informações de empresas que instalam o 4º eixo em caminhão truck, alguém pode me ajudar?
    encaminhar para [email protected]
    Muito obrigado.

    Resposta
  • 12/07/2014 em 19:30
    Permalink

    Quando o governo de FHC estava quebrando o monopólio da Petrobras, teve muito otário, isso mesmo Otário que fez quórum com o governo dizendo que tinha mesmo de acabar com o monopólio, agora pagamos o pato, pois a Petrobras não tem mais o obrigação de entregar combustíveis nas longínquas regiões do Brasil. Ante com o monopólio, se abastecia no RJ, SP, MG ou no norte do Brasil, o preço era o mesmo e ainda havia o subsidio do Diesel que era fomentado por outros combustíveis.
    Hoje com a tal concorrência que nunca existiu, os revendedores colocam o preço que desejar e ou pagamos ou ficamos sem o combustível. Isso mostra que deveríamos fazer uma campanha para abastecer somente nos postos Petrobras e assim fazer valer nosso direito de cidadão e consumidor. Quem sabe essas multis das sete irmãs iriam explorar os americanos do norte!
    Só para lembrar, somente a Petrobras que investe seu lucro e faturamento no Brasil, as demais mandam a grana dos lucros para engordar os cofres delas na América do Norte e Europa. O que acontece com os ataques sobre a Petrobrás, não passam de politicagem de um grupo que nunca aceitou o povo no poder e o querem tomar a qualquer custo! Somos trabalhadores, não vamos votar na elite!

    Resposta
  • 12/07/2014 em 00:53
    Permalink

    É difícil ate fazer um comentário desse fato, infelizmente mais uma vez o povo vai arcar com os prejuízos e atitudes de um governo sem noção!!!!

    Resposta
  • 11/07/2014 em 20:34
    Permalink

    Em Fernandópolis, SP, pagamos com muito choro e a vista R$ 2,46, a média aqui é R$ 2,49, o governo ta mal informado ou esta se fazendo de bobo, ou os estão fazendo de bobo.

    Resposta
  • 11/07/2014 em 19:12
    Permalink

    Mato Grosso do Sul a R$ 2,30? Isso é uma piada? Aqui não existe esse valor, se existir, por favor, me avisem onde é. Mando todos os caminhões abastecerem neste local.

    Resposta
  • 11/07/2014 em 18:31
    Permalink

    Palhaçada isso.. Fazem copa e o escambau depois vem querer tirar o prejuízo dos trabalhadores… Desse jeito eu que defendia a Dilma vou entrar no Fora Dilma!

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!